Jump to content

Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation since 22-04-2018 in all areas

  1. 1 point
    FIM DE UMA SAGA!!! Finalmente, depois de anos (sim, anos), creio resolver meu problema - graças a este fórum, mais uma vez. Tenho meu 206 há quase 7 anos. Esse problema de não ligar já me deixou na mão diversas vezes: Faculdade, supermercado, com mulher, com minha mãe, na noitada, no futebol.. Não tinha local, nem hora. É o pior tipo de defeito que tem: O intermitente. Hoje, iluminado pelas dicas do fórum, fui no mecânico especializado na marca. Relatei todo meu desgaste e comentei que poderia ser uma BSM problemática. O mecânico disse que poderia ser motor de partida, BSM ou comutador de ignição. Mandou eu ir num auto eletricista puxar 2 fios do motor de arranque pra testes (na hora que der o problema, bastaria juntar os fios para o motor ligar. Caso não funcionasse, o problema era nele). Bem, na hora que eu entrei no carro pra dar a partida.... NEM SINAL DE IGNIÇÃO. Glória!!!! O problema apareceu justamente no momento que eu precisava. Chamei o mecânico, que encostou uma chave de fenda no motor de partida e o carro pegou: "Pronto. Motor de partida não é.. Pode mandar trocar a BSM". Agora, é só procurar uma BSM no ferro-velho e mandar trocar. De qualquer forma, vou puxar os fios do motor de arranque e deixar dentro do carro. Vocês não têm idéia de quanto estou aliviado em descobrir esse bendito problema. Toda vez que desligava o carro eu rezava pra que não me deixasse na mão no meio da rua. A Administração do fórum deveria salvar esse tópico, pq com certeza há outros motoristas com o mesmo problema e não sabem o que fazer.
  2. 1 point
    Bom dia galera, Tenho vivido umas experiências ruins com meu peugeot 206, e uma delas é estacionar meu carro e dar partida, e ele não ligar. Isso vem acontecendo a algum tempo, o que eu faço para ligar ele: vou na caixa de fusíveis no compartimento do motor, retiro o fusível da bomba de gasolina, mexo nas tomadinhas que tem lá e ele volta a funcionar. Essa semana passada ele parou de vez, fui ver o flange e a tomadinha da bomba estavam com um queimado. Troquei, mas o carro estava ruim de pegar de primeira, tive que substituir a bomba de combustível. Porém, mesmo depois de aplicar limpa contato na caixa de fusível, mesmo depois de trocar o flange, a tomada e a bomba de combustível, ele voltou a apresentar esse problema de não pegar. Ele simplesmente para de mandar corrente pra bomba, ela não liga e o carro não pega, só funciona depois de mexer na caixa de fusíveis. Alguém já teve algum problema assim? Que possa me dar uma luz? Já levei em eletricista, mas sempre que vou nele o carro funciona. PS: esse problema não dá toda vez que ligo o carro, não tem hora pra acontecer, o que reparei é que a maioria das vezes que estaciono e deixo o carro no sol, ele da esse problema. Ele é de veneta, dá uma vez e às vezes passa uma semana sem dar, mas volta a apresentar novamente.
  3. 1 point
    Olá pessoal, tenho um 206 Escapade 2008 e tenho que trocar as tulipas e as trizetas. Já sei as medidas dela, quantidade de estrias e etc. Porem quando questiono qualquer vendedor sobre se peça que ele esta vendendo sempre falam que nao serve no Escapade. Minha pergunta: qual a diferença ( se é que existe ) das tulipas e trizetas do 206 1.6 16v para o 206 1.6 16v Escapade? Tirando as diferenças óbvias de estrias 22, 24, 26 etc. Espero ter me expressado bem.... Valew pessoal...
  4. 1 point
    Se vc quer conforto Susp original com rodas 14 e pneus de boa qualidade.
