Jump to content
Sign in to follow this  
Chriis

Aquisição Casa Própria

Recommended Posts

Bom dia Senhores, como vão?

 

A cada dia que passa, percebo que está na hora de fazer a aquisição de uma casa própria, um apartamento, barraco, goma ou como preferir chamar...

 

Tenho atualmente 20 anos, e tenho 4 anos de FGTS acumulados.

 

Alguem passou por uma situação parecida e gostaria de expressar sua experiencia? Gostaria de saber melhor método de aplicar um dinheiro para poder dar de entrada, qual o valor interessante para dar de entrada, qual o calculo correto para poder pagar de prestação baseado no salario atual.

 

Tks

 

See Ya! :confianteup:

Edited by Cwbeats

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fala meu caro !!!

 

Seguinte, vou compartilhar minha experiencia............. que por acaso estava falando com um amigo aqui no trabalho HOJE que está na mesma que vc.....

 

Já passei por isso... nao estava nos 20 quando fiz isso... com 20 minha cabeça era só trabalho e facul putaria... vender o almoço pra pagar a janta a putaria da noite...

 

enfim, vida de pelego é assim mesmo, juntar uma entrada + FGTS + dar meia horinha de bunda + vender o carro + ...+.... +.... :haha:

 

Fiz isso perto dos 30. hoje tenho 36. ainda pago o maldito financiamento, mas já consegui adiantar vários anos. Fiz no prazo maximo (30 anos), paguei uns 7 normais, adiantei uns outros 10, ou seja, faltam ainda uns bons 12 anos pra terminar essa porra.

 

no meu caso, só consegui começar a juntar um trocado depois que terminei de pagar a facul... trocar umas mil vezes de emprego ... enfim, vamos ao que interessa:

 

- FGTS: vc pode usar pra dar entrada e a cada dois anos pode usar de novo pra abater parcelas (reduzir valor da parcela ou reduzir prazo, pagando parcelas do fim). a cada dois anos dao um puta alivio . Qdo comprei meu apto, eu tinha uns bons 7 a 10 anos de FGTS acumulados

 

- Parcela mensal: os bancos tem regras diferentes, mas similares, que giram em torno de 25% a 30% da sua renda . alguns dizem bruta, outros dizem liquida. No itau é da renda bruta. Ou seja, salario registrado em carteira de 10.000,00 vai liberar uma parcela máxima de 2.500,00.

 

- pesquise muito bem o banco e o tipo de financiamento. Por exemplo, eu qdo estava procurando, fui HSBC, Caixa, Santander, ITAU.

De cara o juros mais baixo era na Caixa

O segundo era no HSBC

o terceiro era o Itau

Pesquise os pros e contras de cada um, nao só o juros, mas o CET (custo total), alem de facilidades pra pagar, adiantar parcelas e qual a burocracia envolvida em cada um dos seus bancos candidatos:

no meu caso

Caixa, o custo era menor, mas a burocracia tremenda, queriam que eu abrisse conta no banco, uma puta enrolação, demorado pra caraio, tinha que pagar no carne, nao conseguia pagar online, adiantar parcelas um caos

 

HSBC - juros quase igual da caixa, bem ali, diferença era nos cents, mas o que me pegou aqui foi o seguinte: na epoca o contrato (nao sei se mudou hj isso), mas na epoca eles nao deixavam adiantar parcelas do fim do contrato ( e com isso, amortizar juros futuros). Caso eu quisesse adiantar parcela (que ja era meu plano), eu teria que adiantar parcelas imediamente proximas. Com isso o juros caia uma miseria. Exemplo, em 100 parcelas, estou na segunda, quero adiantar uma, me deixariam adiatar a parcela 3. Ou seja, juros praticamente igual.

 

Itau, juros um pouco maiores, mas varias facilidades. uma taxa só ja avalizavam o imovel, cehcavam todos os docs do vendedor e do imovel. segunda vantagem aqui pra adiantar financimento. duas opções que da pra fazer online a qualquer momento: adiantar parcelas , usando mesmo exemplo acima (100 parcela, estou na segunda e quero adiantar uma, eu posso adiantar a parcela numero 100. Com isso: trazem o valor pra valor presente (elimina todo o juros) e pago na hora. com isso, exmplo uma parcela de 2.500,00 vem seila por uns 500. !!!!

