Jump to content

CactuScav

Membro
  • Content Count

    218
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by CactuScav

  1. Para aqueles que querem ajustar a "altura" do freio de mão vou explicar como tensionar os cabos e consequentemente diminuir o curso da alavanca. Com o uso normal, os cabos do freio "aumentam" de comprimento (pouca coisa), mas isso se reflete no curso da alavanca do freio (com o passar do tempo, será necessário que a alavaca suba um pouco mais para que o carro permaneça freiado). Porém, o desgaste das lonas/pastilhas de freio traseiro também aumenta essa distância do cabo, sendo necessário um movimento maior para que o freio de estacionamento seja acionado. Bem... eu recomendaria apenas uma checagem no estado dos freios traseiros (quanto material ainda tem) antes da regulagem do cabo. Caso estejam muito desgastados, a troca destes fará com que o freio volte a acionar em uma posição mais baixa novamente. Estando tudo em ordem, podemos então regular com mais tranquilidade Vai ser preciso: - Chave de fenda - Chave torx T-20 (pode ser substituída por chave de fenda pequena, mas terá que coincidir no parafuso) - Chave de boca 13 1- Seguindo para trás da alavanca do freio, localize ao final do console uma tampa e abra ela (pela lateral dá certo) com a chave de fenda... ela vai ficar aberta em cima e fixa (como em uma dobradiça) na parte mais baixa. 2 - Afastando um pouco a tampa pra trás, vai ser possível ver (com uma luz, se necessário) o parafuso que fixa o final do console, então com a chave T-20 solte ele e puxe toda a capa final do console fora. 3 - Já vai ser possível ver os cabos (2) do freio de mão e juntamente com eles (ao meio) um "parafuso" com a porca para a regulagem dos cabos. Com a chave 13 se aperta essa porca (sentido horário) para esticar os cabos e, o contrário para soltar 4 - Depois de alguma passada de chave dá pra se verificar a regulagem dos cabos através do acionamento pela alavanca (lembrando, é claro, que não pode haver exageros de aperto aqui). Nada muito técnico eu sei, mas umas 4 a 5 estraladas na subida da alavanca é o que eu considero uma boa "altura" 5- Regulado os cabos do freio é só montar a capa do console (lembrando que ela tem uma aba que encaixa pela parte da frente e apenas o parafuso atrás) e pressionar a tampa novamente no lugar... pronto
  2. CactuScav

    Troca Da Pastilha De Freio Traseira

    Girar é o segredo mesmo, já apanhei com isso também. E nem seria preciso abrir a sangria, pois o fluido volta ao reservatório. Na falta de uma ferramenta específica para girar, eu uso um alicate bomba d´agua bem na borda do pistão. Mas note que é preciso tomar um cuidado para não danificar a coifa, pois fica próximo da ponta.
  3. Verifica a resistência do eletroventilador, provavelmente está com problemas. Também é possível (mas pouco provável) que o próprio eletroventilador esteja danificado. São 2 as velocidades de trabalho dessa ventoinha sendo que a segunda delas (a mais rápida) recebe alimentação direta e não passa pela resistência.
  4. CactuScav

    Barulho Estranho No 206.

    Sobre ter ou não problemas com folgas nas bieletas da barra estabilizadora dianteira, existe um jeito bem prático de se fazer um teste. Estando o carro estacionado normalmente, segure a bieleta (gire o volante se preciso) e balance o carro (ou peça para alguém fazer isso). Assim, qualquer folga ou barulho vindo da bieleta vai ser sentido na mão... é simples e garanto que é bem eficiente. Lembrando também que essas bieletas não fazem barulhos apenas com folgas de pivô (apesar de acontecer na maioria dos casos), existem rangidos na suspensão que tem também origem nessas bieletas (durante o trabalho do pivô dentro da rótula). Falhas no aperto das porcas dos pivôs também geram estalos (muito semelhantes ao das folgas), mas de qualquer maneira isso é "sentido" na mão quando se segura a bieleta e se trabalha a suspensão ao mesmo tempo. Vale então ficar atento em marcas paralelas e montagem correta das peças em questão além da própria folga de desgaste em si.
  5. CactuScav

