Jump to content

Search the Community

Showing results for tags 'Citroen'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Área Comum
    • Clube Peugeot
    • Apresente-se
    • Fotos & Vídeos
    • Off-Topic
  • Área Técnica
    • Quero comprar um Peugeot!
    • Eletrônica & Elétrica
    • Tutoriais (DIY) - Faça Você Mesmo
    • Mecânica & Preparação
  • Área de Classificados
    • Venda de Produtos Oficiais do Clube Peugeot
    • Anunciantes do Clube
    • Anúncios dos Membros do Clube Peugeot

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


AIM


MSN


Website URL


ICQ


Yahoo


Jabber


Skype


País


Cidade


Garagem

Found 13 results

  1. Vendo um kit Paddle Shift e interface para PSA com câmbio automatico 6 marchas Aisin. O Paddle é seminovo e a interface é nova e sem uso, comprei esse kit pra instalar no meu 308 THP e nem cheguei a instalar, pois apareceu uma oportunidade e o vendi. Tenho também os paflons (luminárias) originais PSA para fazer a instalação dos "foot lights", que é a iluminação dos pés quando se acende as luzes internas do veículo. A interface do produzida pelo Alphonsus e, como dito antes, está sem uso. Compatibilidade: Carros de câmbio automático da linha Peugeot e Citroen (mesmos motores e câmbios) como 208, 308, 408, 3008 e RCZ. Modelos com câmbio AL4 (307, por exemplo) não precisam da interface. Instalação (descrição feita pelo Alphonsus, fabricante da interface): Caso tenha conhecimentos básicos em eletrônica (saber utilizar um multimetro), é possível instalar você mesmo. Tenho o PDF que contém algumas instruções de como proceder para instalar e ajustar a interface ao seu veículo. Caso não se sinta confortavel, você pode procurar um auto eletrico, loja de som ou até mesmo concessionária e explicar/mostrar o tutorial com o procedimento de instalação. Link do anúncio no ML: https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1146456639-kit-paddle-shift-e-interface-308-408-c4-etc-_JM
  2. achou agulha no palheiro, comprar a chave de seta toda complica, mas vou ficar d eolho, qdo pintar uma isolada eu fisgo!abracos ( e vai atualizando a gte aeeee)
  3. PSA Peugeot Citroën sai do vermelho e conclui reestruturação financeira Grupo supera expectativas e alcança saúde econômica antes do previsto REDAÇÃO AB Carlos Tavares, presidente global da PSA, durante a apresentação do balanço financeiro No fechamento de seu balanço financeiro para 2015 a PSA Peugeot Citroën registra lucro líquido de € 1,2 bilhão, revertendo o prejuízo de € 550 milhões no ano anterior. Na mesma base de comparação, o