Segunda opção ao invés de adiantar parcelas é abater do valor total, mantendo o prazo , com isso cai o valor da parcela... por exemplo vc simula que vai pagar 10k e manter o prazo total... seila sua parcela vai cair uns 60.00 conto por mes.

 

aí vc pergunta, e qunato era a diferença de juros.... putz... acho que 1pp, mas que na parcela representava uma diferença de 70 cruzeiros. Cara, o preço da comodidade no meu caso valiam 70 cruzados novos. fiz no itauzao mesmo que é onde sempre tive conta.

 

- Entrada/poupança: aqui vale tudo. Eu fazia o seguinte quando estava juntando $$$ pensando na entrada. Deixava programado pra tirar um X % da minha conta pra poupança no exato dia que caía meu salario. Nao importa se em determinado mes eu estava fodido, no cheque especial ou nao, estava programado e bam, transferia. Assim eu me forçava a "guardar" dinheiro, por mais que os especialistas digam , "olha quite suas dividas pra depois poupar". No meu caso, se eu nao poupasse "à força", nao conseguia poupar. E aqui nao importa, programar 200/mes, 2.000/mes. O que importa é manter o fluxo constante.

Algumas pessoas fazem consorcio pra isso.... quase fiz, acabei de nao fiz.

 

Eu tambem "brincava" na bolsa. Home broker do Itau, vc consegue comrpar e venedr ações... eu ja tive uma grana razoavel na bolsa. O risco é grande e vc precisa de tempo pra fazer as jogadas de day trade pra nao ter que necessariamente "tirar" $$$ da sua conta. Enfim, aqui se vc tiver BOLAS, uma grana e se interessar pelo mercado financeiro, da pra tirar um extra.

 

entrada: Nao necessariamente dar tudo o que tem é a melhor solução... as vezes é melhor dar a entrada um pouco menor e usar um cash a vista que tiver para outras compras. Por exemplo, negociar compra de moveis/armarios embutidos a vista . E aí financiar um pouco mais no banco/apto pode ser mais vantajoso e "barato" do que financiar os móveis. Exemplo, dar de entrada 50k, financiar +300k e comprar parcelado mais 12k de armarios, com certeza vai sair mais caro do que se vc der 40k de entrada, financiar 310k e pagar a vista os armarios (que com certeza vc tem poder de barganha maior. sacou minha lógica por tras disso?? :santodeus:

 

Aspectos importantes a se pensar, especialemten caso vc "more com a mamae" :somuchwin: :

 

1 - Não é só o valor do financimento mensal que vc precisa pensar pra saber se consegue comprar e morar. Precisa por na ponta do lapis: condominio, iptu, luz, agua, cable tv, internet e todas as outras contas de hj vc nao deve ter (mercado, lavanderia, empregada, reforma, etc etc etc etc kkkkkkkkkk). No meu caso, eu tinha uma planilha, vou ver se acho e disponibilzo aqui) em que eu simulava a porra toda.... por exemplo, custos fixos mensais, alem de gastos unicos, por exemplo mobiliar a casa, geladeira, fogao etc, e em quatas parcelas eu conseguiria quebrar essa porra toda.

 

2 - (se já mora sozinho, pode pular item 2 e 3, pois já sabe o quanto custa viver sozinho, senao): custos mensais fixos, como falei no item 1, mano auqi o bicho pega, e nivel FODAAAA. seila, exemplo tosco, pega um apto e pagar uns 2.500 de financiamento. Pode colocar uns 500-600 de condominio, mais uns 100-150 de iptu, mais 250 de TV a cabo + net, 50 luz, 50 agua, 50 gas. Brincando só o custo do apto (sem contar pra VIVER la dentro) de 2.500 vai pra uns 3.600-3.700.

 

3 - custo pra viver la dentro: seila, vc e sua mina, aqui em SP pode por mais no minimo 1.000-1.500 de compras no mercado + empregada? uma vez semana 100,00, no mes + 400,00. Pronto, seu custo inicial de 2.500,00 brincando está nos 5.500,00.

 

4 - considere que sua vida vai melhorar ao longo dos anos. Claro, pode perder emprego, se fuder, dar uma patinada, mas considere que vai melhorar de vida!!!

 

- COmprar como investimento e continuar a morar com a mamae: aqui se tiver essa oportunidade é uma boa, comprar um, alugar e o valor do aluguel paga a prestação.

 

Caraiosssss..... acho que esse texto tá confuso pra caraio !!! espero que faça algum sentido pra vc !!! huahauahuah

qq coisa tamo aí !!!