    Cabo Embreagem 206 1.0 16v

    Amigo... parece que falta um pouco de boa vontade nesse teu caso né? Sobre os tipos diferentes de cabos, existem sim variações entre encaixes e comprimentos. O ideal mesmo seria ao menos o cara dar uma olhada atrás do pedal da embreagem já para ter uma noção do tipo, quanto ao comprimento deles, creio que nesse sua motorização não irá variar. Mas nada que um estoque de peças decente não resolva... e realmente o preço é complicado na concessionária. Eis o cabo de embreagem... e no 5, o encaixe (que fica na parte interna, próximo ao pedal) São 2 os tipos de encaixe em 206 considerando os que eu tenha trocado (havendo um C, eu desconheço). Mas arrisco falar que, baseado no ano do teu carro deve ser o encaixe igual ao do desenho, o outro tipo é apenas uma pequena ponteira fixada direto no cabo (que encaixaria dentro de uma bieleta plástica). Se quiser tirar uma foto da parte atrás do pedal (onde o cabo "sai") seria possível identificar ele.
  6. CactuScav

    Cabo Da Embreagem Do 106

    Depende: De acordo com o catálogo, existem 2 tipos diferentes: Cabo 1- Long 660 Cabo 2- Long 1270 Os números provavelmente se referem à medida de comprimento dos cabos, mas atente para as diferenças no acionamento do garfo bem como na fixação do cabo nos suportes. Seria prático você observar o cabo antigo e se basear na medida dele, porém eu acho impossível passar com o primeiro deles por baixo do semi-eixo.
  7. CactuScav

    Problema, Pergunta E Curiosidade

    Não que eu queira discordar disso... mas vou tentar passar a minha opinião. Claro que seria necessário ver o vazamento, mas eu acho que dificilmente o óleo do motor vazaria através da junta e desta para fora do bloco/cabeçote... A probabilidade maior seria, se houvesse problemas de junta, da água de arrefecimento passar para o óleo (o contrário também). Além que, um caso destes (incluindo o teu diagnóstico) estaria acompanhado certamente de dificuldades no funcionamento do motor por possíveis perdas de compressão, até mesmo de baixas consideráveis do nível de água e/ou do óleo do motor. Mas me baseio apenas em casos que eu já vi... claro que podem haver falhas durante a fabricação. Apesar desse tipo de motor não apresentar muitos problemas nesse sentido, todo o cuidado é válido. E sobre o reaperto, a palavra "milagre" pode ser uma explicação se caso parar de vazar uma junta. Supondo que realmente seja nela o problema, a solução de começo já seria uma junta nova e plaina no cabeçote. Um palpite meu é que o vazamento possa estar vindo da tampa de válvulas e escorrendo para o bloco (em todo caso, uma foto seria interessante para verificar). Fora isso, parabéns pela iniciativa de mostrar as fotos com a regulagem e a fixação. É interessante para quem tem essa motorização saber, nem que só por curiosidade, o que tem abaixo da tampa de válvulas. Realmente é um sistema bem simples, mas também é certo que não incomoda muito. Sobre a unidade de torque utilizada: segundo a calculadora em: http://www.webcalc.com.br/frame.asp?pag=ht...oes/torque.html daN·m - Decanewton metro (1 daN = 10 N) Mas o real mesmo se dá através do aperto angular, no caso os 240 graus
  8. CactuScav

    Barulho Roda Dianteira - Protetor Do Pivô

    Depois da cola o barulho parou? Se caso for nessa chapa o barulho, deve ter se soltado apenas, mas acho que não convém trocar. Deixa com a cola mesmo ou silicone também "resolve" ou até mesmo pega um alicate e arranca ela fora... ao meu ver, só serve para bater mesmo.
  9. CactuScav

    307 1.6 Baixando Muito óleo

    Isso é fato... mesmo tendo a obrigatoriedade de funcionar perfeitamente tanto em alcool quanto gasolina. Mas nos motores que eu vi acontecerem o problema de consumo de oleo, todos eles abastecidos com alcool (geralmente sempre alvool) foi algo que me chamou atenção. Na verdade não tenho muita idéia do que pode estar acontecendo, mas na tentativa de relacionar os modelos com o mesmo problema, parece que tem algo em comum nisso. 207 equipados com motorização 1.6 também estão incluidos nisso... infelizmente
  10. Realmente... O corpo de borboleta fica "escondido" dentro do coletor de admissão e sou mais 1 para dizer que dá uma mão-de-obra considerável caso queira retirar, limpar e montar novamente.
  11. CactuScav

