Jump to content
Sign in to follow this  
Dantas

Motor Thp Ganhará Versão Flex

Recommended Posts

Fuçando no ServiceBox (como e costume :D) vi que apareceu uma entrada de motorização diferente para o 308:

 

INJEÇÃO EP6FDT M 125KW FLEX FUEL

 

Pelo jeito a PSA será a segunda montadora no mundo a oferecer motor turbo flex, a primeira foi a BWM (veja o post)

rnqe.jpg

Edited by Dantas
  • Upvote 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom, como a BMW foi a primeira, e esse motor turbo que a Peugeot usa é uma parceria BMW/PSA, é até meio previsível.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom, como a BMW foi a primeira, e esse motor turbo que a Peugeot usa é uma parceria BMW/PSA, é até meio previsível.

 

A BMW só usa os THP no Mini, já a 320i Flex é outro motor (até onde eu sei).

Share this post


Link to post
Share on other sites

fiz uma conversão no google:
125kw = 170cv

será que esse Prince sai em março como linha 14/15?

Share this post


Link to post
Share on other sites

vao acabar com o motor, que ja nao é economico (pelo menos no 408) vai fazer 2~3km/l no alcool

Edited by aluzjunior

Share this post


Link to post
Share on other sites

Teoricamente não é uma tarefa das mais difíceis um motor turbo flex (gasolina/etanol). Ainda mais sendo turbo de gerenciamento eletrônico e injeção direta, traria o capacidade de explorar todos os benefícios de ambos os combustíveis através da variação de pressão da turbina e tempo ou pressão de injeção. Seria mais fácil até do que achar aquele "meio termo" em um motor flex aspirado.

 

Creio que a tecnologia ainda não é usada em larga escala porque o etanol só é largamente utilizado no Brasil. Nos EUA também há oferta do etanol, mas em escala bem menor. Já na Europa, berço dos motores turbo, o combustível alternativo e ecológico é o diesel. É fácil perceber a evolução deste tipo de motor nos últimos anos. Então deve ser por esse motivo que esse flex turbo demorou tanto.

 

OFF: Será que é uma resposta ao primeiro flex de injeção direta da Ford?

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Brasil é o único que usa E100. Nos EUA e Europa, especialmemte na Suécia é usado o E85: 15% de gasolina e 85% de etanol anidro. No inverno é vendido o E75.

 

E o motivo de dizer isso: o etanol E100 é o hidratado, que tem + água que o anidro, esse que é misturado com a gasolina, ou seja + componentes do motor turbo sofrem pela ação da água e precisam sofrer tratamento especial como a turbina, por exemplo.

 

Enviado do meu Samsung Galaxy usando o Tapatalk 2

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

vader.jpg

  • Upvote 9

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

A BMW só usa os THP no Mini, já a 320i Flex é outro motor (até onde eu sei).

 

Falo da tecnologia e conhecimento.

Experiencia de um motor pode ser levado pra outro motor mais facilmente.

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Brasil é o único que usa E100. Nos EUA e Europa, especialmemte na Suécia é usado o E85: 15% de gasolina e 85% de etanol anidro. No inverno é vendido o E75.

 

E o motivo de dizer isso: o etanol E100 é o hidratado, que tem + água que o anidro, esse que é misturado com a gasolina, ou seja + componentes do motor turbo sofrem pela ação da água e precisam sofrer tratamento especial como a turbina, por exemplo.

 

Enviado do meu Samsung Galaxy usando o Tapatalk 2

 

Mas aí é que está a questão: sendo um motor de injeção direta, o combustível somente entrará em contato com as câmaras de combustão. Claro que tem o caminho percorrido desde o tanque, mas este já é devidamente preparado para o contato com água. Creio que a questão maior, no caso do THP, seja a dificuldade de proteger a linha de alta pressão da injeção direta. E também a parte quente da turbina.

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pow...interessante...vai vir mais forte ainda...5cv nao é tanto masss ajuda hehe...ruim pra nos...bom para o meio ambiente como disse no topico da BMW...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fuçando no ServiceBox (como e costume :D) vi que apareceu uma entrada de motorização diferente para o 308:

 

INJEÇÃO EP6FDT M 125KW FLEX FUEL

 

Pelo jeito a PSA será a segunda montadora no mundo a oferecer motor turbo flex, a primeira foi a BWM (veja o post)

Muito legal saber disso, já que o anúncio do fim da parceria entre BMW/PSA para os motores prince deixava dúvidas sobre o futuro desses ótimos motores.