Edited by MrBurns
  • Upvote 16

Share this post


Link to post
Share on other sites

O MrBurns já falou praticamente tudo e me enquadro no que ele disse. No começo da minha vida, era tudo pra putaria. Depois que casei é que coloquei o bonde no trilho. O melhor das opções é comprar e alugar o imóvel, e continuar onde está hoje. E lembre-se que o valor da parcela é +ou- 1,2% do valor a financiar. Por exemplo, 200k financiado vai dar uma parcela de 2.3k~ por mês.

 

Independente do que você vai fazer, morar ou alugar, vale lembrar que o estado do imóvel é um ponto tão importante a ser visto quanto o financiamento. O custo da reforma, por m2, varia de região para região. Estado das paredes, infiltração, elétrica, vizinhança, as contas do prédio, o estado de conservação do prédio, fundo de reserva do prédio, tudo isso influencia e pode ser a diferença entre um bom ou mal negócio.

 

Por exemplo, comprei a 4 anos atrás um cobertura gigante a preço de banana. Sabia que precisava de reforma, e entrei para morar já sabendo disso. Sabia, também, que o condomínio era alto. Ao final de 4 anos, vendi o imóvel porque já estava quase chegando a 2k de condominio, ainda tinha muita reforma para fazer, e os condôminos eram um bando de merda. A minha sorte foi a alta imobiliária, que me fez lucrar 5x o valor do imóvel. Achei uma pessoa que comprou e agora o problema é dela.

 

Conversa com os mais velhos da sua família, chama, se tiver, um pedreiro de sua confiança para ajudar a avaliar o futuro imóvel, se for novo, veja se a construtora é conceituada, enfim, se cerque porque ainda assim, algo vai passar. Precisando, coloca ai que ajudamos!

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boaaaaa....

 

complementando... qdo comprei era solteiro... hj sou casado, a patroa entrou no rateio mensal e num contrato antes de casarmos (qdo ela veio morar comigo), que ela pagaria metade dos custos fixos e que teria x% do apto no caso de dissuloção do contrato.

 

Vamos lá, comprei.... coisa de 1-2 anos depois ela veio morar comigo... fizemos um contrato, ela deu uma grana pra "comprar o passe" kkkkk, ou seja, ah fvamos comrpar cama nova, sofa, quebrar aqui e ali etc... ela pagou tudo, e entrou no 50/50 das contas. no nosso acerto , ente outras coiasas, Isso deu direito a ela de acordo com nosso contrato a 15% do apto.

Casamos com comunhao parcial de bens , ou seja, no apto ela nao tem direito a 50/50, ela tem direito aos 15% que "vendi" pra ela.... claro, caso uma separação litigiosa vou acabar me fudendo, mas na teoria... tem só 15%...kkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Upvote 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acompanhando!

 

Ótimas dicas, legal tmb iniciativa do cara jovem 20 anos pensando na casa própria! Parabéns

 

Estou em situação parecida mas com idade avançada, 28 anos e a mulher no encalço, nada de cobrança mas tipo eai, como vão as coisas aí tal hahahah

 

Estou pesquisando bastante, comprar pronto, usado, olhando mercado/economia, os boatos sobre a recessão pôs copa.

 

Atualmente penso que terei que vender meu rim, fazer uns programas e caralho (desculpa expressão) pra comprar minha casa própria.

 

Fico me perguntando...

 

Existe uma super valorização dos imóveis ou realmente hj vale o que estão pedindo?

 

Recessão pôs copa, será que são boatos?

 

Tenho muitas dúvidas sobre comprar na planta.... Tipo sobre as taxas, construtora, banco, financiamento, valorizações, algumas coisas que são obscuros no contrato. Como fazer?

 

Ou comprar pronto?

Será que e uma boa opção, consigo usar o fgts de entrada? Ou só depois q sair o financiamento?

 

Abs

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

Edited by delarasp
  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom,apesar de ter 21 anos ja penso nisso tudo hahaha

 

Aqui em MG ( minha opiniao ) vale mais comprar um lote na regiao metropolitana e ir construindo, aqui como em todo o brasil qualquer apartamento no grande centro esta um absurdo, 150 200 250 300 mil por 40 50 metros quadrados, EU acho MUITO dinheiro, prefiro comprar um lote a 20 25 minutos do centro, que ainda nao estao tao inflacionados e construir

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muito obrigado pelo retorno pessoal, muita experiencia interessante de pessoas que já passaram por isso!

