Jump to content

celoleko

Membro
  • Content Count

    31
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1

celoleko last won the day on December 22 2019

celoleko had the most liked content!

Community Reputation

9 Ok

About celoleko

  • Rank
    Marcha Lenta

Contact Methods

  • Website URL
    http://
  • ICQ
    0

Profile Information

  • Sexo
    Masculino

Previous Fields

  • Veículo
    407
  • Versão
    Feline
  • Fabricação
    2005/2006
  • Motorização
    2.0 16V Tiptronic
  • Estado
    PR
  • País
    Brasil
  • Cidade
    Curitiba
  1. celoleko

    407 Sw - V6 X 2.0

    O cambio do 407 é o AL4 tradicional, não existe AL4 francês e AL4 argentino...td a mesma porcaria.... no meu já foi trocado 2x aos 90 mil...
  2. celoleko

    Relatos Sobre O Meu Peugeot 407

    Veículo: Peugeot 407 Sedan Versão: 2.0 16v Automático Tiptronic Ano: 2005/2006 Pontos Relevantes: Comprado a 2 meses, com 90 mil km. Motor e cambio novos, trocado na garantia da loja. Positivos: Luxo, conforto, segurança Negativos: Consumo (6km/l cidade, andando com pé leve), fragilidade do cambio, frente muito baixa. Olá amigo, quantos km/l faz o seu v6? Pq o meu 2.0 ta achando que é um v6 pra beber tanto..kk
  3. celoleko

