Jump to content

Search the Community

Showing results for tags '1.2'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Área Comum
    • X Encontro Nacional Clube Peugeot
    • Clube Peugeot
    • Apresente-se
    • Fotos & Vídeos
    • Off-Topic
  • Área Técnica
    • Quero comprar um Peugeot!
    • Eletrônica & Elétrica
    • Tutoriais (DIY) - Faça Você Mesmo
    • Mecânica & Preparação
  • Área de Classificados
    • Venda de Produtos Oficiais do Clube Peugeot
    • Anunciantes do Clube
    • Anúncios dos Membros do Clube Peugeot

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


AIM


MSN


Website URL


ICQ


Yahoo


Jabber


Skype


País


Cidade


Garagem

Found 2 results

  1. caio.curvelo

    Detalhes Do Motor 1.2 Puretech (eb2-ff)

    Olá! Segue vídeo postado no canal do YouTube "O Mecânico" com detalhes do motor e alguns procedimentos de manutenção do Puretech 1.2 da PSA. Muito interessante! Alguns detalhes que anotei: - Motor é importado da França - Injeção Valeo V46 - Alternador é do tipo pilotado e interligado à rede LIN (acopla ou desacopla o alternador de acordo com o estado de aceleração ou desaceleração do carro) - Calculador no negativo da bateria (caixa de estado da carga de bateria) faz o controle, dentre outros, do alternador - Necessidade de cuidado com a especificação da bateria a ser substituída! - Motor conta com VVT na admissão e no escape - Conta com estratégia de elevação da rotação ao pisar na embreagem (800 RPM para 1200 RPM) para facilitar o arranque do carro - Velas originais de iridium - Condições de ativação do sistema de partida a frio (aquecimento nos bicos): - Teor de etanol > 85% - Temperatura do motor < 18 graus - Tensão na bateria > 9,4 V - Start do sistema de partida a frio se dá já na abertura da porta (partial wake up) - Reconhecimento de combustível inicia quando: - Variação de no mínimo 15% no nível do tanque (após abastecimento) - Liga o carro com o tanque na reserva - Após 3 tentativas de partida mal sucedidas a ECU muda o mapa para E100 para possibilitar a partida e o reconhecimento é iniciado para "ajuste fino"- Os sensores e atuadores da injeção eletrônica são "comuns", nada de segredos Características construtivas: - 3 cilindros/1.2 litros/4 válvulas por cilindro - 84 cv a 5.750 RPM - Taxa de compressão de 12,5:1 - Componentes com baixo coeficiente de atrito (válvulas, anéis, tuchos, comandos, etc.) - Comando de válvulas tubular (oco), reduz o peso - Motor todo em alumínio, pesando apenas 61,5 kg - Correia dentada com revestimento em teflon, do tipo "úmida" e em contato com os gases do motor (não ficou claro se ela é imersa também no óleo) - Tampa de válvulas "fecha" a correia, então a mesma fica "dentro" do motor. A substituição aparenta ser bem chata, com intervalo de troca de 80 mil km. - Bomba d'água tocada por correia elástica, deve ser substituída sempre que retirada - Demais periféricos (alternador e compressor) tocados por poly-v comum - Polia dos periféricos possui uma massa para compensação do equilíbrio do virabrequim (motor tricilíndrico e tal) - Suporte do motor é integrado ao bloco - Dupla válvula termostática (!!), uma para o bloco e outra para o cabeçote (pode ser que devam trabalhar em temperaturas diferentes?) - Coletor de escapamento integrado ao cabeçote, com dutos de líquido de arrefecimento passando pelo coletor (motor esquenta mais rápido) - Tuchos mecânicos (não-hidráulicos), porém não existe periodicidade (preconizada) para regulagem de válvulas - Camisas dos pistões úmidas e não destacáveis - Filtro de óleo comum (não é do tipo refil) - Bomba de óleo de vazão variável (não ficou claro qual a estratégia de funcionamento)
  2. encardim

    Revisões Do 208

    Prezados, resolvi criar este tópico para juntar as informações a respeito das revisões do 208. Hoje internei o meu 208 1.5 Allure 13/14 na Le Mans de Campinas, para fazer a revisão dos 40.000KM. O carro está com 37.200km. Para minha decepção, notei que o pós-venda da PSA continua mesma coisa, mesmo com a unificação das concessionárias. Houve dúvida nos itens que deveriam ser substituídos no pacote de revisão. A CCS Citröen me sugeriu uma revisão básica por R$ 675,00 (mesmo valor constante do site da Peugeot - troca de óleo, filtros de óleo, cabine, ar e checagens no geral), embora tenham incluído nela a troca das velas de ignição, que não constam no site como item de troca obrigatória aos 40.000KM. Como considero necessária a substituição das velas nessa quilometragem, não reclamei da oferta da Concessionária. Pelo contrário, achei a proposta bem interessante. Estranhamente, os Peugeot 208 1.5 e 1.6 são os únicos da marca com troca do item na revisão dos 50k, de acordo com o site da montadora. O problema surgiu quando questionei a respeito da revisão recomendada pela Peugeot. Segundo o site da marca, por de 6 x R$ 186,00, consigo fazer os itens básicos de revisão, além da troca do fluido de freio, alinhamento e balanceamento, substituição das palhetas, lubrificação e oxi-sanitização (Os itens em negrito são os que eu queria obrigatoriamente fazer, por não considera-los empurroterapia nessa revisão. Nunca troquei as palhetas e o último alinhamento foi feito há 6 meses. O fluído de freio é o original, ainda). O gerente da concessionária disse que desconhecia o pacote. A revisão recomendada pela Concessionária oferece alguns itens que considero inúteis, como a lubrificação de fechaduras e dobradiças, limpeza de bicos injetores via tanque (ou seja, metem o Bardahl), etc. Ou seja, desconsideraram a substituição das palhetas e do fluído de freios, no mínimo. Abrimos o site da Peugeot e, "generosamente", depois de algum debate, aceitaram fazer a revisão básica (a de R$ 675,00), a troca do fluído de freios e a substituição das palhetas por 6 x 186,00 (R$ 1.116,00). Negócio da China, não?? Logicamente, refutei a proposta. Aceitei a revisão básica (com a troca das velas) e acertei a troca de fluído do freio e alinhamento fora do pacote, totalizando R$ 948,00. Pego hoje a tarde o PUG. Vamos ver como será o serviço. Para a Peugeot, fica a dica: Que tal incluir serviços necessários de manutenção preventiva nas revisões recomendadas (Troca de correias, especialmente!)? Que tal fiscalizar se os pacotes oferecidos pelas concessionárias são iguais aos que constam no site da montadora? Lamentável.
×