 

Eu atualmente tenho 20 anos e acabei de terminar de pagar a faculdade (Que corroia todo meu dinheiro). Atualmente praticamente não tenho gastos mensais, com exceção de carro, saídas (Que nem são muitas), roupas (eventualmente), e algumas parcelas ridiculas de eletronicos (TV.. Home Theather.. essas coisas).

 

Assim que eu terminei a faculdade, meu salário deu um UP bem interessante (76% pra ser mais exato). E as ideias de investimento imobiliario começaram a vir mais frequentemente.

 

Eu entrei na faculdade recem feito 17 anos, digamos que tenho os pensamentos meio precoces mesmo, ahahaha. Moro na região metropolitana de Curitiba, aqui atualmente não está valendo comprar terreno para construção (meio terreno que valia R$8.000,00 a 10 anos atrás agora vale R$40.000,00 brincando).

 

Em relação a situação que o delarasp expos, tenho um conhecido na empresa que efetuou uma aquisição de ap de 90 m² na planta por R$90.000,00. Hoje o apartamento é vendido por R$165.000,00 com 3 dormitórios. Eu recomendaria talvez a analise do contrato por um advogado de confiança.

 

No meu ponto de vista, a situação atual é de super valorização sim. É possivel ver em alguns predios novos de condominio em construção que a qualidade do material não é da melhor qualidade. Infelizmente imóvel está se enquadrando na mesma situação de juros e impostos abusivos que pagamos em veículos no BR e da taxa ridicula que nos é cobrada pela gasolina por exemplo. No caso do FGTS eu li uma vez no site da caixa que você consegue utilizar caso tenha 36 meses de carteira assinada (Não precisa ser consecutivos, pode ser aos picados). Nem é dificil, eu mesmo já tenho isso.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sobre a situação que o MrBurns expôs sobre custo de vida morando sozinho:

 

Eu tenho a intenção de morar sozinho mesmo, no MAX dividir o apartamento com algum amigo de muita confiança. Sei la...

 

Tenho um amigo que mora sozinho atualmente e pelo o que ele fala, o custo que ele tem não é alto (Claro que o cara segura o máximo que puder).

 

Condominio aqui na região tem a média de valor de R$200,00~R$300,00.

Pagamos atualmente Internet+Telefone = R$69,00 (Nem assisto TV mesmo, só tenho pra jogar ps3, whatever tv a cabo hahaha)

Na questão comida + cerveja + cerveja = Recebo atualmente Senff mercado na empresa, que deve ir agora para uns R$190,00 pila por mês.

 

Realmente, é muita coisa pra por na balança... Eu teria que morar no apartamento vazio com 1 colchão de solteiro dentro hahahahahahahaha.

 

Em relação a guardar dinheiro todo mês:

Meu primeiro carro foi adquirido com um consorcio (Um Gol g3 filho da puta). A demora para você pegar a carta de crédito é uma parada absurda. Eu sou o cara mais azarado do mundo, pode ter 59 sorteios num grupo de 60 participantes e eu nao vou ser escolhido. Tive que dar cota de 35% na época para ser contemplado depois de 3 meses. zzzzzzzzzz

Estou tentando guardar na poupança mensalmente, mas confeço que é FOOOODA. Como faço trabalhos por fora da empresa (TI), procuro sempre colocar essa grana lá direto para não gastar, mas a tentação é complicado. O PIC do Itau eu pensei seriamente em começar a pagar, mas ai pesquisando, ouvi muita gente reclamar. Preferi deixar de lado...

 

See Ya!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tô começando a me preocupar com essa questão de imóvel próprio também.

 

Assim, eu tenho 29 anos e (ainda) moro com os meus pais, e se dependesse apenas deles eu moraria lá pra sempre, mas sabe como é, eu preciso de um lugar só meu - primeiro pra eu poder guardar minhas coisas, segundo pra eu poder levar a namorada sem me preocupar com barulho nem nada, e terceiro porque, bom, é claro que se faz necessário ter um lugar próprio pra morar.