  5. 1 point
    Pessoal, Estou apenas compartilhando uma dor de cabeça que foi muito simples de resolver para o caso mais alguém estiver sofrendo com isso.. Meu carro estava com um "GUC-GUC" - um barulho que parecia vir com conjunto de suspensão traseira.. foi se intensificando com o tempo, sempre aparecendo em ruas mais irregulares e, ao final, até mesmo aparecendo no arranca e para de trânsito pesado.. o que vai dando aquela desanimada.. o carro fica parecendo que tem uns dez anos a mais.. ok.. cheguei a levar num mecânico PSA de renome aqui em BH, que condenou os amortecedores.. já pensei na facada.. Todavia, os amortecedores, apesar de originais, estão sequinhos, sem vazamento algum, sem necessidade aparente de substituição.. Até que levei num outro mecânico, que já foi certeiro no cabo de freio de mão, que fica próximo à roda traseira esquerda.. BATATA.. coisa simples, o cabo estava rangendo por conta do atrito na parte inferior do assoalho. O que fiz foi prendê-lo reforçadamente com aqueles lacres de plástico - tipo algema, sabem!? Problema resolvido e carro silencioso novamente. Abraço
  6. 1 point
    Olá Roger, tudo bem? Primeiramente vc deverá trocar o módulo do air bag, ou resetar o seu, tem gente especializada que faz esse serviço, e somente depois instalar os air bags e cintos, para evitar algum problema maior. Troca de air bag é um serviço relativamente simples, mas muita gente torce o nariz por falta de conhecimento ou boa vontade. O melhor seria vc procurar um auto elétrico especializado neste tipo de serviço e reparo, o que não é muito fácil, pois no Brasil carros que disparam air bag acabam não compensando reparar pelo alto custo, mas se for vem feito o carro continua exatamente igual. O primeiro de tudo é procurar alguém que já fez este tipo de serviço. Boa sorte.
  7. 1 point
    Gente, alguém já descobriu? Tenho um Peugeot 408 THP que faz a mesma coisa. Será que não é coisa do tal do rolamento do semi-eixo? Dei um bostaço.
  8. 1 point
    Se a Peugeot estivesse se negando a resolver o problema aí sim daria para considerar em cair fora, mas não é o caso... Até o momento não tenho do que reclamar e o atendimento na concessionária está mt bom.
  9. 1 point
    Vai de vovôrola se vc acha que é a melhor marca, THP é tão ruim que equipa vários carros da Peugeot e Citroen, inclusive linha DS e o novíssimo 3008.
  10. 1 point
    Sem polemizar, mas acho um pouco de exagero da sua parte. Volto a repetir, todo carro fica acelerado na fase fria do motor, até minha moto faz isso, se tiro a mão do acelerador, ela continua empurrando. No 308 é igual, mas eu só saio com o carro após esses 30/45 s que ele fica acelerado, a turbina até espirra as vezes, pois tenho válvula de alívio. Como a rotação fica acima de 1.000 rpm e em carros turbo o torque vem em baixas rotações, no 308 THP é a 1450 rpm, por isso sua sensação de sair com tudo. Espere a rotação baixar e curta o carro, não encontrará outro com esse nível de acabamento e equipamentos por menos de 80/100 mil reais
  11. 1 point
    Bom dia amigos, meu THP 2012 tinha apresentando aquele problema na membrana que fica na tampa de válvulas fazendo aquele assobio quando o motor frio e aspirando ar, e Peugeot trocou a tampa mas do novo modelo, que tem a abertura pra trocar só a membrana, porém teve que trocar aquele duto que pega na entrada da turbina. Após isso, percebo que a ventoinha ao funcionar o motor arma no 2º estágio mesmo com motor frio mas não apresenta a luz de injeção acessa. Levei na CSS e eles verificaram o código P2279, usando meu scanner e o app FAPlite também consegui identificar este erro, e consigo também apaga-lo. Porém isso acontece as vezes da ventoinha armar mas o código de erro permanece. Li diversas coisas na internet mas acho que essa tampa não é compatível com a versão do meu carro ou o sensor de massa de ar que fica no duto novo não lê corretamente. O mecânico disse que esse duto faz entrar mais ar e o módulo vê isso como um erro, e realmente faz sentido pois essa tampa é do RCZ novo e dos THP Flex que possuem mais cavalos. Vi que até se a tampa onde coloca óleo estiver mal encaixada pode dar este problema, mas já verifiquei e está ok. Agora, quanto a entrar mais ar, se eu usar um filtro esportivo, esse duto "morre" pois o filtro já entra direto na turbina com um CAI, teoricamente quem usa filtro esportivo também recebe essa mensagem...
