Jump to content
Sign in to follow this  
IAMCR4SH

Calibragem 207

Recommended Posts

Ae galera

Recentemente, comprei um 207 XS 1.6... ele vem com aro 15, pneu 185/60

nao me lembro agora a marca e tal do pneu.. mas li no manual que a calibragem correta é 35 LIBRAS em tds os pneus, e com carga maxima, 35 na frente e 42 (ou 44 nao lembro) nos traseiros..

nossa eu axei 1 absurdo... tds os carros q ja tive, sempre usava 32, 30.... no maximo...

a duvida eh: eh isso mesmo? se eu usar menos q isso pode ser mto prejudicial pra vida do pneu?

 

Vlw

Share this post


Link to post
Share on other sites

cara, eu logo que comprei o carro colocava o recomendado (35), mas o carro fica uma batedeira dentro e qualquer desnivel vc acaba sentindo... estou colocando agora 30-32 e não vi nenhum problema no que diz respeito ao pneu.. porém claro que isso altera o comportamento do carro.. um pneu com menos pressão deixa o carro um pouco mais pesado..

 

meu conselho seria utilizar um pouco menos (uma pressão que vc ache um conforto aceitavel) se for rodar na cidade (assumindo que como todas as cidades estão cheias e buracos) e quando for viajar, colocar mais pressão...

 

Abs!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu acho o ponto de equilíbrio 33/33 perfeito em cidades muito esburacadas ... nem muito pesado na direção, nem prejudicial à bandagem do pneu ... menos que isso desgasta muito pneu e o carro fica "preso" ao chão. Mas quando vou pra estrada, coloco sempre 35 ... é outra sensação.

Edited by ciclista

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ae galera

Recentemente, comprei um 207 XS 1.6... ele vem com aro 15, pneu 185/60

nao me lembro agora a marca e tal do pneu.. mas li no manual que a calibragem correta é 35 LIBRAS em tds os pneus, e com carga maxima, 35 na frente e 42 (ou 44 nao lembro) nos traseiros..

nossa eu axei 1 absurdo... tds os carros q ja tive, sempre usava 32, 30.... no maximo...

a duvida eh: eh isso mesmo? se eu usar menos q isso pode ser mto prejudicial pra vida do pneu?

 

Vlw

 

As configurações que vem especificadas no manual eu acho que não são para o solo brasileiro hehe. Também tive o mesmo susto quando vi o meu manual, e quando comentei com o meu pai na época ele ainda disse "Ta loco, tu ta vendo esse troço errado!" hehe.

 

Te recomendo colocar 30 nos 4 pneus... se ele vem com 185/60 não tem problemas, pode rodar com essa calibragem que é a que a maioria dos mecanicos recomenda para um bom desgaste sem prejudicar o conforto.

 

Valeu.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A presão máxima que os pneus automotivos são feitos para aguentar é de cerca de 60 psi.

 

Não há problema nenhum em usar essas pressões, até porque são a recomendação da fábrica.

 

JP

Share this post


Link to post
Share on other sites

E num 195/55 aro 15 Pirelli? Quanto por?

 

Estou colocando 35 em cada um, mas eu to sentindo que perdi o conforto do 207.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Krugan

utilizo no meu XS o recomendado...

Share this post


Link to post
Share on other sites
A presão máxima que os pneus automotivos são feitos para aguentar é de cerca de 60 psi.

 

Não há problema nenhum em usar essas pressões, até porque são a recomendação da fábrica.

 

JP

 

Aguentar aguenta, sem dúvida, problema é a suspensão o estado que fica... Amigo meu tem um stilo e calibrava sempre com 34 na frente 36 atrás porque achava 'bonito' o pneu cheinho, ainda mais com roda 16"... Não deu outra, depois de rodar 3000km gastou cerca de 700~800 reais com suspensão, era engraçado ouvir ele todo dia reclamando "porcaria de pneu, gastei quase 1 conto pra arrumar".

 

Fica aí a dica, sem dúvida em cidades mais lisas pode colocar sem problemas pressões maiores, agora em cidades típicas brasileiras (como o caso de Porto Alegre) não tem como usar tais pressões sem afetar a suspensão.