 

JP

 

PS: O BMW não é o primeiro turbo flex do mundo, mas sim o Buick Regal: http://green.autoblog.com/2011/02/22/2011-buick-regal-turbo-ecotec-features-flex-fuel-capability/

Edited by JP1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Agora vão colar um adesivo ridículo FLEX no carro, como se fosse alguma vantagem ter carro flex fora de SP.

  • Upvote 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

só tirar o adesivo...

 

Curti, turbo e a alcool, show.

  • Upvote 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nossa gasolina já tem uma porcentagem alta de álcool.

Então nosso THP já vem preparado pra nossa gasolina alcoolizada, por isso tem 165cv contra os 156cv do europeu.

 

como o kazin disse, acho muito legal os motores turbo trabalharem no alcool.

visto que o álcool é um combustível mais limpo, e "polui" menos do motor.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A minha birra com motores flex (embora eu tenha um carro com um) é que, como a tecnologia criada pela Saab e por outras empresas pra variar a taxa de compressão em função do combustível não foi pra frente, os fabricantes adotam uma taxa de compressão intermediária, que não é boa pra nenhum dos combustíveis.

  • Upvote 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

Disse tudo, Duzinfa. Sou da mesma opinião, flex é uma gambiarra q deixa o carro fora da taxa de compressão ideal para maior eficiência.

 

A propósito, essa informação de flex já não tinha antes (por erro)? Se eu jogo o VIN do meu carro no Service Box ele vem como flex, mesmo estando certa as outras informações. E no bocal de combustível veio um adesivo "álcool e gasolina", o qual arranquei assim q peguei o carro.

Isso é o q aparece no Service Box para o meu carro:

FUEL ALL ALCOHOL OR PETROL RON 95 (FLEX FUEL)

 

Espero q seja um erro no Service Box, já é difícil achar carro bom por aqui, se fizerem isso ai fica mais complicado ainda. (no sentido q a produção do álcool não é tão limpa assim e está na contra-mão dos carros híbridos/elétricos. O modelo do Fisker Karma é o melhor para a realidade atual. Pena q a Fisker quebrou...)

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Disse tudo, Duzinfa. Sou da mesma opinião, flex é uma gambiarra q deixa o carro fora da taxa de compressão ideal para maior eficiência.

 

A propósito, essa informação de flex já não tinha antes (por erro)? Se eu jogo o VIN do meu carro no Service Box ele vem como flex, mesmo estando certa as outras informações. E no bocal de combustível veio um adesivo "álcool e gasolina", o qual arranquei assim q peguei o carro.

Isso é o q aparece no Service Box para o meu carro:

FUEL ALL ALCOHOL OR PETROL RON 95 (FLEX FUEL)

 

Espero q seja um erro no Service Box, já é difícil achar carro bom por aqui, se fizerem isso ai fica mais complicado ainda. (no sentido q a produção do álcool não é tão limpa assim e está na contra-mão dos carros híbridos/elétricos. O modelo do Fisker Karma é o melhor para a realidade atual. Pena q a Fisker quebrou...)

 

O seu é THP?

E veio com informação de abastecimento de flex?

Ve isso direitinho ai

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gente,

 

Mas no carro turbo o cara regula a taxa de compressão no Boost da turbina! Comprime mais ou menos o ar e boa.

 

É bem melhor que tentar fazer isso num aspro.

 

 

Sent from my iPad using Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Disse tudo, Duzinfa. Sou da mesma opinião, flex é uma gambiarra q deixa o carro fora da taxa de compressão ideal para maior eficiência.

 

A propósito, essa informação de flex já não tinha antes (por erro)? Se eu jogo o VIN do meu carro no Service Box ele vem como flex, mesmo estando certa as outras informações. E no bocal de combustível veio um adesivo "álcool e gasolina", o qual arranquei assim q peguei o carro.

Isso é o q aparece no Service Box para o meu carro:

FUEL ALL ALCOHOL OR PETROL RON 95 (FLEX FUEL)

 

Espero q seja um erro no Service Box, já é difícil achar carro bom por aqui, se fizerem isso ai fica mais complicado ainda. (no sentido q a produção do álcool não é tão limpa assim e está na contra-mão dos carros híbridos/elétricos. O modelo do Fisker Karma é o melhor para a realidade atual. Pena q a Fisker quebrou...)