faturamento do grupo passou de € 53,3 bilhões para € 56,3 bilhões, sendo a divisão automotiva responsável por € 37,5 bilhões, alta de 4%, graças a política de aumento de preços líquidos, mix de produtos e o efeito de volume de venda maior, além do impacto favorável do câmbio. Em nota, o presidente mundial do Grupo PSA, Carlos Tavares, comemora os resultados e anuncia a conclusão antecipada do plano dereestruturação financeira da empresa instaurado em abril de 2014 (leia aqui). “Realizamos nosso plano em tempo recorde graças à mobilização de toda a empresa e de seus parceiros. Saúdo esta vitória coletiva que nos traz de volta à corrida e demonstra todo o potencial da PSA. Num contexto internacional instável, a agilidade e a excelência operacional são as chaves do sucesso. Saberemos nos apoiar nessas forças para executar o nosso próximo plano de crescimento rentável”, declarou durante a apresentação do balanço na quarta-feira, 24, em Paris, na França. Em seu relatório, a empresa informa que frente à antecipação dos resultados divulgará no próximo 5 de abril um novo plano estratégico de crescimento rentável e que com a conclusão da reconstrução econômica neste ano não haverá distribuição de dividendos relativos ao exercício de 2015. Já a partir do exercício de 2016, será apresentada uma política de dividendos alinhada com as práticas do setor. A empresa superou todos os seus objetivos. Para o fluxo de caixa operacional, que o grupo previa alcançar € 2 bilhões entre 2015 e 2017, registrou € 3,8 bilhões em 2015, excluindo as despesas da reestruturação e outros itens extraordinários. A PSA também tinha o objetivo de atingir margem operacional de 2% na divisão automotiva até 2018 e de 5% no médio prazo, entre 2019 a 2023, mas obteve os 5% já em 2015. O lucro operacional do Banco PSA chegou a € 514 milhões, € 177 milhões acima do resultado do ano anterior. Segundo a empresa, a parceria estratégica com o Santander proporcionou ao grupo condições competitivas de refinanciamento. Por sua vez, a Faurecia, divisão de autopeças, elevou seu lucro para € 830 milhões, € 235 milhões a mais na comparação com 2014. No fim de dezembro de 2015, o nível total dos estoques era de 350 mil veículos (incluindo a rede de distribuição), apresentando um aumento de 11 mil veículos na comparação com dezembro de 2014. No ano passado, as vendas globais da PSA Peugeot Citroën fecharam com crescimento de 1,2% (leia aqui). FONTE: http://www.automotivebusiness.com.br/noticia/23492/psa-peugeot-citroen-sai-do-vermelho-e-conclui-reestruturacao-financeira
  4. Varnier Rei