 

O problema é que eu sou servidor público, e portanto não tenho FGTS e nunca terei. Então tenho que fazer poupança "na unha" mesmo. Entrei no serviço público no fim de 2007 ganhando uma mixaria (hoje vejo que era, mas aos 22 anos parecia uma fortuna), e em vez de sentar, fazer uma planilha e ir direcionando pra onde iria meu suado dinheirinho, saí gastando - e pegando dinheiro no banco, BIGGEST MISTAKE EVER, nunca façam isso - como se não houvesse amanhã. Bom, houve :haha: e hoje pago o pato. Mas, como passei em outro concurso e finalmente minha situação financeira deu uma melhorada considerável, agora faço o que o MrBurns disse: me forço a guardar uma grana todo mês, ainda que pouco. Se eu fosse esperar quitar as dívidas pra começar a poupar, não começaria nunca. O plano é daqui a 3 anos ter um valor razoável pra dar de entrada num apErtamento.

 

Anyway, aqui no DF tem o programa Morar Bem, que subsidia moradias ~populares~ (populares MESMO my ass, mas enfim) pra pessoas de renda familiar de até 8 mil reais. A cada ano tem um período de inscrições no programa, aí depois de um tempo, coisa de 2 anos, o cabra é selecionado, entrega a documentação, se aprovado vai para financiamento - na Caixa ou não, tanto faz o banco - e recebe o imóvel. Eu tô de olho nos imóveis de um bairro recém-criado por aqui, que é show de bola, é um bairro feito de 15 condomínios fechados, com toda a infra-estrutura, e a preços pagáveis pros padrões de Brasília (coisa de 100 mil reais um apartamento de 46 m², medida padrão, ou 120 mil reais uma casa de 2 quartos e 52 m² - acredite, pra Brasília tá barato).

 

Se não rolar isso, tô vendo que vou morar de aluguel, porque imóveis em bairros "moráveis" por aqui estão putaqueparilmente caros...

 

ou morar com os meus pais pra sempre :tabom:

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom dia Duzinfa,

 

O valor de DF não é muito diferente daqui não! Apartamento de 60 m² (com area útil de 52m²) está R$165.000,00

 

Exemplo abaixo

http://www.venturiimoveis.com.br/imovel/apartamento-residencial-venda-afonso-pena-sao-jose-dos-pinhais-pr/AP0014-VEM

Share this post


Link to post
Share on other sites

Minha casa tbm está financiada, mas fiz pelo Bradesco, porque dependendo da renda os juros cobrados são quase os mesmos. Fiz pelo Bradesco tbm por causa da rapidez, a CEF demora de 90 a 120 dias e pelo Bradesco em menos de 30 dias saiu. Pela CEF vc tem que apresentar um monte de comprovantes (financiamentos, fatura de cartão, até as cuecas vc tem que mostrar kkk), pelo Bradesco tinha um carro financiado e nem me pediram o carne.

 

Hoje em dia não precisa mais esperar 2 anos para usar o FGTS, se quiser usar todo ano pode e tem opções diferentes de uso: vc pode usar para abater as 12 próximas prestações (vai ficar 1 anos "sem pagar" do seu bolso); vc pode abater no saldo devedor, o que fará com que a parcela caia, mas não o tempo; vc pode usar se não me engano, 50% do valor do FGTS para abater no valor da parcela mensal e a ultima opção e para mim a mais vantajosa, usar o FGTS para abater no tempo, dessa forma vc diminui o tempo e automaticamente a parcela cai, que foi o que eu fiz: paguei 24 parcelas e ai dei 10 mil para abater no tempo, esse valor consegui adiantar 36 parcelas e o valor caiu 60 reais dali em diante, paguei 5 anos em 2 e como fiz em 25 anos, se fizer isso a cada 2 anos consigo quitar na metade do tempo.

 

A melhor coisa a se fazer com o FGTS é investir em imóvel, pois é um dinheiro que não rende porcaria nenhuma (menos que poupança), vc não pode usar para outra coisa.

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

"Fórmula" para quitar o financiamento imobiliário em menos da metade do prazo do financiamento.

Algumas considerações:
-Uso do FGTS total no ato da compra do imóvel.
-Uso do FGTS na parcela mensal: até 80% do valor da parcela podendo ser utilizado a cada 12 meses.
-Uso do FGTS como quitação antecipada do contrato a cada 24 meses (primeira utilização a qualquer tempo).
-Em caso do cônjuge ter FGTS pode ser utilizado em conjunto.

São duas as modalidades de quitação antecipada:
-Diminuição no valor mensal da parcela (menos atrativo).
-Diminuição no prazo do financiamento.