De fato houve casos em 2012 do 408 THP vir identificado com etiqueta de combustível errada. A rede de concessionárias foi orientada a corrigir isso.

 

http://www.brunodantas.com.br/pug/BIT_439.pdf

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gente,

 

Mas no carro turbo o cara regula a taxa de compressão no Boost da turbina! Comprime mais ou menos o ar e boa.

 

É bem melhor que tentar fazer isso num aspro.

 

 

Sent from my iPad using Tapatalk

Kazinosvaldo, eu posso estar falando groselha, mas até onde eu saiba a taxa de compressão é a razão entre o volume do cilindro quando o pistão tá no PMI e o volume do cilindro quando o pistão tá no PMS, que é onde ocorre a explosão. E, também até onde eu saiba, isso independe de pressão atmosférica... ou do turbo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Kazinosvaldo, eu posso estar falando groselha, mas até onde eu saiba a taxa de compressão é a razão entre o volume do cilindro quando o pistão tá no PMI e o volume do cilindro quando o pistão tá no PMS, que é onde ocorre a explosão. E, também até onde eu saiba, isso independe de pressão atmosférica... ou do turbo.

 

Você está certo. Porém com o uso do turbo, pode ser imposta ao motor uma pressão maior do ar no momento da compressão, o que equivale a uma taxa de compressão maior num motor aspirado. Variando a pressão do turbo, pode-se "simular" uma compressão ideal para gasolina e outra para o etanol.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Kazinosvaldo, eu posso estar falando groselha, mas até onde eu saiba a taxa de compressão é a razão entre o volume do cilindro quando o pistão tá no PMI e o volume do cilindro quando o pistão tá no PMS, que é onde ocorre a explosão. E, também até onde eu saiba, isso independe de pressão atmosférica... ou do turbo.

Isso,

 

Só que como o alcool precisa de mais COMPRESSÃO, voce só precisa SOCAR MAIS AR PRA DENTRO. Na prática, a maneira que um turbo funciona é transformando a capacidade volumétrica do motor. Por isso que o 1.6 turbo rende como um 2.4 aspirado. Voce coloca mais ar e combustível onde antes não cabia, e isso é possível porque o ar foi comprimido na turbina. Que na verdade, o nome correto da "turbina" é TURBO-COMPRESSOR.

 

Chama-se Turbo-Compressor porque existe uma TURBINA dentro da caixa quente, que é acionada pelos gases de escape, que gira um eixo que está ligado num Compressor (uma turbina com função contrária) na caixa fria que SUGA o AR e empurra ele pro motor, aumentando consideravelmente o volume de ar ingerido pelo motor, pois o ar agora comprimido ocupa menos espaço que ele normal.

 

Assim, variando a pressão gerada pelo turbo-compressor, pode-se aumentar a compressão em quase todas as faixas de atuação do motor, mantendo a eficiencia no alcool e na gasolina.

 

Só precisa de um belo gerenciamento eletronico do turbo e das valvulas de waste-gate.

Em suma,

 

Espero fodencialidade e eficiência do sistema. Talvez sacrificando um pouco o consumo. But who cares se o carro vier com 178cv no alcool hahaha

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se isso melhorar o consumo com álcool mandando a "taxa de compressão fake" pros valores ideais desse combustível...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Isso,

 

Só que como o alcool precisa de mais COMPRESSÃO, voce só precisa SOCAR MAIS AR PRA DENTRO. Na prática, a maneira que um turbo funciona é transformando a capacidade volumétrica do motor. Por isso que o 1.6 turbo rende como um 2.4 aspirado. Voce coloca mais ar e combustível onde antes não cabia, e isso é possível porque o ar foi comprimido na turbina. Que na verdade, o nome correto da "turbina" é TURBO-COMPRESSOR.

 

Chama-se Turbo-Compressor porque existe uma TURBINA dentro da caixa quente, que é acionada pelos gases de escape, que gira um eixo que está ligado num Compressor (uma turbina com função contrária) na caixa fria que SUGA o AR e empurra ele pro motor, aumentando consideravelmente o volume de ar ingerido pelo motor, pois o ar agora comprimido ocupa menos espaço que ele normal.

 

Assim, variando a pressão gerada pelo turbo-compressor, pode-se aumentar a compressão em quase todas as faixas de atuação do motor, mantendo a eficiencia no alcool e na gasolina.

 

Só precisa de um belo gerenciamento eletronico do turbo e das valvulas de waste-gate.

