Jump to content

JoaoBH

Membro
  • Content Count

    29
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

17 Legal!

About JoaoBH

  • Rank
    Marcha Lenta

Profile Information

  • Sexo
    Masculino

Previous Fields

  • Veículo
    408
  • Versão
    Griffé
  • Fabricação
    2011/2012
  • Motorização
    1.6 16V Turbo
  • Estado
    MG
  • País
    Brasil
  • Cidade
    Belo Horizonte
  1. JoaoBH

    Problemas Com O 408 Thp...

    Antigamente, todos os modelos com injeção direta no Brasil tinha a premissa de ser abastecido com gasolina Podium. O manual do meu thp 2012 tem essa orientação. Isso acontecia porque a gasolina comum no Brasil tinha até 500ppm de enxofre, ou seja, era "suja" demais para este tipo de injeção. A única gasolina que yinha até 50ppm de enxofre era a Podium, daí a orientação. A partir de 2012 ou 2013, mesmo a gasolina comum no Brasil foi padronizada em 50ppm, o que eliminou, teoricamente, a necessidade em se abastecer com a Podium. No entanto, ficam duas ressalvas. Em primeiro lugar, a Podium tem maior octanagem que a gasolina comum, o que vai fazer inevitavelmente que o carro renda mais. Por fim, a nossa gasolina não é lá muito confiável, com o tanto de adulterações que se vê, portanto, abastecer com a Grid/V-Power é uma boa, pois elas dificultam o acúmulo de borra nos bicos injetores.
  2. JoaoBH

    Problemas Com O 408 Thp...

    O motor não muda o comportamento, mas o ar-condicionado para de funcionar. Comigo, o medidor de temperatura da água do motor estava normal e, de repente, colava no máximo e surgia o aviso no computador de bordo em vermelho, indicando superaquecimento do motor. Mais informações sobre este recall, eu postei neste tópico mesmo, na página 60. O link para o post se encontra abaixo. Espero ter ajudado. http://www.clubepeugeot.com/forum/index.php?showtopic=7357916&p=1464606
  3. JoaoBH

    Problemas Com O 408 Thp...

    Na verdade, pelo que o André comentou em outro grupo, o problema com os faróis de xenon são resultado do colapso da economia argentina e a falta de dólares para a importação de peças, mesmo para produção para exportação. Assim, espero que com a recuperação da economia lá, o xenon possa voltar em breve.
  4. JoaoBH

    Problemas Com O 408 Thp...

    O xenon não está disponível nem como opcional.
  5. JoaoBH

    Peugeot 408 2016 - Teste Da Motordream

    Ao vivo, achei os carros bem mais bonitos que nas fotos, apesar de ainda achar o seguinte: 1- Ainda achar o modelo 2015 mais bonito; 2- As rodas são mais feias que as anteriores, em especial em relação às rodas do último THP, que são as mesmas do 308 Roland Garros; 3- Podiam ter deixado a telinha touch retrátil no topo do painel, mesmo que isso a deixasse um pouco mais difícil de alcançar; 4- Fiquei impressionado com o buraco que deixaram no lugar da telinha retrátil: feio e com pouca utilidade. Espero que, com a melhora da economia argentina, conforme bem explicou o André, retornem os faróis direcionais.
  6. JoaoBH

    Problemas Com O 408 Thp...

    Eu moro em BH, que tem três problemas crônicos de trânsito: - Terreno muito acidentado (muitas subidas e descidas); - Semáforos desincronizados (na verdade, parece que são sincronizados para você ter que parar em todos eles); - Motoristas completamente retardados (andam a 20km/h menos que a velocidade máxima permitida em todas as faixas). Resultado da média de velocidade no trânsito de BH, no trecho que costumo fazer: entre 20km/h e 25km/h. Sobre minha forma de dirigir, piso bem leve (mesmo porque, o THP tem torque muito bom em baixa e, se eu pisar forte em BH, vou acabar encontrando a traseira de algum molenga à minha frente) e às vezes perco a paciência com o AT6 segurando marcha e troco eu mesmo, fazendo bastante uso de coasting, que é deixar o carro já embalado ir perdendo velocidade aos poucos e ir mantendo a velocidade numa faixa, não numa velocidade constante. Resultado: entre 6,5 e 7,5km/L. Quando viajo, depende muito da estrada. Quando pego a 381 de BH pra Ipatinga, trecho também chamado carinhosamente de rodovia da morte, costumo fazer entre 10 e 11km/L, porque a maior parte do trecho é pista simples, tem muito movimento de caminhões, muitas subidas e descidas o tempo todo e, pelo fato de os trechos de ultrapassagem serem curtos, eu piso até o talo pra sair logo da contramão. Isto me dá uma média de velocidade de 65km/h, mais ou menos. Já sentido São Paulo, em que a rodovia é excelente, costumo fazer entre 14,5 e 15,5km/L com média de velocidade de 90km/h. Todas estas médias de consumo são com o ar-condicionado ligado.
  7. JoaoBH