Consideremos um empregado com salário bruto mensal de R$ 4.000,00.
Depósito mensal de FGTS (8%) : R$ 320,00 (1)
Salário anual (12 Salários + 13º Salário + Férias 30%): 53.200,00
Depósito anual do FGTS: R$ 4.256,00

Digamos que o empregado em questão faça um financiamento de um imóvel no valor de R$ 150.000,00 dando de entrada (capital própio+ FGTS) de R$ 50.000,00 e financie R$ 100.000,00 em 30 anos.

A prestação será aproximadamente: R$ 987,57 composto por:
Amortização: R$ 277,77 (2)
Juros: R$ 658,92
Seguro/Adm: 50,87

O valor a ser observado é que a amortização do financiamento (2) é menor que que o depósito mensal do FGTS (1), ou seja, se você utilizar este depósito mensal + pagamento das prestações você vai dobrar a amortização do mês e fazer uma economia de R$ 709,79 (Juros + Seguro/Adm daquele mês) a cada mês que você amortizou.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
01-Vá até a CEF e compre o seu imóvel.
02-No ato da compra saque 100% do seu FGTS (e do cônjuge se for o caso) e dê como entrada no imóvel.
03-Aguarde alguns meses juntar qualquer valor no FGTS, um trabalhador com salário bruto de R$ 4.000,00 terá mais de R$ 1.200 em 4 meses, após este saldo inicial vá até a agência da CEF e solicite "Abatimento do Financiamento diminuindo o prazo" com este saldo. EX: Saldo R$ 1.280 (4x320) / R$ 277,77 (amotização) = 4,6 meses + remoção dos juros dos próximos 29 anos sobre este aporte, ou seja, com o valor de +/- uma prestação mensal você vai pagar umas 6 ou 7.
04-Aguarde completar 12 meses do seu contrato e solicita "Dividir o saldo atual do FGTS na prestação mensal", você terá pelo menos 8 depósitos + 13º + férias = R$ 2.976,00 que será diluído nas próximas 12 parcelas = desconto de R$ 248,00 mensal.
05-Sua parcela mensal a ser paga será de R$ 739,57 (R$ 987,57 - R$248,00).
06-FAÇA UMA CADERNETA DE POUPANÇA!!!
07-Agende desde o PRIMEIRO MÊS que estes R$ 248,00 que você economizou se destinem para esta poupança.
08-A cada 4 meses vá até a CEF e "limpe" a poupança solicitando "Abatimento do Financiamento diminuindo o prazo", serão liquidadas mais algumas parcelas e removidos os juros futuros daquele capital.
09-Aguarde 12 meses do início do parcelamento, você terá um saldo "cheio" e faça novamente "Dividir o saldo atual do FGTS na prestação mensal.
10-Aguarde os 24 da 1º retirada do FGTS e faça Abatimento do Financiamento diminuindo o prazo".
11-Siga alternando entre as modalidades, lembrando dos aniversários (24 e 12 meses).

Lembrando que nosso salário aumenta (em princípio) e a prestação decresce a cada liquidação a relação entre a amortização (aumenta) e os juros (diminuem) se torna mais favorável ao mutuário.

  • Upvote 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom dia Duzinfa,

 

O valor de DF não é muito diferente daqui não! Apartamento de 60 m² (com area útil de 52m²) está R$165.000,00

 

Exemplo abaixo

http://www.venturiimoveis.com.br/imovel/apartamento-residencial-venda-afonso-pena-sao-jose-dos-pinhais-pr/AP0014-VEM

 

Rpz. A diferença pro DF não está pouca. Preço médio do metro quadrado aqui é de mais de 8k.

Um imóvel desse aqui, num bairro bom, não sai por menos de 400k.

Edited by Sallsicha
  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Rpz. A diferença pro DF não está pouca. Preço médio do metro quadrado aqui é de mais de 8k.

Um imóvel desse aqui, num bairro bom, não sai por menos de 400k.

 

Realmente, a diferença é grande, my mistake.

Obrigado pela estratégia Sallsicha, conteúdo bem interessante!