Em suma,

 

Espero fodencialidade e eficiência do sistema. Talvez sacrificando um pouco o consumo. But who cares se o carro vier com 178cv no alcool hahaha

Bela explicação...

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Brasil é o único que usa E100. Nos EUA e Europa, especialmemte na Suécia é usado o E85: 15% de gasolina e 85% de etanol anidro. No inverno é vendido o E75.

 

E o motivo de dizer isso: o etanol E100 é o hidratado, que tem + água que o anidro, esse que é misturado com a gasolina, ou seja + componentes do motor turbo sofrem pela ação da água e precisam sofrer tratamento especial como a turbina, por exemplo.

 

Enviado do meu Samsung Galaxy usando o Tapatalk 2

se fizessem E85 ou E75 ou até mesmo um E95, o preço seria o mesmo do da gasolina :haha:

Share this post


Link to post
Share on other sites

ser economico eu não sei, mas ser eficiente, com certeza. Tudo o que o alcool produzir numa aceleração vai ser muitíssimo aproveitado. O problema é que mais ar = mais combustível. Numa aceleração vai continuar gastando como um motor maior que 1.6

Em cruzeiro idem, um pouco mais. Em marcha lenta com turbina vazia deve gastar o mesmo que o flex normal.

Share this post


Link to post
Share on other sites

É, usei o termo errado. O consumo com álcool sempre vai ser maior que com gasolina, o álcool é menos energético por unidade de massa e isso não tem como mudar. Mas, se a eletrônica conseguir simular uma taxa de compressão mais próxima do ideal com álcool, certamente a queima dele será mais eficiente...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só eu fiquei triste com essa noticia? odeio carro FLEX, na minha opinião, acho uma gambiarra sem tamanho.

  • Upvote 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gambiarra maior pra mim era o tanquinho para partida no frio. A adoção de vela que esquenta o etanol na linha de combustível é uma grande melhoria. Não é uma grande revolução, já que os motores HDi usam esse recurso para aquecer o diesel.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gambiarra maior pra mim era o tanquinho para partida no frio. A adoção de vela que esquenta o etanol na linha de combustível é uma grande melhoria. Não é uma grande revolução, já que os motores HDi usam esse recurso para aquecer o diesel.

 

Ahh sim, sobre a tecnologia e pesquisa para se ter isso e até outras melhorias é inegavel, mas de resto..... eu deixei de comprar um 206 flex para pegar um só gasolina, achei muito melhor, se tivesse só alcohol tambem seria uma opção, mas flex não consigo gostar.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só eu fiquei triste com essa noticia? odeio carro FLEX, na minha opinião, acho uma gambiarra sem tamanho.

 

Concordo que é uma gambiarra e tanto, mas num pais onde estão aumentando cada vez mais a porcentagem de álcool na gasolina.

E neste mesmo pais que todo mundo quer tirar vantagem sobre o outro, e os postos batizam a gasolina com mais álcool ainda.

 

acho que o sistema Flex é bem vindo para proteger seu carro contra esses pilantras!

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Concordo que é uma gambiarra e tanto, mas num pais onde estão aumentando cada vez mais a porcentagem de álcool na gasolina.

E neste mesmo pais que todo mundo quer tirar vantagem sobre o outro, e os postos batizam a gasolina com mais álcool ainda.

 

acho que o sistema Flex é bem vindo para proteger seu carro contra esses pilantras!

 

É tinha esquecido desse detalhe.... :tabom:

E tem tambem que aqui adoram carro flex, achando que ta economizando e levando vantagem. :ohfuck:

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

O seu é THP?

E veio com informação de abastecimento de flex?

Ve isso direitinho ai

 

Sim, é THP.

Como o Dantas já disse acima, o meu é 2012 e veio com uma etiqueta na tampa do bocal dizendo para colocar APENAS ÁLCOOL OU GASOLINA… mostrei para a funcionária q entrega o carro e ela nem se ligou…

 

Teve recall sobre isso, ligaram 3 dias depois para eu ir na CC só para tirar o adesivo (mas eu já tinha tirado).

 

Digitando o VIN do meu carro no Service Box:

 

5eac.png

Edited by Daredevil

Share this post


Link to post
Share on other sites
120 quilowatts =
163,154317Cv
125 quilowatts =
169,952413 CV

OBSERVEM O AUMENTO DE POTÊNCIA. Esse é o usado atualmente, pela Peugeot na Argentina 308/408.