Share this post


Link to post
Share on other sites

tb acho q se o manual diz isso, não deve haver problema algum... se vc sente q está desconfortável, ponha menos...

 

agora, se for realmente seguir as especificações da fábrica, colocando uma pressão alta nos pneus, só tome cuidado, pq lembre q temperatura e pressão são inversamente proporcioanais: se vc por 42 psi e tiver 35 graus, e por algum motivo, por viagem ou mesmo pelo tempo, a temp baixar pra 15 graus por ex, a pressão do pneu vai subir proporcionalmente (em média, 1.5 psi para cada 10ºC)... esse é um dos motivos pelo qual prefiro por um pouco menos do q o especificado, mesmo os pneus suportando até 60 psi...

Share this post


Link to post
Share on other sites

O pneu mais cheio (35 comparado a 30) roda mais "liso", tem melhor desempenho e economiza mais por ter menos contato com o chão quando o mesmo está com menos pressão. Isso porque mais vazio ele faz contato com o solo até nas quinas do pneu, quase na lateral, dependendo do tamanho é claro.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Aguentar aguenta, sem dúvida, problema é a suspensão o estado que fica... Amigo meu tem um stilo e calibrava sempre com 34 na frente 36 atrás porque achava 'bonito' o pneu cheinho, ainda mais com roda 16"... Não deu outra, depois de rodar 3000km gastou cerca de 700~800 reais com suspensão, era engraçado ouvir ele todo dia reclamando "porcaria de pneu, gastei quase 1 conto pra arrumar".

 

Fica aí a dica, sem dúvida em cidades mais lisas pode colocar sem problemas pressões maiores, agora em cidades típicas brasileiras (como o caso de Porto Alegre) não tem como usar tais pressões sem afetar a suspensão.

 

A mesma pressão nos pneus não significa o mesmo esforço em carros diferentes, até porque os pesos são diferentes e a geometria/forças no conjunto mecânico são diferentes.

 

Além disso, existe uma pressão ideal, ou uma faixa de pressão ideal a ser utilizada, acima ou abaixo disso, prejudica-se durabilidade e segurança.

 

Se não me engano no Stilo a pressão é recomendada é por volta de 30 psi, portanto ele deve estar usando acima do recomendado.

 

No caso do meu 307 e do 207 do amigo, o recomendado é 35, portanto usá-la não deve ser prejudicial nem à segurança, nem a durabilidade.

 

Contudo as recomendações de fábrica não são específicas para a região, mas sim para todo o país ou um conjunto de países, portanto são uma aproximação/média.

 

JP

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tenho um 307 2.0 uso 225/45/R17 e uso 40Libras sei q é bastante mas nao amasa minhas rodas e o consumo é bom

e a respeito a conforto é muito bom tbm pq em ruas ruins ando muito de boa sem da pau.

Share this post


Link to post
Share on other sites

eu coloco 30/30 no meu mas vou estudar essa questão melhor mas tambem acho 35/35 um muito coisa

Share this post


Link to post
Share on other sites
tb acho q se o manual diz isso, não deve haver problema algum... se vc sente q está desconfortável, ponha menos...

 

agora, se for realmente seguir as especificações da fábrica, colocando uma pressão alta nos pneus, só tome cuidado, pq lembre q temperatura e pressão são inversamente proporcioanais: se vc por 42 psi e tiver 35 graus, e por algum motivo, por viagem ou mesmo pelo tempo, a temp baixar pra 15 graus por ex, a pressão do pneu vai subir proporcionalmente (em média, 1.5 psi para cada 10ºC)... esse é um dos motivos pelo qual prefiro por um pouco menos do q o especificado, mesmo os pneus suportando até 60 psi...

Até onde eu saiba, a fórmula (P1xV1)/T1 = (P2xV2)/T2 diz que pressão e temperatura são DIRETAMENTE proporcionais, ou seja, um sobe e o outro sobe junto... por isso a pressão do pneu aumenta cerca de 10% quando o pneu esquenta graças ao atrito com o asfalto. Por causa disso, como eu calibro o pneu com ele quente, já calibro levando em conta esses 10%, porque quando o pneu esfriar, ele vai perder esses 10% e ter a pressão recomendada pelo manual.

