Jump to content

Igor Little

Membro
  • Content Count

    122
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    2

Igor Little last won the day on November 16 2014

Igor Little had the most liked content!

Community Reputation

59 Genial!

About Igor Little

  • Rank
    Pé na tábua!
  • Birthday 02/05/1986

Profile Information

  • Sexo
    Masculino

Previous Fields

  • Veículo
    208
  • Versão
    Allure
  • Fabricação
    2014/2014
  • Motorização
    1.5 8V
  • Estado
    MG
  • País
    Brasil
  • Cidade
    Belo Horizonte

Recent Profile Visitors

315 profile views
  1. Igor Little

    Peugeot 208!!

    Saiu os Eleitos 2014 da QR. Segue link referente a categoria do 208: http://quatrorodas.abril.com.br/eleitos/2014/categorias/hatches-compactos-premium.shtml Honestamente, achei alguns absurdos que colocaram o Ford New Fiesta na frente, tipo a nota de design do 208 foi 102,8 e do New Fiesta 104,7???? Fora outros, como modernidade do projeto, nota alta para o New Fiesta que ainda tem teclas individuais de comando do rádio, igual aqueles telefones de casa antigo???? Vamos discutir essa matéria da QR!
  2. Igor Little

    Peugeot 208!!

    Sim Cheetos, mas a maleabilidade de qualquer borracha não tira a característica de ser termorrígido, que basicamente significa que a borracha possui cadeias de ligação que impedem a sua deformação pelo aumento da temperatura (termo= aumento de temperatura + rígido= não mudança da característica física da borracha) . O termoplástico (termo= aumento da temperatura + plástico= mudança da característica física da borracha) deforma com calor, p. e., sacola de supermercado quando coloca fogo. O termorrígido não deforma e não perde a sua propriedade, ele se quebra, e/ou esfarela, que é o caso da peça discutida em si. Mas essa peça, no processo de vulcanização (que é uma fase de fabricação da borracha e não um tipo de borracha), pode ter sido feita em um angulo x e ao colocar no veículo com essas travas fixas , o angulo fica diferente de x, o que consequentemente aumenta a pressão especialmente naquela parte mais frágil, que em conjunto com outros fatores, quebram as cadeias reforçadas e racham a borracha. Tanto que se essa peça fosse termoplástica, vulcanizada ou não, ela não romperia, mas em compensação iria se deformar (mudar a característica física) pela temperatura.
  3. Igor Little

    Peugeot 208!!

    Esse material, que é um polímero termorrígido, resseca, especialmente porque é submetido ao calor do motor, à água quando chove, condições totalmente adversas à durabilidade da borracha. Além de ter a própria curvatura, que parece que é onde a maioria do pessoal está relatando que está cedendo. Isso prova que faltou testes de durabilidade e resistência do componente, que levariam a melhorar a liga plástica para não ceder.
  4. Igor Little

    Peugeot 208!!

    Industria do petróleo mina as empresas e tecnologias que visam tirar a dependência do combustível fóssil. Isso faz com que os preços vão lá para o alto. Mas creio que talvez seja possível recuperar essa porcentagem durante a vida útil do Fusion. É igual a um investimento de longo prazo. A ideia do projeto do Prius foi boa pois alavancou a fabricação de carros elétricos/híbridos, mostrando para as montadoras que há consumidores preocupados com meio ambiente, ainda que esses consumidores não saibam que efetivamente continuam a usar combustível fóssil como você mencionou. A eficiência do hibrido é gigante perto de motor somente a combustão. Cara, esse motor do Fusion não faz partida à combustão, usa só o elétrico para partida e fica exclusivamente nesse em baixas velocidades, a medida que vai subindo a velocidade e precisa de mais potencia é que ele calcula o uso necessário do motor à combustão e liga. E o melhor do projeto é reaproveitar a energia cinética para recarregar as baterias, o que o torna um dos veículos híbridos mais inteligentes e efetivamente verde. Para os ficionados com torque e potência, a vantagem do elétrico é que ele entrega 100% do torque e potência a qualquer tempo. Tem alguns 'híbridos' que ligam o motor à combustão para recarregar as baterias, aí é a mesma coisa de usar gasolina. É vender gato por lebre. Cara, quando tiver um carro 100% independente de gasolina, que recarrega com o seu próprio movimento e cinética, imagina que do caralho seria! Esse sim seria 100% de eficiência... mas é utópico porque esses projetos inovadores, que inclusive já existem com a tecnologia atual, iriam falir a indústria do "T-Rex nadando no tanque seu carro" (by Sheldon Cooper). Mas já estamos caminhando para que daqui a uns 20 anos todos os carros comercializados sejam no mínimo hibrido. Quem sabe um dia teremos igual ao Delorean, usando restos de alimentos para gerar energia... Sonhar não custa!
  5. Igor Little

    Peugeot 208!!

    Exatamente! Eu, particularmente, adoraria um Griffe 1.5!
  6. Igor Little

    Peugeot 208!!