Devido ao teor de álcool na gasolina a potência informada pro Brasil e de 165cv, contudo a Peugeot não alterou o número do motor (mais friso que é igual o da argentina)

 

A potência agora pulou para 125kw

O motor na argentina terá 170 cavalos (fato). Agora no Brasil não me surpreende se ultrapassar os 180cv com álcool. Mantendo esses 2cv da gasolina daqui pra argentina já temos um motor 172cv e 8cv de álcool de potência (esta dentro da faixa). Observem o acréscimo de 4cv no motor 1.5, 7 cavalos no 1.6 e 8 cavalos no 2.0

 

Palpite 173cv a gasolina e 183cv alcool.

 

O tempo dirá. Vai deixar o THP mais esperto, por outro lado o consumo, só o tempo dirá.

Os motores THP são fabricados somente na Europa e exportado para Argentina, Brasil, Rússia e China, países que não fazem parte da Europa, mais que usam motores fabricados lá.

 

E ruim que não fabriquem aqui ou na argentina, por que todos os PSA/CITROEN lançados terão esse motor, não vão aumentar mais a potência.

 

Ai fica aquela coisa chata tenho um RCZ de 165cv corre pra caramba. Sério tenho um DS3 165cv usa o mesmo motor do seu, mais o cambio e manual e tem overbooster e pesa bem menos.

 

DS3 1 SEGUNDO MAIS RÁPIDO 0-100KM RCZ ou qualquer outro THP Nota D

DS3 nota A inmetro

 

 

 

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

120 quilowatts =

163,154317Cv 

 

125 quilowatts =

169,952413 CV

 

OBSERVEM O AUMENTO DE POTÊNCIA. Esse é o usado atualmente, pela Peugeot na Argentina 308/408.

Devido ao teor de álcool na gasolina a potência informada pro Brasil e de 165cv, contudo a Peugeot não alterou o número do motor (mais friso que é igual o da argentina)

 

A potência agora pulou para 125kw

O motor na argentina terá 170 cavalos (fato). Agora no Brasil não me surpreende se ultrapassar os 180cv com álcool. Mantendo esses 2cv da gasolina daqui pra argentina já temos um motor 172cv e 8cv de álcool de potência (esta dentro da faixa). Observem o acréscimo de 4cv no motor 1.5, 7 cavalos no 1.6 e 8 cavalos no 2.0

 

Palpite 173cv a gasolina e 183cv alcool.

 

O tempo dirá. Vai deixar o THP mais esperto, por outro lado o consumo, só o tempo dirá. 

Os motores THP são fabricados somente na Europa e exportado para Argentina, Brasil, Rússia e China, países que não fazem parte da Europa, mais que usam motores fabricados lá.

 

E ruim que não fabriquem aqui ou na argentina, por que todos os PSA/CITROEN lançados terão esse motor, não vão aumentar mais a potência.

 

Ai fica aquela coisa chata tenho um RCZ de 165cv corre pra caramba. Sério tenho um DS3 165cv usa o mesmo motor do seu, mais o cambio e manual e tem overbooster e pesa bem menos. 

 

DS3 1 SEGUNDO MAIS RÁPIDO 0-100KM   RCZ ou qualquer outro THP Nota D

DS3  nota A inmetro 

 

Na linha Peugeot inclusive no seu RCZ também tem overbooster controlado eletronicamente.
  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu sonhando que os motores à gasolina iam ganhar espaço...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Parece que a PSA vai produzir o THP (ou seu substituto) no Brasil. Também menciona um motor três cilindros que imagino ser um 1.0:

 

"SERÁ bom observar o movimento de fornecedores de turbocompressores no Brasil. BorgWarner já tem primeiro acordo que, se espera, seja com PSA Peugeot Citroën para novos motores flex de três e quatro cilindros. O grupo francês não poderá contar com as unidades produzidas em colaboração com a BMW depois de 2016. VW deverá ser o segundo cliente."

 

http://www.automotivebusiness.com.br/artigo/803/seguranca-tem-preco

 

JP

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Com o fim do acordo em 2016 a PSA não poderá utilizar mais os motores Prince?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não sei, o que li não deixa isso claro.

 

Eu acho que o que ocorre é que a PSA deixa de fornecer os motores para a BMW (já anunciou os novos motores para o Mini http://www.autoblog.com/2013/09/29/2014-mini-cooper-engines-chassis/), mas a PSA também deixa de contar com o cabecote e gerenciamento eletrônico fornecido pela BMW para os motores.