Share this post


Link to post
Share on other sites

já coloquei 32 e achei que o carro fica muito duro

 

sempre uso 30, fica mais confortavel, porem, a cada 15 dias eu calibro, jah que que, com 28 ou 27, prejudica tanto na vida util do pneu e conjunto de suspensão e comportamento do carro, quanto no consumo...

Edited by Carijo

Share this post


Link to post
Share on other sites
A mesma pressão nos pneus não significa o mesmo esforço em carros diferentes, até porque os pesos são diferentes e a geometria/forças no conjunto mecânico são diferentes.

 

Além disso, existe uma pressão ideal, ou uma faixa de pressão ideal a ser utilizada, acima ou abaixo disso, prejudica-se durabilidade e segurança.

 

Se não me engano no Stilo a pressão é recomendada é por volta de 30 psi, portanto ele deve estar usando acima do recomendado.

 

No caso do meu 307 e do 207 do amigo, o recomendado é 35, portanto usá-la não deve ser prejudicial nem à segurança, nem a durabilidade.

 

Contudo as recomendações de fábrica não são específicas para a região, mas sim para todo o país ou um conjunto de países, portanto são uma aproximação/média.

 

JP

 

Concordo contigo,

 

Único detalhe é que as montadoras fazem o cálculo a partir de uma planilha de pesos, medidas e uma escala de rodagem x durabilidade. Um dos motivos mais agravantes que faz a peugeot utilizar pressões altas seria que o peso do carro é um pouco menor? O que na realidade não deveria ser válido, uma vez que carros da concorrência com mesmo peso utilizam pressões menores, e alguns são até mais leves que o nosso 206/207, e também porque carros mais pesados como 307 e 407 também seguem uma tabela alta de pressão.

 

Então poderíamos pensar que talvez o conjunto de suspensão aguenta melhor o 'tranco' ? Também não é valido... pois os concorrentes utilizam projetos semelhantes para tal, com peças que suportam trabalhos semelhantes, senão maiores.

 

Sendo assim, mesmo que no manual diga que tal pressão é segura, faz muita gente (inclusive eu) acreditar que esse cálculo foi mal feito para o brasil (o que não seria novidade da Peugeot, vide balanças sendo trocadas com frequência no nosso país), e também é o motivo que leva o pessoal a calibrar seus pneus de acordo com a média geral dos carros de seu porte e das medidas dos pneus.

 

Eu mesmo já tive problemas duas vezes com balança no meu 206, e sempre utilizei pressões um poucos superiores a "média" nacional de 30~32 (eu colocava 33~34)... depois de ter que trocar 2 balanças, mesmo sendo extremamente chato e cuidadoso com buracos e afins, prefiro aderir à nossa regra brasileira dos 30~32 para manter um pouco mais o conforto, e diminuir o desgaste de algumas peças mal confeccionadas para nosso tipo de solo. Claro que, algumas cidades como Brasília que possuem ruas mais bem asfaltadas, com certeza aceitam tranquilamente pressões mais altas., infelizmente não é o caso aqui de Porto Alegre e da maioria das outras cidades brasileiras.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Único detalhe é que as montadoras fazem o cálculo a partir de uma planilha de pesos, medidas e uma escala de rodagem x durabilidade. Um dos motivos mais agravantes que faz a peugeot utilizar pressões altas seria que o peso do carro é um pouco menor? O que na realidade não deveria ser válido, uma vez que carros da concorrência com mesmo peso utilizam pressões menores, e alguns são até mais leves que o nosso 206/207, e também porque carros mais pesados como 307 e 407 também seguem uma tabela alta de pressão.

 

Na verdade é ao contrário, maior peso -> maior pressão. Por isso aumenta-se a pressão com o carro carregado.

 

Maior peso no carro aumenta a deformação do pneu que deve ter sua pressão aumentada para compensar.

 

Não é apenas um cálculo são anos de desenvolvimento de um carro com testes de rodagem.

 

Então poderíamos pensar que talvez o conjunto de suspensão aguenta melhor o 'tranco' ? Também não é valido... pois os concorrentes utilizam projetos semelhantes para tal, com peças que suportam trabalhos semelhantes, senão maiores.