    Trocar Agua

    Água do reservatório baixando, pode: - vazar nas conexões, e empoçar no chão; - vazar para os cilindros, e "queimar" com o combustível (com falhas no motor... logico); - vazar para o cárter de óleo do motor, e "subir" o nível dele (com calço hidráulico de brinde... sendo bem pessimista, claro) Mas... sendo numa motorização 1.0 eu iria direto na válvula termostática, pois sua vedação é um dos locais mais prováveis de ocorrer vazamentos. Como dito pelo colega, vazamentos desse tipo costumam acontecer somente com água quente e sob pressão e, dependendo da quantidade do vazamento, não vai haver acúmulo. Na drenagem da água, é recomendado fazer à frio abrindo-se a mangueira inferior do radiador e a tampa do reservatório. E corrigindo o que foi dito, seria necessário também a abertura das 2 sangrias para que aconteça a troca da água dentro do bloco (pois a valvula termostática vai estar fechada e impedindo a comunicação com o radiador). Uma das sangrias fica na própria válvula termostática (é só procurar por uma tampa igual aquelas de ventil), a outra fica na mangueira que circula pra o ar quente (a sangria fica próximo de onde a mangueira entra para o interior do veículo). Para troca de água seria aconselhável deixar as sangrias abertas enquanto se coloca a água limpa, para que saia o ar de dentro dos dutos. Também é interessante acompanhar o próximo funcionamento do motor quando esquentar, pois no momento em que a válvula termostática abrir é que será feito um circuito completo do sistema (elimando todo o ar que tenha ficado no caminho... e talvez seja preciso nivelar o reservatório novamente). Não é a maneira mais fácil... certamente, mas seria a mais eficiente nesse caso
  12. Esse módulo de 1.0 bloqueia o funcionamento do motor se você mexer no cabo da bateria ou fazer "chupeta" com a chave do carro no contato. Leva em uma concessionária pra desbloquear que resolve. Na próxima vez que precise lidar com a bateria, retire antes a chave do contato que fica tranquilo pra mexer...
  13. CactuScav

    Estalo Apos Subir Vidro 307

    Verifique o aperto dos parafusos (torx T-30) dos suportes dos vidros e a lubrificação das roldanas dos cabos... deve ser apenas isso.
  14. CactuScav

    307 1.6 Baixando Muito óleo

    Por um acaso vocês não abastecem apenas com álcool?
  15. CactuScav

    Cheiro De Alcool Quando Desliga O Carro?

    A flauta (onde vão os bicos de injeção) fica entre o coletor da admissão e o cabeçote do motor. A conexão é apenas de encaixe com presilha, não sendo necessário desparafusar nada Veja se o problema não é nesse encaixe...
  16. CactuScav

    Cheiro De Alcool Quando Desliga O Carro?

    Bem... agora que você deu mais detalhes, a situação começa a fazer mais sentido. Nesse caso de limpeza de bicos, é bem provável que a mangueira de alimentação da flauta tenha ficado mal encaixada (ou até tenha quebrado a presilha... sendo mais pessimista). Por estar próximo à entrada de ar, faz todo o sentido que se sinta o cheiro de combustível até mesmo de dentro do carro. Tenta dar uma empurrada na conexão para ver se não está solta apenas (por certo deve dar um "click" quando a presilha encaixa). Segue foto com localização da conexão
  17. Só para me intrometer... essas mangueiras fazem parte do sistema do freio de mão (é por onde passam os cabos). Mas vai uma para cada roda. Sobre esse barulho, realmente confere... os cabos ficam batendo contra os ganchos e fazem um barulho que se escuta dentro do carro (até parece coisa grave). Mas amarre os cabos nos ganchos (até dá pra lubrificar ao redor) que esses barulhos terminam. Mas ponto pra ti... afinal pra notar que um barulho para de fazer na chuva... é coisa de se estar bem atento
  18. CactuScav

    Vazamento De óleo Pela Flange Do Filtro

    Para o filtro, seria bom uma chave de catraca, uma extensão longa e um cachimbo 27mm. No bujão do carter, pode-se usar aquelas chaves quadradas (esse deve ser 8mm se não me engano). Mas acho que no teu modelo, o bujão tem um sextavado na borda (nesse caso, uma chave 24mm solta ele também). Até é possível de se trocar o óleo sem retirar o protetor de carter, mas é bem provável que vá escorrer um pouco de óleo nele e fazer lambuzo (que vai ser chato de limpar depois). Eu sugiro que seja retirado... até poque é bem fácil e ainda da para dar uma boa olhada por baixo do carro pra ver se está tudo em ordem.
  19. CactuScav

    Cheiro De Alcool Quando Desliga O Carro?