    Peças Corriqueiras 407

    Comprei a 2 meses um 407 Sedan 2.0 aut. Tiptronic, a principio parecia um carro perfeito sem muita coisa para fazer, pois com 90 mil km, achei q o único incomodo seria "apenas" o cambio AL4, porém tive mais azar que isso. No segundo dia que estava com o carro, percebi que andando com motor bem quente, faltava pressão de óleo e o cambio não engatava a 1. marcha, ok, liguei pra loja e o dono autorizou ir pra oficina ver o problema. A principio era um retentor do voltante que vazara óleo e fazia com que perdesse pressão de óleo. R$ 1.200 reais para troca com MO. O problema não foi solucionado, levei na LE PLUS - Oficina especializada em carros franceses daqui de Curitiba. Depois de 4 dias, acharam o defeito, era preciso APENAS fazer o motor completo. Pois o problema estava na bomba de óleo que estava sem pressão, fazendo com que outras partes móveis do motor se desgastasse além do normal e faltava pressão no resto do sistema. Orçamento: R$ 7.000 com peças, retífica e mão de obra. O dono da loja ficou bem louco, não quis mandar fazer lá o motor, pois achou um absurdo fazer motor completo, sendo que era necessário apenas fazer a parte debaixo do motor. Ok, retiramos o carro de lá e levamos numa oficina menor, onde foi feito todo o serviço de desmontagem , retifica e ajustes. Depois de 15 dias o carro estava pronto. Até então tudo bem, o motor não apresentava mais a falta de pressão. Porém o cambio continuava a dar trancos quando quente. Levamos numa oficina especializada em câmbios, e foi feito um recall no cambio NOVO, sim, o cambio era novo, já havia sido trocado pelo antigo dono!!! Nesse recall foi trocado fluido, solenoides e tampa traseira R$ 1.700 com MO. Prejuízo para o dono da loja: em torno de 5 mil reais, e para mim que ficou sem carro por 1 mês quase, sem falar na correria danada para apurar os mecanicos, pq eu tinha pressa do carro... Uma má impressão que tenho dos PUG, já tive um 206 e agora decidi pegar esse 407 pelo baixo valor e alto luxo e desempenho. Porém me pergunto se fiz a coisa certa de ter trocado um carro tão bom que era o 206, apesar de alguns probleminhas, o carro estava excelente. Esse 407, parece ser frágil de mecanica, os mecanicos não gostam de mexer, os mecanicos da LE PLUS também ficaram dias para tentar descobrir o problema. Preço pago pelo 407 2.0 16v Automático Tiptronic com 90mil km: R$ 25.500 (quase 5 mil a menos da tabela FIPE) Prejuízo para o dono da loja, sem contar o lucro dele(hehe): Mais ou menos 5 mil reais Prejuízo para mim: em torno de 2 mil reais (entre gasolina, tempo perdido, peças trocadas fora da garantia da loja) Veredicto: ATÉ que valeu a pena ter esquentado a cabeça no início, pois estou com motor e cambio novos. (até dar pau novamente...kk) Resumindo: Saudade da simplicidade, economia e confiabilidade do meu 206....Porém o 407 é uma nave, e é para quem gosta de luxo, e de ser tratado de Doutor...Lembrando que em 2005 um 407 como esse custava em torno de 110 mil reais...(Pesquisei na revista Quatro rodas dessa época) Ps. Acho mais bonito o antigo 407, do que o novo 408...hehe
  4. Provavelmente tenha que trocar o radiador, de início também pensei que fosse as juntas do duto, mas depois que vc retira o radiador, vc percebe q o vazamento vem dos tubinhos de aluminio, ou da junção do plastico com o metal. Nem me fale...agora comprei um Peugeot 407 2005....tenho saudades do meu 206 que quase nunca me dava trabalho...kkk Não compre peça usada, ainda mais um radiador, ainda mais por esse preço... comprei da marca original DENSO por 200 reais + frete, acredito que valha mais a pena...pois querendo ou não, o radiador original durou quase 10 anos no carro... Valeu amigo! Fico feliz em ajudar tantas pessoas a resolver esse problema tão "simples" porém trabalhoso e chato devido a posição! Tenho dor nas costas até hoje depois desse dia...kkk
  5. Nessa hora eu fiquei muuuuuito puto, resolvi quebrar essas travas para acabar com o sofrimento de uma vez, talvez eu devesse ter um pouco mais de paciência nessa etapa...hahaha
  6. CARAMBA!! Não acredito que um "mecânico", possa ter pensado em colocar parafuso gigante para fechar os dutos do ar quente!!!! A gente pensa q já viu de tudo na vida, se surpreende!! O mais correto para a emendar(isolar) os 2 dutos, é usar um cano de metal (cobre, aço) pois resiste à pressão e a alta temperatura. Ainda bem que não te custou um motor fundido!!
  7. Eu acredito sim, há um jeito de substituir o radiador de ar sem precisar "perder" o aditivo novo. O melhor a se fazer, acredito eu, é arranjar um galão de uns 10litros e tentar drenar. Ou vc pode tirar o radiador de ar quente com o sistema cheio e manter as mangueiras do duto de ar quente sempre numa posição alta, sempre vai perder um pouco de aditivo. Se der pra salvar 80% da água já é lucro...
  8. Como é no 307? Muda muita coisa do 206 para o 307? É mais facil ou mais complicado? Abraços
  9. Fala Nick, q bom q gostou do tuto, demorei meses para faze-lo, e ainda nao está 100%... Quanto ao reparo, eu levei o radiador(corroido) a uma empresa especializada de reparo de radiadores industriais e automotivos, o dono da oficina abriu o radiador na minha frente e mostrou que havia vários pontos corroidos nos tubos de alumínio. Apesar dele fazer o conserto, ele aconselhou a comprar um novo, pois um reparo desses tem garantia de 30 dias apenas, e pode vir a dar problema nos meses seguintes. Eu preferi não arriscar e troquei o custo da mão de obra, por um radiador novo, original e garantia de 6 meses. Paguei 180 reais na peça, na mão de obra e gastaria em torno disso tbm. Então fica o meu conselho... melhor fazer um serviço desses a cada 8 anos (foi o tempo q durou o radiador de ar quente), do que refazer a desmontagem e montagem do sistema a cada reparo do radiador, arriscar de vazar água fervente no pé e secar o sistema de arrefecimento e fundir o motor. (deus q me livre isso acontecer!)
  10. celoleko

    Consumo Dos Pugs - Qual O Seu?