 

Sendo assim, mesmo que no manual diga que tal pressão é segura, faz muita gente (inclusive eu) acreditar que esse cálculo foi mal feito para o brasil (o que não seria novidade da Peugeot, vide balanças sendo trocadas com frequência no nosso país), e também é o motivo que leva o pessoal a calibrar seus pneus de acordo com a média geral dos carros de seu porte e das medidas dos pneus.

 

Eu mesmo já tive problemas duas vezes com balança no meu 206, e sempre utilizei pressões um poucos superiores a "média" nacional de 30~32 (eu colocava 33~34)... depois de ter que trocar 2 balanças, mesmo sendo extremamente chato e cuidadoso com buracos e afins, prefiro aderir à nossa regra brasileira dos 30~32 para manter um pouco mais o conforto, e diminuir o desgaste de algumas peças mal confeccionadas para nosso tipo de solo. Claro que, algumas cidades como Brasília que possuem ruas mais bem asfaltadas, com certeza aceitam tranquilamente pressões mais altas., infelizmente não é o caso aqui de Porto Alegre e da maioria das outras cidades brasileiras.

 

Eu não sou capaz de dizer todas as variáveis que determinam a pressão do pneu e acho que simplificar pelo empirismo é um erro.

 

Concordo que a recomendação da Peugeot não é rígida, ou seja, apesar de divulgar um número no manual o correto é um faixa de operação que talvez englobe os 30 que você menciona, talvez não.

 

A durabilidade das bandejas talvez tenha mais haver com a qualidade e adaptação da própria ao solo brasileiro do que a pressão dos pneus. Eu pelo menos tenho um 307 e uso pneus com pressão 35psi e não tive nenhum problema com bandejas até agora.

 

Eu prefiro seguir a recomendação dos engenheiros da Peugeot porque ainda que eu não conheça todas as razões, entendo que elas existem para recomendar essa pressão.

 

JP

Edited by JP1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Na verdade é ao contrário, maior peso -> maior pressão. Por isso aumenta-se a pressão com o carro carregado.

 

Maior peso no carro aumenta a deformação do pneu que deve ter sua pressão aumentada para compensar.

 

Não é apenas um cálculo são anos de desenvolvimento de um carro com testes de rodagem.

 

 

 

Eu não sou capaz de dizer todas as variáveis que determinam a pressão do pneu e acho que simplificar pelo empirismo é um erro.

 

Concordo que a recomendação da Peugeot não é rígida, ou seja, apesar de divulgar um número no manual o correto é um faixa de operação que talvez englobe os 30 que você menciona, talvez não.

 

A durabilidade das bandejas talvez tenha mais haver com a qualidade e adaptação da própria ao solo brasileiro do que a pressão dos pneus. Eu pelo menos tenho um 307 e uso pneus com pressão 35psi e não tive nenhum problema com bandejas até agora.Eu prefiro seguir a recomendação dos engenheiros da Peugeot porque ainda que eu não conheça todas as razões, entendo que elas existem para recomendar essa pressão.

 

JP

Mas a recomendação da Peugeot não é a pressão de 35 libras, simplesmente.

Eles recomendam uma faixa de pressão que vai de 30 a 35 libras. Esta faixa é em função da carga e pode ser encontrada no manual do veículo e na etiqueta adesiva que fica na porta.

Calibragem mais próxima de 30 libras para o veículo descarregado e 35 libras com o veículo totalmente carregado. Se você põe 35 libras com o veículo vazio, além de comprometer o conforto, irá gerar danos nas bandas de rodagens dos pneus, que se desgastarão de forma irregular, mais ao centro do pneu.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Até onde eu saiba, a fórmula (P1xV1)/T1 = (P2xV2)/T2 diz que pressão e temperatura são DIRETAMENTE proporcionais, ou seja, um sobe e o outro sobe junto... por isso a pressão do pneu aumenta cerca de 10% quando o pneu esquenta graças ao atrito com o asfalto. Por causa disso, como eu calibro o pneu com ele quente, já calibro levando em conta esses 10%, porque quando o pneu esfriar, ele vai perder esses 10% e ter a pressão recomendada pelo manual.