  12. 1 point
    Lindo texto amigo!! Concordo que para o potente motor 2.0 da Peugeot as médias estão corretas. Mas alguns comentários atras foram feitas em referencia ao 1.6, acho que aí virou salada, tem que informar o motor além da média, para não dar confusão. No seu caso, um motor fantástico como esse THP fazer 9 é uma benção!! Quanto a frase "Se quer economia vai de Uno Mille ou Ford Ka"acho que o amigo está sendo muito radical. Meu carro é para todos os fins, pois não acho vantajoso na atual fase da minha vida ter dois veículos, uma para trabalho e outro para passeio e viagens. Então busco o equilíbrio entre conforto, segurança, e economia. Estou no meu segundo 307 1.6 porque sempre gostei do equilíbrio que ele me oferecia. Agora já está na hora de renovar o carro e como fiquei fã da Peugeot nos anos que usei seus carros, o 308 é uma opção até natural para mim que venho do 307. Entenda que não quero milagres e e por isso não cheguei nem a cogitar o 2.0 ou o THP, pois são motores fortes e menos compromissados com economia, mais compromissados com o prazer. Como disse, quero algo em torno de 10 Km/l na cidade e 13 Km/l na estrada. Para um motor 1.6 isso não é absurdo, ainda mais pelo que estou acostumado no 307. Trabalho muito para ter meu dinheiro e poder dar um pouco de conforto para minha família. Acho que tenho o direito de querer um carro equilibrado no design, segurança, conforto e consumo. Se o 308 não me atender, busco outro que me atenda.
  13. 1 point
    Cara, o consumo aqui declarado para os 308 2.0 estão na média da categoria. Eu tinha um Cruze Sport6 LTZ que tirei 0 km e vendi com 10 meses. A média do carro na minha cidade era 7, no máximo 7,5 km/l na gasolina. No etanol ficava no máximo na casa dos 5,3 km/l. Nada diferente do que esta sendo exposto aqui. E temos que considerar que o Cruze é 1.8 com menos potência e menos torque e tem Câmbio de 6 velocidade e o tão "aclamado" ecotec debaixo do capô. Era para ser exemplo de economia e mais uma vez fica na média. Com o 308 THP eu fazer 9,5 km/l na cidade é fato extraordinário. Contudo, estava dirigindo meu carro a 20 minutos atrás. Parei no acostamento na estrada. Sozinho dentro do carro. Ar ligado. A batida inebriante da música "Eu não vou parar" do Apocalipse 16. Clima agradável. Uma reta de 4 km sem absolutamente ninguém mais. Apenas eu e o meu Predador pedindo, implorando para acelerar. Pisei no acelerador e ouvi ao fundo o afinado ronco do motor. Segurei com força o volante, levei a mão à alavanca de câmbio e o coloquei no tiptronic e pensei: "Cara, eu comprei um carro para me deliciar com seu motor. Comprei este carro para sentir falta de ar ao acelerar. Comprei-o para elevar minha pressão arterial ao limite da saúde". Uma gota de suor rolou pelo meu rosto e o último pensamento surgiu a exatos 6500 RPM em minha cabeça: "Foda-se o consumo!!!!" Pisei no acelerador com tanta força que achei que iria furar a carroceria do animal. Impulsionado pelas trocas de marcha do Paddle Shift rasguei meu coração com tanta emoção e prazer quase orgasmático. Olhei o CB do carro descer a autonomia em uns 50 km e a única coisa que pensei foi: "Meu Deus, obrigado por me dar a oportunidade de dirigir esta máquina. Amém!" A vida é curta demais. Se importar com 1 ou 2 kms a mais ou a menos por litro te fará perder o prazer daquilo que é uma das alegrias para aqueles que amam carros: Dirigir!!!
×