    Sobre o motor do Active/Allure não tenho o que reclamar. Acho que ele possui resposta adequada, aguenta subir ruas com bastante aclive de segunda e retoma velocidades em rodovias que é uma beleza. Com ar condicionado todo carro perde potência, e não seria exceção com o 208 1.5. Antes do 208 tinha um Meriva 1.8 e na minha opinião os dois carros ficam lado a lado. Óbvio que conta o peso maior da Meriva e outros fatores. Mas claro que o 1.6 da Peugeot realmente se destaca em várias coisas, entretanto não peguei um Griffe pois o fator primordial para mim era economia de combustivel e o 1.5 é tão econômico quanto quaisquer carros 1.0 no mercado. Honestamente, no transito caótico de qualquer cidade, com engarrafamento para todo lado, semáforos, lombadas, placas de pare, radares (pardal) e outras mil coisas me pergunto para que ter um carro com um mega motor que vai rodar sempre entre 20 e 60 km/h? Só se for para queimar gasolina de graça! É a mesma coisa de querer passear na rua com um tigre siberiano de coleira! :fuckyeah: Mas se tivesse cacife iria mesmo de Ford Fusion Hybrid .... Esse sim é o Ó do borogodó dos muquiranas de combustível! Peço perdão para os ficionados com torque e potência de motor mas é muito mimimi para discutir em um carro de uso urbano. Torque e potência tem valor em carros de velocidade, para quem pratica em pistas específicas, na prática influencia 0,1% se todos estamos agarrados no transito a 30 km/h.
  7. Igor Little

    Peugeot 208!!

    O sistema é tipo as rodas que seguram carrinho de montanha russa, só que numa versão minuscula que segura e movimenta a cortina, mantendo pressão para não ficar andando. Vai dentro do trilho e para trocar tem que desmontar o forro do teto. Mas a CC fez tudo certo sem deixar nada solto. Eu observei que antes eu conseguia movimentar a cortina lateralmente, mostrando que além de ela ter folga, não parecia ter nada que a movimentava dentro do trilho. Parece que não tinha esses patins, era a tampa em si que escorregava. Agora a tampa não movimenta lateralmente e ela não entra para dentro do trilho. Tanto que ao abrir e fechar não tem mais barulho de atrito da tampa com o trilho.
  8. Igor Little

    Peugeot 208!!

    Hoje busquei o carro na concessionária... tinha levado ele especialmente para olharem a cortina de teto que fazia muito barulho, parecendo uma escola de samba. Trocaram o "kit de patins", e não modificou nada na aparência nem dificultou o abrir e fechar da cortina. Em compensação agora ta um silêncio absoluto. Nihil de barulho. Maravilhoso! Para quem ainda está enfrentado problemas com barulho na cortina aconselho que, ao levar na concessionária, peça para verificarem o 'kit de patins' da cortina.
  9. Galera, eu notei que vários donos de 208 daqui do clube já passaram por algum problema em alguma peça ou o carro apresentou algum tipo de falha que pode ter lhe deixado na mão ou não... Esse pessoal que já passou por isso (incluindo eu) relata esses defeitos em diversos tópicos sem que haja uma padronização que acho importante existir para que os demais proprietários possam analisar e saber se o seu problema se parece com os que já foram relatados. Isto serve inclusive para, talvez, demonstrar um padrão de problemas/erros/defeitos apresentados nos nossos veículos e possamos aprender com uma produção em série tão recente. Não estou tentando diminuir a qualidade de fabricação do 208, até porque nosso veículo se saiu, na minha visão, de maneira estupenda no desmonte da 4 rodas publicado em Nov/14. Se saiu melhor do que diversos outros da mesma categoria. Desta maneira, gostaria apenas que todos possamos nos unir para demonstrar estatisticamente os maiores erros ou problemas na fabricação do 208 e talvez apresentar um padrão à Peugeot para, no futuro, aperfeiçoar a qualidade de fabricação do nosso amado veículo. Isso inclusive valoriza os nossos 208 já fabricados, pois com um relato padronizado dos maiores problemas apresentados, hipoteticamente significa que a Peugeot poderá focar para não ocorrer esses erros no futuro o que eleva a qualidade de fabricação e consequentemente o preço de revenda e estima pelo veículo, inclusive por quem não é proprietário. Assim, o intuito do presente tópico é que cada um fale, de maneira sucinta, se já usou a garantia para substituição de alguma peça ou se teve que ter alguma intervenção de concessionária na garantia, não importando se a peça nova também apresentou problema. Se teve que retornar mais de uma vez ou trocar a mesma peça mais de uma vez, relate a situação pois o problema pode nem ser na montagem, mas na peça em si. Se algum dos problemas não foi reconhecido pela Concessionária relate também! Peço por gentiliza que os relatos no tópico sejam apenas de quem efetivamente teve que usar a garantia, pois só assim podemos ter certeza que houve reconhecimento ou não de erro/problema/defeito em peça pela Concessionária, como faço a seguir: 208 Allure 14/14 Problema: parou de funcionar o aviso sonoro de seta e cinto Solução da CC: troca da alavanca de seta Problema: vidros não subiam no acionamento do alarme Solução da CC: troca do modulo de subida dos vidros Problema: cortina do teto de vidro solto fazendo barulhos constantes, especialmente em pisos irregulares Solução da CC: troca do trilho da cortina do teto Problema: perda de eficiência do ar condicionado (não consegue esfriar o interior do veículo) Solução da CC: informou que não há vazamentos e que o funcionamento está normal
  10. Igor Little

    Peugeot 208!!