 

FromHell, concordo em partes contigo.

 

Quando vamos calibrar o pneu, o mesmo deve estar o mais frio possivel, e isso é muito importante. Quando o pneu esquenta, o ar dentro dele se expande e quando fica frio comprime.... Agora ai que está o problema, segundo o que ESPECIALISTA DA MICHELIN me disse quando fui na loja deles, se você rodar 1 KM a uma velocidade de uns 30km/h isso já é suficiente para o pneu esquentar e com o pneu quente a calibragem deve ser feita de outra maneira.

 

Segundo o Especialista da Michelin, com o pneu já quente, devemos mudar a calibragem, aumentando em 2 libras o valor que colocamos. Por exemplo, quando vou calibrar meus pneus com eles ja quentes, coloco 32 libras pois quando eles esfriam ficam com a calibragem correta que é de 30 libras com pneu frio.

 

PS: Não tenho fontes específicas e concretas comprovando esta questão específica sobre calibragem mas na minha opinião, 35 libras para pneu "15" é exagero. Todavia, informações do manual são "informações do manual" (devemos respeitar).

 

Abraço,

Share this post


Link to post
Share on other sites
Mas a recomendação da Peugeot não é a pressão de 35 libras, simplesmente.

Eles recomendam uma faixa de pressão que vai de 30 a 35 libras. Esta faixa é em função da carga e pode ser encontrada no manual do veículo e na etiqueta adesiva que fica na porta.

Calibragem mais próxima de 30 libras para o veículo descarregado e 35 libras com o veículo totalmente carregado. Se você põe 35 libras com o veículo vazio, além de comprometer o conforto, irá gerar danos nas bandas de rodagens dos pneus, que se desgastarão de forma irregular, mais ao centro do pneu.

 

Nisso meu caro vc está enganado. A peugeot recomenda é 35 com carro vazio, e se tiver cheio passa dos 40, se não tiver enganado é 45.

 

Portanto não tem essa de 30 a 35 libras.

 

Fui

Share this post


Link to post
Share on other sites
Nisso meu caro vc está enganado. A peugeot recomenda é 35 com carro vazio, e se tiver cheio passa dos 40, se não tiver enganado é 45.

 

Portanto não tem essa de 30 a 35 libras.

 

Fui

Não sei que modelo e aro de roda é esse teu carro. Mas para um Peugeot 206, ano 2006/07, rodas aro 14, o recomendado pelo Manual e o adesivo da porta está escrito que é entre 30 e 35...

Apesar de este site: http://carros.peugeot.com.br/dicas/pressao.jsp - apontar a pressão dos pneus como 35 libras nos dianteiros e traseiros, o manual do usuário e o adesivo mostram informações diferentes...

Edited by LucianoBsB

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cara, eu também acho muito 35. Ultimamente eu tenho colocado 33, 32...

 

Fora que eu já tenho que trocar as bandejas e amortecedor... =//// malditos buracos.. :001_rolleyes:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest RaphinhaCamargo

Depende do seu gosto, depende de onde você vai usar o carro !

Problema em usar 35 e 42 não existe !

Share this post


Link to post
Share on other sites
Mas a recomendação da Peugeot não é a pressão de 35 libras, simplesmente.

Eles recomendam uma faixa de pressão que vai de 30 a 35 libras. Esta faixa é em função da carga e pode ser encontrada no manual do veículo e na etiqueta adesiva que fica na porta.

Calibragem mais próxima de 30 libras para o veículo descarregado e 35 libras com o veículo totalmente carregado. Se você põe 35 libras com o veículo vazio, além de comprometer o conforto, irá gerar danos nas bandas de rodagens dos pneus, que se desgastarão de forma irregular, mais ao centro do pneu.

 

Segundo o autor do tópico o manual diz 35 psi.

 

Eu não tenho 207, tenho 307, e no meu carro, a pressão mínima com o carro vazio é 35psi.

 

JP

Share this post


Link to post
Share on other sites
PS: Não tenho fontes específicas e concretas comprovando esta questão específica sobre calibragem mas na minha opinião, 35 libras para pneu "15" é exagero. Todavia, informações do manual são "informações do manual" (devemos respeitar).