 

Suponho que a PSA deve ter absorvido a tecnologia e seja capaz de criar uma propria a partir de então.

 

JP

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não sei, o que li não deixa isso claro.

 

Eu acho que o que ocorre é que a PSA deixa de fornecer os motores para a BMW (já anunciou os novos motores para o Mini http://www.autoblog.com/2013/09/29/2014-mini-cooper-engines-chassis/), mas a PSA também deixa de contar com o cabecote e gerenciamento eletrônico fornecido pela BMW para os motores.

 

Suponho que a PSA deve ter absorvido a tecnologia e seja capaz de criar uma propria a partir de então.

 

JP

Pois é... Em nenhuma notícia está claro isso. Acho que o maior benefício no acordo foi pra PSA. No projeto os franceses entraram com o bloco da família TU e o restante das coisas que você citou veio dos Tritec.

Share this post


Link to post
Share on other sites

O motor THP Flex está mais perto! Agora aparece a opção para o 208 também! Provavelmente esse será para versão GT que renderá 170cv no etanol e a versão exportação a gasolina com os 163cv originais (como no RCZ).

 

wqms.png

Edited by Dantas
  • Upvote 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Isso,

 

Só que como o alcool precisa de mais COMPRESSÃO, voce só precisa SOCAR MAIS AR PRA DENTRO. Na prática, a maneira que um turbo funciona é transformando a capacidade volumétrica do motor. Por isso que o 1.6 turbo rende como um 2.4 aspirado. Voce coloca mais ar e combustível onde antes não cabia, e isso é possível porque o ar foi comprimido na turbina. Que na verdade, o nome correto da "turbina" é TURBO-COMPRESSOR.

 

Chama-se Turbo-Compressor porque existe uma TURBINA dentro da caixa quente, que é acionada pelos gases de escape, que gira um eixo que está ligado num Compressor (uma turbina com função contrária) na caixa fria que SUGA o AR e empurra ele pro motor, aumentando consideravelmente o volume de ar ingerido pelo motor, pois o ar agora comprimido ocupa menos espaço que ele normal.

 

Assim, variando a pressão gerada pelo turbo-compressor, pode-se aumentar a compressão em quase todas as faixas de atuação do motor, mantendo a eficiencia no alcool e na gasolina.

 

Só precisa de um belo gerenciamento eletronico do turbo e das valvulas de waste-gate.

Em suma,

 

Espero fodencialidade e eficiência do sistema. Talvez sacrificando um pouco o consumo. But who cares se o carro vier com 178cv no alcool hahaha

 

Não conheço a engenharia por trás dos bicos da Peugeot, mas, pensando na injeção direta hoje a gasolina que vendem aqui (que tem muito enxofre) arrebenta com o motor (de injeção direta), obrigando o proprietário a usar apenas as gasolinas "premium" da vida ... (pensando em preço, abastecer com o álcool que gasta mais acabaria praticamente anulando essa diferença)

Penso que no álcool pela queima ser bem mais limpa e isenta de enxofre esses problemas deixarão de acontecer.

 

Imagino também que esses bicos (nebulizadores) façam um tipo de "swirling" váriável ... não sei ... pois a nebulização dos dois combustíveis são completamente diferentes na câmara também ...

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Não conheço a engenharia por trás dos bicos da Peugeot, mas, pensando na injeção direta hoje a gasolina que vendem aqui (que tem muito enxofre) arrebenta com o motor (de injeção direta), obrigando o proprietário a usar apenas as gasolinas "premium" da vida ... (pensando em preço, abastecer com o álcool que gasta mais acabaria praticamente anulando essa diferença)

Penso que no álcool pela queima ser bem mais limpa e isenta de enxofre esses problemas deixarão de acontecer.

 

Imagino também que esses bicos (nebulizadores) façam um tipo de "swirling" váriável ... não sei ... pois a nebulização dos dois combustíveis são completamente diferentes na câmara também ...

 

Não mais... "teoricamente" (pq quero ver é fiscalização em cima) toda a gasolina vendida no Brasil em 2014 tem que ter no máximo 50ppm de enxofre (antes tinham 800ppm), aqui tem um artigo legal: http://autoentusiastas.blogspot.com.br/2013/12/enxofre-da-gasolina-brasileira-cai-937.html

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

×