    Aí sim meu caro André1984, ponto positivo por ter colocado aqui em tempo recorde para nós, amantes do 208, também darmos uma olhada!
  11. Igor Little

    Dúvida 208 Ative Pack At Ou Griffe Mt

    Griffe, inclusive por manual beber menos do que AT, desde que as trocas de marcha sejam na faixa de giro adequadas para melhorar o consumo.
  12. O meu também deu o problema que você citou no item 2. Não vou esperar a revisão. Já marquei o retorno na CC. Como está na garantia pode agendar para eles verificarem os problemas relatados. Até para a sua segurança de depois na revisão eles alegarem que o problema é do 'uso' e não da peça em si, ou seja, não está coberto pela garantia. Se está na garantia, qualquer problema que der, tem que agendar e pedir para eles verificarem. Se deixa para depois pode te dar dor de cabeça maior no futuro ou quando piorar a situação eles falarem que o problema é pelo 'uso normal das peças' não abarcado pela garantia. Não é revisão! É agendamento de verificação de itens cobertos pela garantia! Gratuito, obrigatoriamente.
  13. Igor Little

    Peugeot 208!!

    O soquete dessa lampada é W2.1x9.5d, popularmente também conhecida como T10. Não serve para DRL do 208, mas serve para luz interna e de placa. O soquete T5 é o W2x4.6d. Não achei ainda nenhum no 208 que use esse soquete. O soquete T20 que é para o DRL do 208 é também conhecido como W21W. Possui dois tipos, o utilizado no 208 que é o 7443 que possui dois filamentos (dois ativados é luz diurna, um ativado é lanterna). E o outro T20 (W21W) é 7440, mas esse é um só filamento, ou seja, vai funcionar como somente como lanterna. Teoricamente o 7440 não substitui o 7443! Sobre os padrões Tx (x= 5, 6.5, 8 10, 12, 15 e por aí vai), não é pelo tamanho do soquete e sim pelo tamanho do bulbo da lampada. Logo, pode haver lâmpada de bulbo T20 cujo soquete de encaixe seja o W2x4.6d (popularmente conhecido como T5). Não há uma lógica de tamanho do bulbo com o do soquete. Espero ter ajudado em algo.
  14. Igor Little

    [208 Griffe] Trepida Na Aceleração

    Alguns aqui do CP relataram que estavam com trepidação do motor em uma determinada rotação e ao levarem na CC o diagnóstico foi de que tinha que trocar um dos coxins do motor.. que estava com folga... não me recordo a razão...
  15. Igor Little

    Dúvida E Ajuda Com Seguradora Urgente

    Bom, a pergunta ficou um pouco difícil de entender... mas vamos lá. É uma cláusula do seu contrato de seguro que você decide colocar ou não, paga um pouco a mais no prêmio mas tem direito a usar carro reserva durante um determinado período (pré-estabelecido no contrato do seguro) caso seu carro fique imobilizado para reparos em decorrência de acidentes. Tem que haver o acionamento da seguradora para que possa pegar o carro reserva, afinal somente lhe será disponibilizado um se for em decorrência de imobilização do seu por acidente. Quanto a ser particular ou locadora de veículos, há seguradoras restritas que somente aceitam e pagam para locadoras de veículos e um veículo compatível com o carro segurado. Já outras menos burocráticas exigem que se comprove o preço da "diária", seja particular ou locadora, e lhe repassa o dinheiro para que você alugue. Então nesse último caso você pode escolher o carro. Grandes seguradoras normalmente possuem convenio com locadoras, ou então possuem seus próprios carros reservas, o que dificulta em você escolhe-lo. Mas ligue na sua seguradora e pergunte. Agora se você não tem seguradora e quer exigir que o causador do acidente arque com carro reserva, aí já fica complicado. Primeiro porque somente vai ter direito a diária de carro se você provar uso do veículo para trabalho (que é diferente de ir com o veículo para trabalho) ou seja, tem que ser essencial o veículo para exercer a profissão. Se não se encaixa nessa condição desista de veículo reserva. Segundo porque tem que ser consensual entre você e o causador do acidente, pois se este falar que não vai pagar, você terá que acionar ele judicialmente para pagar e, na verdade, quem vai pagar é você para tentar recuperar o dinheiro, que nem sempre será devolvido. Espero ter ajudado na questão sobre o veículo reserva! Boa sorte na recuperação do carango!
×