    Manual Técnico Do Es9a E Es9j4s - V6

    Alguém tem ou sabe indicar onde tem o manual técnico dos motores V6 da PSA? Tenho um amigo mecânico que está com um C5 pra montar os cabeçotes (chegou pra ele tudo desmontado já) e ele me pediu se eu conseguia a esquemática pra ele poder fazer a coisa certa, eheheh.
  5. Ribeiro-Stile

    Pensando Em Trocar C3 12/12 Por Um 307 Pp 08+

    Boas. Atualmente possuo um Citroen C3 1.4 Exclusive, Manual, Branco, Teto Solar (Webasto instalado, mesmo do Solaris), Bancos em Couro perfurado, todos mimos que Pug e Citroen carregam (sensor crepuscular, de chuva, ar digital, etc), e apenas 25mil KM rodados. Sempre fui apaixonado pelo 307 e por isso resolvi dar uma olhada nos preços dos 307 1.6 Presence Pack (faço questão do Teto solar) em torno de 2008 ~ 2011 e se eu vender o carro para a pessoa certa eu consigo subir de nível sem adicionar $$ em cima. A questão é: Está dificil achar um carro pouco rodado (-40mil KM) e quando eu acho eles estão pedindo acima da tabela. Vale a pena descer de ano e talvez subir um pouquinho a KM e arriscar em um carro que não sabemos como foi cuidado? Uma vez que o meu carro é tratado como um filho. Cheguei a ver uns automáticos, e sedans. Por serem câmbio AL4 eu já fico meio receoso, mas, tenho um mecânico de confiança que poderia fazer a manutenção. De qualquer forma, o maior medo aqui é por ser Sedan, e este é mais desvalorizado. Enfim, amigos, gostaria de saber a opinião de vcs. Valeu! Abraço
  6. A baixa nas vendas de carros na América Latina, onde o Brasil tem o maior mercado, pode levar a região a perder oportunidades de investimento ou ter produtos menos modernos, disse o presidente-executivo da PSA Peugeot Citroën, Carlos Tavares, na última quinta-feira (2), no Salão de Paris. O português, que assumiu o comando mundial do grupo neste ano, ainda em meio a uma grave crise, reforçou a necessidade de compromisso com a rentabilidade. “Não há uma data específica (para novos investimentos). Há um fluxo de projetos, carros novos, tecnologias novas, oportunidades novas”, explicou. Tavares disse que já foi aprovada uma estratégia para o mercado latinoamericano, que não será comunicada para não municiar os concorrentes, mas que vale a regra de que, ao surgir uma nova oportunidade, deve ser comprovado o potencial de rentabilidade do produto ou da tecnologia nessa região. "Se demonstrar, muito bem, faz. Se não, essa oportunidade passa e se fica à espera da seguinte", resumiu. "A questão da América Latina é: qual é a rapidez com que a situação (de crise) vai durar, para que não se percam muitas dessas oportunidades." Tavares apontou que o Brasil “não é um mercado emergente” no que diz respeito à exigência de novas tecnologias nos carros, mas poderá sofrer com a volatilidade do mercado. “Temos que ter a compreensão de que os produtos introduzidos (no país) devem ter nível de tecnologia idêntico ao mercado chinês, ao mercado europeu. O que torna as coisas mais complicadas é que é preciso que haja uma estabilidade do mercado, uma situação monetária que nos dê uma justificativa de que essa decisão faça sentido”, disse o CEO. “E aí é que está o risco da América Latina: se essas condições não forem respeitadas, obviamente os produtos que vão ser fabricados na região vão perder um pouco seu avanço, porque ninguém vai encontrar condições de investir nas novas tecnologias.” Ajustes na produção Tavares falou ainda sobre a possibilidade de ajustes na produção na América Latina, mas não anunciou nenhuma nova medida. “Obviamente, se vendemos menos, vai ter que haver um ajuste das nossas estruturas, o que é lógico para que a empresa possa sobreviver e também para proteger a grande maioria de nossos empregados”, afirmou, citando o tempo de abertura das fábricas e a quantidade de automóveis produzidos. “Se há mais automóveis do que clientes, esses carros serão vendidos por preços não aceitáveis do ponto de vista da rentabilidade ou ficam tempo demais à espera dos clientes, o que também não é bom para a qualidade dos automóveis.” Desde o início do ano, a fábrica da PSA em Porto Real (RJ) opera com um turno a menos. E um Plano de Demissão Voluntária (PDV) aberto neste ano teve a adesão de 650 trabalhadores, segundo o presidente do grupo na América Latina, Carlos