    Situação Da Peugeot No Brasil

    O novo 308 foi apresentado no fim de Outubro e o 408, em meados de Novembro, então não dá muito pra fazer comparações a partir do número de emplacamentos deste último mês, mas, de qualquer maneira, não foram nada bons de novo. Tomara que em Dezembro as coisas melhorem... Na primeira coluna, os números de Out/15 e, na segunda, Nov/15. A posição se refere ao número de emplacamentos acumulado no ano, que não está nas tabelas abaixo. Hatches médios 1o FIAT/PUNTO ------------------- 1.265 ---- 1.360 2o FORD/FOCUS ----------------- 911 ---- 859 3o VW/GOLF ----------------------- 814 ---- 630 4o GM/CRUZE HB ---------------- 673 ---- 649 5o PEUGEOT/308 ---------------- 514 ---- 165 6o FIAT/BRAVO ------------------- 150 ---- 164 Sedans médios 1o TOYOTA/COROLLA ------------- 5.632 ---- 5.694 2o HONDA/CIVIC -------------------- 1.836 ---- 1.756 3o NISSAN/SENTRA ---------------- 1.014 ---- 695 4o GM/CRUZE SEDAN ------------- 1.134 ---- 724 5o FORD/FOCUS SEDAN --------- 554 ---- 547 6o VW/JETTA ------------------------ 543 ---- 434 7o RENAULT/FLUENCE ----------- 870 ---- 706 8o FORD/FUSION ------------------ 492 ---- 454 9o AUDI/A3 SEDAN ---------------- 445 ---- 681 10o CITROEN/C4L ------------------- 436 ---- 456 11o FIAT/LINEA ----------------------- 305 ---- 223 12o MITSUBISHI/LANCER ---------- 237 ---- 201 13o HYUNDAI/ELANTRA ------------ 280 ---- 204 14o M.BENZ/CLASSE C ------------- 199 ---- 215 15o KIA/CERATO --------------------- 68 ---- 180 16o PEUGEOT/408 ------------------ 227 ---- 87
  8. JoaoBH

    Problemas Com O 408 Thp...

    Caros, segundo as reportagens abaixo, sobre o lançamento do Primacy 3, este foi desenvolvido para substituir o Primacy HP. Uma das avaliações providas pela Michelin para a imprensa especializada, inclusive usa u Peugeot 308, como podem ver nas fotos. http://carplace.uol.com.br/michelin-lanca-pneu-primacy-3-com-enfase-em-seguranca/ http://noticias.r7.com/carros/noticias/michelin-lanca-novo-pneu-no-brasil-apostando-na-defasagem-da-concorrencia-20130428.html http://www.tyrereviews.co.uk/Article/Michelin-Primacy-3-Launched.htm
  9. JoaoBH

    Peugeot 408 2016 - Teste Da Motordream

    Concordo. Não terem pintado aquela parte abaixo da grade de preto ajudou bem. Apesar de ainda não achar mais bonito que o 2015, estou gostando mais agora do que quando vi o 308. Rechearam bem mesmo a versão Allure, mas uma coisa que eu ainda não consigo me conformar são com essas rodas ridículas. Ainda bem que isso é fácil de trocar. Eu mesmo colocaria as do 408 THP 2015, que são as mesmas da segunda versão do 308 Roland Garros.
  10. Estou realmente preocupado com a situação da Peugeot no Brasil. Honestamente, não sei o quão difícil é liderar uma empresa que e filial, mas as coisas estão ficando complicadas. Deixo aqui três matérias, pra quem quiser: http://carplace.uol.com.br/veja-a-lista-dos-50-automoveis-e-comerciais-leves-mais-vendidos-em-outubro/ Nesta, dá pra ver que o 2008, o 47º carro mais vendido do país, vendeu menos que todos os seus concorrentes diretos, e, na verdade, dos 50 carros mais vendidos do país, só conseguiu ganhar de um outro SUV, o Mitsubishi Outlander. Isso, num carro que acabou de chegar ao mercado e carrega o fator novidade em seu favor. Sim, lançaram o THP só com câmbio manual, mas ainda assim, ele é bem equipado e só recebe elogios da imprensa especializada. JEEP RENEGADE - 5.623 HONDA HR-V - 5.448 RENAULT DUSTER - 3.053 FORD ECOSPORT - 2.333 CHEVROLET TRACKER - 1.074 HYUNDAI IX35 - 877 PEUGEOT 2008 - 717 MITSUBISHI OUTLANDER - 688 http://carplace.uol.com.br/sedas-medios-civic-despenca-e-fluence-se-recupera-nas-vendas-de-outubro/ Apesar do título, o que me impressionou nesta notícia foi a pífia venda do 408 mesmo a Peugeot praticando descontos de até 26% sobre o preço de tabela. Eu esperava que, com o mês cheio do desconto, Outubro, as vendas fossem pelo menos chegar a umas 500 unidades. Sério, isso é mais de 10 vezes menos o que o Corolla vende. Mas não. Nem isso. http://carplace.uol.com.br/hatches-compactos-fit-lidera-e-208-tem-recorde-negativo-em-outubro/ Essa, já mostra que o 208, apesar de sabermos que possivelmente teve as vendas afetadas pelo lançamento do 2008, não justifica um volume tão baixo de vendas. E se desconsiderarmos os chineses, o Fiat 500, que é um carro de nicho, e o VW Polo, que deixou de ser fabricado, podemos considerar o 208 o último colocado em vendas em seu segmento. E não só último, mas ele vende a metade do penúltimo. Que, aliás, é o C3, um carro montado sobre a mesma plataforma. E olha que o 208 já ganhou vários comparativos do C3. Pra mim, o grande ponto é: A PEUGEOT NÃO TEM MAIS NADA A PERDER! Ela não disputa nada com ninguém. Está isolada em último colocado em QUASE TODOS os segmentos. Por que não existe um plano audacioso pra que algo mude? Grandes viradas acontecem nessa situação, mas a impressão que eu tenho é que a diretoria da Peugeot no Brasil é uma panela que já esteve quente e agora está em cima da pia, e a água está esfriando, evaporando e uma hora não vai restar nada lá dentro.
  11. JoaoBH