    Supondo que não tenha sido mexido em nada referente às tubulações de combustível (troca de filtro, boia/bomba ou limpeza de bico), o mais provável é que exista algum vazamento próximo ao filtro de combustível, pois é a parte mais exposta à danos em toda a tubulação. Isso varia muito ao terreno onde se anda com o carro... lógico. Mesmo que não existam "poças" de combustível no chão, seria interessante dar uma verificada nas proximidades do filtro (se apresenta umidade nele, nas conexões e veja também se o mesmo está encaixado no seu lugar de origem). Ele fica na parte de baixo do tanque de combustível, bem próximo à roda traseira direita.
  20. CactuScav

    Vazamento De óleo Pela Flange Do Filtro

    1- Troque a junta de borracha que resolve... Não há necessidade de cola. 2- Não é lá muito comum de acontecer esse tipo de vazamento, mas acontece (penso que somente em motorização 1.4). 3- Esse catalizador é preso com 4 porcas (chave 13mm) no coletor do escape, 1 parafuso (chave 16mm) em comum com a caixa de marchas e 2 parafusos/porcas (10mm, 13mm ou ambos) no flange do escapamento. Eu sugiro que seja retirado o catalizador para dar mais espaço (eu também pensei que pudesse retirar apenas o suporte do filtro, mas só perdi tempo... talvez seja possível, mas não deu certo comigo). E, conforme o colega disse, eu também digo o mesmo... cuidado com o torque desses parafusos do suporte do filtro. Se lhe serve outra máxima de mecânico, diz que: "Não sabendo o torque, se baseie pelo tamanho do parafuso".
  21. CactuScav

    Troca Do Filtro De Ar

    Se for desconectado o tubo, modificada a entrada de ar e se não tiver outro encaixe... sim, vai ficar solto. Em um médio prazo, irá sujar de óleo nas proximidades do tubo (caso ele fique aberto) e também vai haver acúmulo de sujeira com o passar do tempo
  22. CactuScav

    Troca Do Filtro De Ar

    Entendo que tenha apenas a função de eliminar ruídos durante a admissão de ar Na parte o suporte do filtro, existem 2 encaixes de plástico que devem ser afastados para os lados (com o auxílio de uma chave de fenda é melhor) enquanto se puxa a parte do tubo para fora Acho ainda que são 6 deles, mas esqueça... retira a caixa inteira para fora e só então solte esses parafusos (se for necessário trocar o filtro por outro de mesmo formato) Dê uma empurrada de leve para frente nessa conexão e, ao mesmo tempo pressione esse encaixe amarelo para baixo. Quando desencaixar é só puxar para fora Após a braçadeira, ainda seria necessário retirar um parafuso (que aparece bem à esquerda no quadro verde) com uma chave 10mm. Supondo que já tenha sido retirado a conexão grande (em verde) e a pequena (em rosa), então é necessário apenas puxar para o lado da direita (sem muita força... apenas jogando um pouco para os lados já basta) Sinceramente, eu deixaria tudo como está... mas se existe a pretensão de retirar o filtro, trocar ou modificar vai da sua escolha. Para desmontar é fácil, mas qualquer duvida pergunte... e boa sorte na troca
  23. CactuScav

    Troca De Coxim

    - Calço superior lado esquerdo (o 16): Localizado logo abaixo do suporte da bateria, é fixado na caixa de marchas
  24. CactuScav

    De Onde é Esta Presilha?

    Realmente... essa peça faz parte do comando do ar, o "creme" faz parte da lubrificação da peça e já vem de fábrica com aquilo. Se caiu no lado direito, talvez tenha sido do controle de direção do ar (alteração entre frente-pés-painel). Verifica qual deles que é, pois certamente algum dos comandos não estará respondendo Dependendo de qual for, é possivel colocar novamente sem muita dificuldade.
  25. CactuScav

    Sensor Velocidade 206

    Nesse seu caso até que não influencia, mas junto da descrição do modelo do carro seria interessante acrescentar principalmente a motorização dele (facilita bastante)... melhor ainda se for possível preencher ao lado junto do teu nome (facilita também) Mas... sobre o sensor: Ele fica "escondido" próximo à saída do semi-eixo direito... é o de número 6 No desenho da caixa (que está de costas) o número 5 fica para o lado esquerdo, próximo à roda dianteira esquerda. Apenas um parafuso fixa o sensor (no momento não lembro se é allen 5mm ou 6mm), depois é só puxar ele para cima que sai (com algum óleo de caixa também... mas acredito que seja pouca coisa). Com ele fora do lugar é possível manter ele conectado e, com o painel ligado, girar o eixo dele (rápido o suficiente para mover o ponteiro da velocidade) e verificar se está ou não funcionando. Vale lembrar também que, se for preciso comprar um sensor novo, é importante ver o tipo certo de engrenagem do pinhão e/ou seu encaixe no eixo (pois alguns modelos diferenciam entre si)
×