Gomes, que diz não haver plano de retomada do terceiro turno por ora. Tavares reforçou que a empresa pretende se manter na região. “Nós estamos na América Latina para ficar, é um compromisso muito grande da nossa empresa.” O CEO quer produzir mais peças no Brasil e na Argentina, onde a PSA também tem fábrica, para depender menos de importação e do câmbio. “Temos interesse em que haja mais produção local.” Índice de satisfação “Espero que os países da América Latina encontrem situações para que o índice de confiança de seus consumidores volte a subir, para gerar um pouco de investimento, que nos ajudará a fazer o nosso trabalho de casa: valorizar os produtos que temos, continuar a melhorá-los, mas também comunicar aos consumidores tudo que temos de bom e que às vezes eles ignoram porque a nossa comunicação não está num bom nível”, avaliou. O executivo diz que se referiu à comunicação para os clientes sobre a qualidade de produtos e dos serviços das marcas. “Isso nos permite diferenciar nossas marcas de outras mais recentes, que têm uma rede talvez menos bem construída, com qualidade de serviços menor em relação à nossa." Ao lado dele, Carlos Gomes disse que a má fama do pós-venda da Citroën e da Peugeot, iniciada, segundo ele, na época em que as marcas eram importadas, está ficando para trás. “Uma das coisas que mais dificultam a escolha do consumidor é o chamado 'Total Cost of Ownership' (TOC), que, no Brasil é medido pelo teste do Cesvi. Os veículos da PSA, há dois, três anos, estavam mal classificados. Hoje, nas duas marcas, ou somos os primeiros ou estamos no top 3. Essa apreciação (do consumidor) vai mudar." O TOC contempla gastos que o proprietário tem com manutenção do carro. Gomes disse que atualmente Citroën e Peugeot possuem cerca de 150 pontos no país, cada uma, “o que cobre perfeitamente o Brasil’. E lembrou que o trabalho de melhoria do pós-venda, iniciado há cerca de dois anos, ainda não está acabado. “Mas este ano a Citroen ficou no top 3 do ranking (da consultoria) JD Power em termos de satisfação no Brasil, o que é uma primeira notícia interessante desse trabalho que está sendo feito." Fonte: Autoesporte
  7. A PSA anunciou em apresentação e entrevista com Carlos Gomes, diretor da PSA América Latina, a intenção de produzir apenas compactos em uma única plataforma compacta modular para todos os carros, elevar de 58% para 80% o índice de componentes dos carros produzidos por fornecedores locais, focando no segmento B produzido localmente e complementando a gama dos segmentos C e Premium através de cotas de importação. O executivo revelou que o plano na região é até 2018 é diminuir o número de plataformas de carros fabricados no Brasil e na Argentina das atuais três para apenas uma. “Vamos focar no segmento que mais vende, de compactos, e complementar o resto da gama com importações”, disse. Aos fornecedores, ele destacou que a PSA quer cortar custos de produção na região em € 450 por carro, reduzir seus custos fixos em 14%, todo o powertrain dos veículos será localizado e o portfólio de produtos vendidos na América Latina deve cair de 29 para 17 modelos. Fonte: http://www.automotivebusiness.com.br/noticia/19596/psa-quer-comprar-mais-r-15-bi-no-mercosul Qual a opinião de vocês?
  8. Galera, achei esse video mto interessante, e vim aqui compartilhar com vcs... espero que gostem... [2]
  9. Estes são os manuais da linha Citroen C4 e DS3/4/5, primos-irmãos de muitos modelos da Peugeot. 1) Manual do C4 VTR http://fidelite.citroen.vc/Content/manual/c4vtr.pdf 2) Manual do C4 Hatch e C4 Pallas http://fidelite.citroen.vc/Content/manual/c4hatch.pdf 3) Manual do C4 Picasso e Grand C4 Picasso http://fidelite.citroen.vc/Content/manual/c4picasso.pdf 4) Manual do C4 Lounge http://fidelite.citroen.vc/Content/manual/c4lounge.pdf 5) Manual do DS3 http://fidelite.citroen.vc/Content/manual/ds3.pdf 6) Manual do DS4 http://fidelite.citroen.vc/Content/manual/ds4.pdf 7) Manual do DS5 http://fidelite.citroen.vc/Content/manual/ds5.pdf 8) Manual completo do motor EP6DT 1.6 THP 163 HP (em francês...) http://distributionthp.free.fr/ressources/presentation_ep6.pdf 9) Manual completo do motor EP6DTS 1.6 THP 200 HP (em francês...) http://www.peugeot-sport.com/ressource/document/396/4f437303089df.pdf
  10. Askjao