    Peugeot 408 2016 - Teste Da Motordream

    Concordo que a telinha que levanta no topo do painel seja muito bacana e, mais que isso, ainda fica numa posição excelente para se visualizar, bem no topo do painel, apesar de ficar ofuscada pelo sol de vez em quando. Colocar a nova tela naquela posição baixa no console central torna muito difícil visualizar as informações. Há o argumento de que a tela onde está hoje, no topo do painel, fica difícil de alcançar para se usar como touch. Concordo com este argumento também, mas entre deixá-la touch e manter os botões no painel ou colocá-la onde colocaram, baixa no console, preferiria que apenas a tivessem tornado touch mantendo-a no topo do painel. Sobre as rodas, eu realmente não consigo entender. E o duro é que esse tipo de decisão passa por um monte de gente antes de ser aprovada. Alguém sabe se a Peugeot faz clínicas? Não é possível que até nas clínicas isso tenha passado. Só me resta a esperança de que, ao vivo, o carro seja mais bonito que nas fotos, o que, na minha opinião, já acontece com o carro atual.
  12. JoaoBH

    Peugeot 408 2016 - Teste Da Motordream

    E se eu disser que mesmo esse 408 chinês feito sobre a plataforma EMP2 eu achei mais tiozão que o atual 408.Eu gosto demais do desenho do atual 408. Já falei e repito: pra mim, é o sedan mais bonito da sua classe no Brasil. Além do mais, sobre o 408 chinês, já que é derivado da plataforma do 308 europeu, por que não pegar aquele painel absolutamente maravilhoso dele? Já que sonhar não custa, na minha opinião, a combinação perfeita seria: - plataforma EMP2 - interior do 308 europeu - paddle shifts - exterior do 408 atual prata ou branco com teto e retrovisores envelopados em padrão fibra de carbono envernizada - motor e rodas do RCZ R - câmbio DSG do Peugeot 4007 - todos os equipamentos do 508 - piloto automático adaptativo do 308 europeu - mirror screen - câmera de ré - memória e ventilação nos bancos
  13. JoaoBH