    Modelo: 206 Soleil 1.0 16V Ano: 2003 Km: 85.000 Combustivel: Gasolina Cidade: Média de 11km/l Estrada: Média de 15km/l
  11. Olá amigos do Fórum! Até que enfim consegui fazer o tutorial de como trocar o radiador de ar quente. Depois de ter o pé queimado por água quente, até que a Peugeot poderia facilitar as nossas vidas e deixar fácil a desmontagem e montagem dos equipamentos corroídos por usar água da torneira. Mas não, foi um castigo por não usar 50% fluído + água desmineralizada. O cloro presente (não sou químico) acaba se tornando um corrosivo para o alumínio, que ataca radiadores, bomba d'água, bloco, e outros componentes metálicos. Por isso a recomendação de usar água desmineralizada e fluido (na proporção certa 50-50). Os benefícios de utilizar fluido são muitos, além de lubrificar partes móveis como a bomba d'água, ele protege contra a corrosão e age como anti-congelante e anti-fervura por ter um ponto de congelamento baixo e ebulição alto. Enfim, vamos ao trabalho, depois desse tutorial você vai voltar e ler novamente dos benefícios de usar os líquidos certos no seu carro! Chega de blá blá bla... Muitos dizem que é necessário desmontar o painel por completo, outros dizem que precisa retirar parte dele, eu sou a pessoa que defende a idéia de que NÃO PRECISA DESMONTAR PAINEL. Isso poupará tempo e dinheiro, pois certamente ninguém lê um tutorial, manda direto pra oficina. Durante os passos você vai ver que não é tão simples, apesar de ser uma peça tão pequena. Ela pode causar muita raiva e vontade de esganar os engenheiros/arquitetos do 206. Você vai xingar eles durante a desmontagem e montagem, muito, e em francês! Ferramentas necessárias: Chave Torx 10 (10 a 15 reais o jogo com 5 chaves) Chave Phillips Alicate de pressão ajustável (10 a 20 reais) Chave Fenda (pau pra toda obra) Chave soquete ou canhão 8, 10 e 12mm (paguei 30 reais um jogo de soquetes completissimo com 50 peças) Desmontando: Abra o capô. Atrás da caixa de ar(fotos do modelo 1.0 16v), ficam as mangueiras de entrada e saída de água quente. Elas são presas diretamente ao duto que é por sua vez, acoplado no radiador dentro do painel. (Nos outros modelos, o local é o mesmo, fica na parede corta-fogo, lado do motorista, perto do reservatório de fluído de freio.) Eu aconselho retirar a tampa da caixa de filtro de ar do motor, assim vc ganha 2 centímetros de espaço. Use um alicate de pressão ajustável para retirar as abraçadeiras que são como se fossem uma mola. Retire as mangueiras com a mão mesmo. (movimentos circulares, para "desgrudar a borracha") Tem um parafuso entre os 2 dutos que vão pra dentro do carro, retire-o (se eu não me engano é Torx 10) Retire a placa de metal e a borracha de vedação. Vá pra dentro do carro. 1- Retire a tampa da caixa de fusíveis interno do carro. Desprenda um painel branco onde tem alguns plugues grandes, puxe os fios (delicadamente), e tudo que conseguir pra fora do painel. 2-Tire o parafuso que segura o radiador na caixa de ar, só 1 parafuso! Fácil... 3-Com uma chave soquete e uma chave pequena e fina, tire o parafuso que segura o duto no radiador. 4- Tire o parafuso que segura o duto na caixa de ar. 5- Puxe o radiador com um pouco de força para ele se desprender da caixa, não se preocupe com aquelas garrinhas que parecem estar segurando o radiador, elas não seguram é nada! Tire uns 3 cm pra fora, só para vc ter um "jogo" pra poder desacoplar o duto que como não bastasse o parafuso, tem 4 garras, essas sim seguram! Tenha jeito para desencaixar, eu acabei quebrando(por pura raiva) 3 dos 4 suportes que entram as garras. 6- Se vc conseguiu tirar o duto quem quebrar nada, parabéns!! Se vc tricar o duto, pode ir comprar outro, não tem como adaptar nada nesse ponto. 7- Tire o duto, puxe por baixo e vai mexendo até ir saindo, ele está solto, só que ele enrosca em tudo por baixo. 8- Agora é a hora da força. Puxe o radiador até ele travar no painel. No ponto onde o radiador enrosca, pegue com os 3 dedos da Mao direita e puxe pro seu lado, com a mão esquerda vc vai puxando o radiador com movimentos circulares. Ele enrosca bastante devido as suas aletas. Isolando o sistema: Com um cano de cobre de 1/2 polegada por 5cm de comprimento, junte as duas mangueiras do ar quente. Use as abraçadeiras originais. Verifique se não haverá vazamento após 15 minutos de funcionamento do motor. Então vá atrás de um radiador novo! Montando: Praticamente é o inverso da desmontagem. Coloque o duto rígido por baixo do painel, coloque o radiador com o mesmo cuidado pra não quebrar o painel, e tome mais cuidado ainda para não danificar o radiador, já q é novo e merece respeito. Se achar que os anéis de vedação estão ruins, ressecados ou sem elasticidade. É facilmente encontrado em auto peças, custam no máximo 1 real cada. Porém são bem difíceis de instalar, já que normalmente são mais apertados de entrar. Eu não consegui acoplar o duto com os anéis novos, usei os velhos mesmo. Estou com medo que dê vazamento um dia. Enfim, se puder usar anéis de vedação novos, é melhor, porém vc vai sofrer pra acoplar o duto. Com o duto certinho no radiador, coloque o parafuso de segurança que prende o duto no radiador. Vá pra fora do carro e acople as mangueiras, isso mesmo! Não fixe nada ainda, vamos verificar se não há vazamentos! Muitos pagam caro nessa hora, não testam, colocam o fluido e quando percebe algum vazamento, o jeito é drenar o sistema e jogar a mistura fora. Encha tudo com água, encha até a boca do reservatório, e com uma garrafa grande ou uma mangueira, ligue o carro. Normalmente logo quando liga a água baixa e vai ocupando as mangueiras e dutos. Deixe o carro funcionando, com um olho na junta do duto e radiador, e outro olho do reservatório, nunca deixe o reservatório esvaziar por completo!!! Já q é teste, deixe o reservatório sempre cheio...sem tampa claro. Ligue o ventilador e o termostato na posição máximo quente. Abra a válvula de sangria do ar, deixe aberto até perceber vazar água por ali...então feche... Depois de uns 70 graus, a válvula termostática já deverá se abrir e engolir mais água pro motor, complete o reservatório e feche. Se até ai não deu vazamento, ótimo...parece estar dando certo... Espere até a ventoinha ligar, esse é o ponto crítico, onde há acumulo de pressão e se estiver tudo certo, não vai vazar nada...se quiser deixar mais uns 5 min. pra ter certeza que a pressão está a pleno e o tapete do carro vai se manter seco, tudo bem... Se estiver tudo certo, desligue o carro, espere esfriar e drene todo o sistema de arrefecimento. Tire as mangueiras de ar quente, e vá pra dentro do carro... Verifique que o radiador está bem encaixado na caixa de ar. De um aperto final no parafuso que prende o duto no radiador, verifique se todas as garras estão travadas. Coloque o parafuso que prende o duto na caixa de ar. Vá pra fora do carro: Coloque a borracha de vedação do duto de entrada/saída e a placa de metal. Aparafuse.. Recoloque as mangueiras de ar quente Recoloque a mangueira principal do radiador do motor. (caso tenha tirado) Verifique todas as abraçadeiras Faça a mistura de fluido e água desmineralizada, meio a meio. Encha o sistema, em torno de 5 a 6 litro no total. Faça o mesmo esquema, encha até o nível máximo e ligue o carro, monitore tudo, temperatura no painel, vazamento no duto e nível do reservatório. Vá adicionando água somente quando necessário, respeite sempre o nível máximo, deixando um espaço para a água se expandir quando quente. Esse é o meu primeiro tutorial, espero que tenha servido de referência para evitar oficinas mecânicas que gostam de retirar notinhas de 10, 20 e 50 reais do nosso bolso. Abraço a todos e boa sorte! Versão 1.1 (estarei arrumando erros de português, organizando parágrafos e adicionando fotos, deixando assim o tuto mais fácil de ler e entender)
  12. Aconteceu isso com o ponteiro de RPM, ele caiu e dava um erro de 1000rpm pra menos. Com o motor ligado ele ficava em 0 !! O que eu fiz... Desmontei o painei e meti o dedo la...o ponteiro ficava quase na posiçao 6hr quando no batente. Arranquei o ponteiro e recoloquei no lugar certo, agora ele está 100% !!! Tomara que o seu problema seja tão simples quanto o meu!
  13. celoleko