 

Desconheço qualquer razão para mudar a pressão ao se alterar rodas ou pneus, já que pressão é uma medida em função da área.

 

No caso da psi é o peso em libras por polegada quadrada.

 

Ou seja, ao mudar pneus, rodas, etc. ao se colocar a mesma pressão já estamos colocando quantidade de ar diferente par compensar a mudança.

 

JP

Edited by JP1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Amigos, eu coloquei roda 15 com pneu 195/55, quantas libras devo por?

Obrigado!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ae galera

Recentemente, comprei um 207 XS 1.6... ele vem com aro 15, pneu 185/60

nao me lembro agora a marca e tal do pneu.. mas li no manual que a calibragem correta é 35 LIBRAS em tds os pneus, e com carga maxima, 35 na frente e 42 (ou 44 nao lembro) nos traseiros..

nossa eu axei 1 absurdo... tds os carros q ja tive, sempre usava 32, 30.... no maximo...

a duvida eh: eh isso mesmo? se eu usar menos q isso pode ser mto prejudicial pra vida do pneu?

 

Vlw

N passo de 32. e ainda qdo kero andar mais na boa, no máximo 3 pessoas deixo tudo em 30. Ajuda a bater menos.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Amigos, eu coloquei roda 15 com pneu 195/55, quantas libras devo por?

Obrigado!

Perfil baixo muda pouca coisa. eu andava com no máximo 33 na dianteira e 32 na trazeira q é mais leve.

abraço.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Perfil baixo muda pouca coisa. eu andava com no máximo 33 na dianteira e 32 na trazeira q é mais leve.

abraço.

 

Então, coloquei 33 nos 4 pneus, mas tipo nos pneus dianteiros eles parecem que ficam "amassados", fazendo uma curvinha onde encosta no solo, é assim mesmo?

Os pneus traseiros ficam bonitinhos, ja os dianteiros ficam com essa curvinha, fiquei pensando se nao esta com menos pressao...

Obrigado

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tem que usar pelo menos 32/34.

Se usar menos, o desgaste nas laterais do pneu fica inverso, formando um tipo de serrilhado. Diminui a vida util do pneu.

 

Pra quem anda com carga baixa/media, pode por 34 na frente e 36 atras que ta ideal.

Pode variar uns 3 pra cima e 2 pra baixo, mas mantendo sempre o diferecial de 2 psi entre dianteiro/traseiro.

 

Abraço,

Martin

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quando for viajar, não coloque muita pressão.

 

A tendencia do pneu em altas rotações durante muito tempo e altas temperaturas é que aumente ainda mais a pressão dos pneus

portanto, quando for viajar, tipo, 3, 4 horas seguidas a 110 Km/h direto, use a pressão mias baixa possível, ja que no caso que disse,

aumento por aí uns 2 a 3 libras de pressão.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Manolos é essa a calibragem recomendada mesmo aqui pro Brasil para os 207 ??? Tem colegas aí usando 42 ??? Pelas barbas do profeta !!! O carro deve ser um desconforto só !

 

36 libras o carro nao fica duro demais? Batendo feito seila o que? No meu 307 ando com 33 e 31. No C3 (que deveria ser a mesma coisa do 207) no manual diz tambem eu acho 33 e 31, e vem com 185/70/15 se nao me engano.

O meu 307 tá com Potenza GIII a 205/60/15 e mais que 32 na traseira só carregado....

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu recomendaria seguir o manual (ou aquele adesivo colado no batente da porta do motorista), mas o meu carro está com 30mil km e o amortecedor dianteiro está vazando, acredito que seja reflexo das pancadas que o pneu repassa.

Share this post


Link to post
Share on other sites

jah tive 2 polos, 1 new civic, um 206 e um 207, e sempre usei 30 por cusa do conforto...

quando vou viajar, aumento um pouco pq normalment as estradas sao melhores que as ruas, ae eu ganho em peso ( o carro fica relativamente mais leve ) e compenso o desconforto que sao ruas remendadas para estrada lisinha, tapete

 

coloquei uma vez 34 no 207 pra mais nunca, o carro bate seco, fica muito desconfortavel

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

×