    Sugestões De Carro

    Pessoal Se lembram do tópico que criei sobre a Fiat Strada CD? Então, como disse, a patroa viu e achou que o carro não dá para carregar as tralhas dela, então me restou a opção da venda do meu carro e com isso pegar 2. E ai que vou precisar de vocês. Preciso de um carro na casa dos 30k, e pensei nas opções abaixo. O que acham? Nissan Sentra 2010 Peugeot 307 Citroen C4 Hatch Ford Focus Fiat Linea ou Weekend 1.6
  11. Axel Magalhaes

    Ajuda!!! Sonda Lambda Xsara Break

    Galera, me ajudem..... Levei o carro do meu pai pra fazer inspeção e reprovou..... levei num mecanico e ele disse que a sonda lambda esta travada. Tem como arrumar isso ou só trocando? e se tiver que trocar, é a mesma do peugeot? aonde encontro barato? a mais barata que achei foi R$150,00... Eh um Xsara Break 2001 2.0 16v.... Abraçoooo P.s. Não sei se aqui era o lugar certo pra criar o tópico, se não for, me desculpem....... realoquem pro lugar certo.... Valeeww!!!
  12. Guest

    Explosão De C4... Do Carro.

    Citroen C4 explode no centro de Cascavel / PR Motorista disse que parou atender o celular, quando houve a explosão... Um veículo C4 explodiu na noite desta quinta-feira 23/05/2013, na Rua Salgado Filho, próximo da Rua Recife, no Centro de Cascavel. O motorista e o passageiro ficaram feridos.O condutor do carro Gustavo Henrique, 19 anos, contou que estacionou para atender o celular, quando de repente houve a explosão. O veículo ficou completamente destruído. As portas laterais “desmontaram”; a tampa do porta-malas ficou retorcida em cima do veículo e os vidros quebraram. Não é possível saber o que causou a explosão, mas pode ser que o incidente tenha sido causado pelo gás do airbag. O motorista Gustavo sofreu queimaduras na face. O passageiro Lucas Jacques, 18 anos, sofreu ferimentos leves. Os dois foram atendidos pelos socorristas do Siate e encaminhados ao hospital. http://cgn.uol.com.b...xa-dois-feridos
  13. Fuiquei na duvida se seria em mundo automotivo ou no clube peugeot.... como tinha aqui sofre vendas da Peugeot... acabou indo aqui mesmo. -------------------------- Peugeot Citroën tem prejuízo de 5,01 bi de euros em 2012 O prejuízo de 2012 veio depois do lucro líquido de 588 milhões de euros em 2011 e foi mais de quatro vezes maior que o prejuízo recorde anterior da empresa Danielle Chaves, do Peugeot: a receita da montadora francesa caiu 5,2% em 2012, para 55,45 bilhões de euros Paris - A Peugeot Citroën teve o maior prejuízo líquido anual de sua história em 2012, provocado pelas baixas vendas na Europa. O resultado negativo somou 5,01 bilhões de euros (US$ 6,74 bilhões), em boa parte por causa da baixa contábil de 4,13 bilhões de euros anunciada em 7 de fevereiro. O prejuízo de 2012 veio depois do lucro líquido de 588 milhões de euros em 2011 e foi mais de quatro vezes maior que o prejuízo recorde anterior da empresa, de 1,16 bilhão de euros, registrado em 2009, durante a crise financeira global. Antes do anúncio da baixa contábil, analistas previam que a Peugeot teria prejuízo de 1,58 bilhão de euros no ano passado. A receita da montadora francesa caiu 5,2% em 2012, para 55,45 bilhões de euros. A divisão automotiva registrou prejuízo operacional de 1,5 bilhão de euros, em comparação aos 92 milhões de euros um ano antes. Apesar do resultado anual ruim, a empresa acredita que poderá se recuperar até o fim de 2014 em razão de um rígido plano de reestruturação e da limpeza de seu balanço patrimonial. "As bases para nossa recuperação estão prontas", afirmou o executivo-chefe da companhia, Philippe Varin, acrescentando que a reestruturação e as vendas de ativos estão excedendo as metas. No ano passado, as vendas de ativos totalizaram 2,0 bilhões de euros e a montadora espera mais 200 milhões de euros com a venda de bens imóveis neste ano, segundo o diretor financeiro, Jean-Baptiste de Chatillon. Às 7h30 (de Brasília), as ações da Peugeot subiam 3,15% na Bolsa de Paris. A Peugeot tem sofrido mais do que outras montadoras europeias em parte por causa de sua exposição a mercados do sul da Europa, como França, Espanha e Itália, onde a demanda despencou. As vendas mundiais de veículos montados e kits caíram 17% em 2012, para 2,97 milhões de unidades, e as vendas na Europa recuaram 15%. Analistas afirmam que o mercado europeu poderá ter contração de 5% neste ano e alguns não acreditam em um retorno aos níveis de 2007, antes da crise. As informações são da Dow Jones. fonte http://exame.abril.c...euros-em-2012-2
×