    Peugeot 408 2016 - Teste Da Motordream

    Quando fui levar o carro para o recall, dei uma olhada nessa questão dos preços do 408 atual. Existe um desconto bom para o modelo 2015 para desovar os estoques e limpar o pátio para a chegada no modelo 2016. O que o gerente de vendas para PJ me disse é que o desconto para pessoa física ronda a casa dos 10%. Já o desconto que está sendo dado atualmente para PJ para a gama é de 20%. Existe uma situação especial de desconto de 26% para empresas que comprovem ter 30 carros corporativos ou mais. Assim, um 408 THP (que, no modelo 2015 tem as belíssimas rodas do 308 Roland Garros e vem de série com xenon e sensor de estacionamento dianteiro, que eram opcionais nos modelos 2013 e 2014) está saindo por pouco menos de 64k. Fico vendo o que a Renault fez com o recém lançado Talisman, na Europa. Ela contratou a Mercedes-Benz para avaliar e apontar melhorias no processo de construção do carro com foco na qualidade. Vale lembrar que Mercedes, Renault e Nissan construíram em conjunto uma plataforma para picapes médias, de onde saiu a nova Nissan Frontier e de onde sairão as futuras picapes médias de Renault (cujo protótipo se chama Alaskan) e Mercedes. Além disso, Mercedes e Nissan construíram uma fábrica em conjunto no México para a fabricação de carros sobre plataformas compactas de Infiniti (marca de luxo da Nissan) e Mercedes. A Peugeot já fez uma parceria com a BMW para a criação da família de motores Prince, que tanto elogiamos nos nossos THPs da vida. Com a BMW não dá mais, por enquanto, já que ela desenvolveu uma família toda nova de motores com 1.5L de 3 cilindros turbo para substituir os da família Prince, mas acho que seria muito proveitoso para o grupo PSA uma nova parceria com alguma montadora com reputação de qualidade e que fizesse esse exercício que a Renault teve a humildade e inteligência para fazer. Todos teriam a ganhar. Editei o texto, porque acabei me lembrando que a PSA já tem uma parceria com a Toyota para o desenvolvimento e fabricação de city cars na Europa, donde surgiram os Peugeot 108, Citroen C1 e Toyota Aygo, todos já em segunda geração. A Toyota seria uma excelente fabricante para uma parceria em modelos mais sofisticados, já que a Peugeot tem o know how que a Toyota precisa para o desenvolvimento de motores turbo, adquirido durante o desenvolvimento da família Prince, e a Toyota é referência em engenharia e qualidade de construção (em especial após ela voltar às origens depois dos escândalos envolvendo falhas de qualidade com o Prius) de que o grupo PSA tanto precisa. Sobre o Peugeot 408 2016, concordo em tudo com o ClaudioBA, mas agora a cagada já está feita, não tem mais volta. Ou eles vendem ao preço dos atuais, com o grande desconto, ou as vendas devem cair a níveis de dezenas de unidades por mês, o que seria uma situação ainda mais vexaminosa que a atual. Repetindo, é triste ver o ciclo vicioso do erro. Eles lançam o 408 com aquele câmbio que todo mundo mete o pau. O carro vende pouco, tornando difícil justificar investimentos maiores no modelo. Daí, as alterações feitas no carro ao longo do tempo são pequenas, ou atrasadas, quando não são pra pior (como é o design do 408 2016), o que gera ainda menos interesse por parte dos potenciais compradores.
  14. JoaoBH

    Peugeot 408 2016 - Teste Da Motordream

    Gosto é gosto. Hoje, já habituado, também gosto, mas foi um parto no início. E sobre o design externo? Vocês acharam que melhorou? Eu achei mega brochante. Além de ter perdido identidade, já que 308 e 408 compartilham a mesma frente agora, acho que piorou pra ambos.
  15. Ok, eu sei que a Motordream é uma das piores publicações que há por aí sobre automóveis, mas, pelo menos, ela se deu ao trabalho de ir até a Argentina pra dirigir o 408 modelo 2016. Segue o link pra quem quiser ler a matéria: http://motordream.uol.com.br/noticias/ver/2015/10/22/teste-novo-peugeot-408-esperanca-a-vista Na minha opinião, vai ser um fracasso de vendas ainda maior que o atual 408. Resumo: Pontos melhorados - Suspensão: há de se ver o quão melhor é, mas mesmo que seja bem melhor, dificilmente será boa o suficiente para se tornar referência do mercado, ou seja, não é fator de diferenciação. - WipNav, que agora é touch e tem espelhamento da tela do celular, mas, novamente, não é fator de diferenciação, pois já há sedans médios no Brasil com tal tecnologia e, na pior das hipóteses, é possível instalar. - Motor flex: novamente, não é fator de diferenciação, apesar de ser uma melhoria. - Câmbio: ganha função eco, para trocar de marchas mais cedo, o que é muito bom, mas, novamente, não é fator de diferenciação. - Molduras black piano no interior: mais bonitas, com certeza, mas, novamente, não é fator de diferenciação. Pontos piorados e cagadas que continuam - O volante ainda não tem comandos, somente na barra de direção com comandos satélite, às quais todos nos acostumamos rapidamente, mas, vamos combinar, não é o estado da arte em termos de usabilidade e até o 208 já tem. - Li em outra publicação que o bocal do tanque de gasolina ainda tem que ser aberto na chave, como atualmente. - O carro que era lindo, agora é feio. Uma coisa é um carro mudar e não se acrescentar nada ao desenho. Outra, é transformar um sedan que era, na minha opinião, o mais bonito do Brasil na sua categoria em um carro que agora parece ser da JAC. Os desenhos de faróis dianteiros, faroletes traseiros, para-choques e até as rodas são mais feios. Externamente, tudo que eles tocaram ficou mais feio. - Tiraram os faróis de xenon direcionais, assim como o do C4 Lounge. Poxa, é triste mas, na boa, parece que a PSA está realmente se esforçando pra vender cada vez menos.
×