    Pug Não Liga, Motor Roda Mais Não Liga

    Se o bloqueador está reconhecendo a chave, no momento que vc coloca a chave, ele toca uma musiquinha ( tu tú TÚ). Outra forma de saber é quando vc gira a chave até a ultima posição, e quando volta ele fica tocando a musiquinha irritante por uns 5 segundos... Caso esteja tocando a musiquinha, e o motor gira e nao pega, faz o seguinte: >Verifique o sensor de rotação (muitas vezes nao é o sensor que está dando problema, é o chicote que é ligado nele que gera mal contato. Desligue o chicote, espirre um limpa contato e plugue novamente.) Um sensor de rotaçao custa uns 70 reais, e é 90% dos casos do carro nao pegar quando parado. Sugiro levar numa mecanica pra eles conferir se nao está sujo, pois o sensor de rotaçao nada mais é que uma micro bobina que capta a rotaçao do motor. Se estiver sujo ele bloqueia o sinal e "diz" pra central não ligar a bobina. Assim nao há faísca! Se nenhum desses passos derem certo, o jeito é rebocar mesmo... =(
  14. celoleko

    Chega De Xenon!

    Esses kits xenon são mto vagabundos mesmo, mas eu nao consigo parar de usar...ja tive problema com 2 reatores NOVOS, e estou tendo problema com lampada e reator novamente...
  15. Vc conseguiu regular a altura do facho certinho? Pois comprei um par de farois de foco duplo de marca generica, e nao o farol nao permite um facho mais baixo, caracteristica do farol generico. O foco duplo original tem esse problema adaptado em carro com foco simples? Abs
×