 

Existe esse boato de "Não efetue aquisições imobiliarias em 2014, pois ano que vem a parada vai diminuir drasticamente". Alguem sabe se isso realmente procede?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom dia Duzinfa,

 

O valor de DF não é muito diferente daqui não! Apartamento de 60 m² (com area útil de 52m²) está R$165.000,00

 

Exemplo abaixo

http://www.venturiimoveis.com.br/imovel/apartamento-residencial-venda-afonso-pena-sao-jose-dos-pinhais-pr/AP0014-VEM

Mas esses valores que eu falei são subsidiados pelo GDF, e são de habitações "populares". Cada condomínio tem prédios de apartamentos, e blocos de casas conjugadas. Por exemplo, na foto abaixo temos duas casas de 3 quartos:

 

73365593.jpg

 

Sendo assim, como os condomínios são exatamente iguais, assim como as casas, e todas são feitas de material pré-moldado, o custo de construção é menor e o valor dos imóveis é menor. E o subsídio do GDF incide no valor do imóvel. Ou seja, um apartamento de 100 mil reais pode ter um subsídio de, sei lá, 15 mil, e o comprador financia o restante, descontado o valor da entrada.

 

Já um imóvel "comum" (ou seja, sem ser popular e sem subsídio etc e tal) num bairro razoavelmente bom por aqui com a mesma metragem, como disse o Sallsicha, não sai por menos de 400 mil.

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Verdade, havia

 

Mas esses valores que eu falei são subsidiados pelo GDF, e são de habitações "populares". Cada condomínio tem prédios de apartamentos, e blocos de casas conjugadas. Por exemplo, na foto abaixo temos duas casas de 3 quartos:

 

73365593.jpg

 

Sendo assim, como os condomínios são exatamente iguais, assim como as casas, e todas são feitas de material pré-moldado, o custo de construção é menor e o valor dos imóveis é menor. E o subsídio do GDF incide no valor do imóvel. Ou seja, um apartamento de 100 mil reais pode ter um subsídio de, sei lá, 15 mil, e o comprador financia o restante, descontado o valor da entrada.

 

Já um imóvel "comum" (ou seja, sem ser popular e sem subsídio etc e tal) num bairro razoavelmente bom por aqui com a mesma metragem, como disse o Sallsicha, não sai por menos de 400 mil.

Verdade, havia me esquecido dessa situação do subsidio para casas populares.

Nessa situação tenho o exemplo abaixo, que está sendo construido inclusive na frente da minha casa atual...

http://www.venturiimoveis.com.br/imovel/casa-residencial-venda-ipe-sao-jose-dos-pinhais-pr/CA0052-VEM

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não entendi a parte do "subsídio a casas populares". Pensei que o subsídio estava ligado a renda e não ao imóvel em si.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não entendi a parte do "subsídio a casas populares". Pensei que o subsídio estava ligado a renda e não ao imóvel em si.

Bom dia,

 

Me referi a seguinte situação

 

No caso do programas like a "Minha casa, minha vida". Existe valor máximo de imóvel a ser subsidiado variando de região para região. O valor a ser subsidiado se baseia na renda total dos integrantes (Me corrijam se eu estiver errado)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não entendi a parte do "subsídio a casas populares". Pensei que o subsídio estava ligado a renda e não ao imóvel em si.

Realmente não ficou claro. Essas casas populares (pelo menos no caso do GDF) são voltadas para pessoas com renda familiar de até 8 mil reais* - na prática é menos, pelo que eu estou vendo de amigos que conseguiram imóveis nesse bairro que falei. O subsídio entra aí, só para pessoas com essa renda, porém atrelado ao imóvel ser do programa habitacional do governo.

 

*Lembrando que o DF tem um custo de vida consideravelmente caro, aqui 8 mil reais não é lá muuuuuita coisa não.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Realmente não ficou claro. Essas casas populares (pelo menos no caso do GDF) são voltadas para pessoas com renda familiar de até 8 mil reais* - na prática é menos, pelo que eu estou vendo de amigos que conseguiram imóveis nesse bairro que falei. O subsídio entra aí, só para pessoas com essa renda, porém atrelado ao imóvel ser do programa habitacional do governo.

 

*Lembrando que o DF tem um custo de vida consideravelmente caro, aqui 8 mil reais não é lá muuuuuita coisa não.

 

Ah entendi, vlw pelo esclarecimento.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sry a ignôrancia, mas sejamos sinceros. Uma aquisição desse nivel é bem complexa...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Que tópico excelente e pertinente também.

Porque acabei de comprar meu imóvel.

Depois de 3 anos morando de aluguel, consegui isso, e aqui no Rio de Janeiro, na bolha imobiliária mais descarada do País.

 

Fiz no HSBC mesmo...pra mim ficou melhor que na caixa, a taxa um peido maior que a da caixa, e muito menos burocracia e demora.

Já tenho conta anos no HSBC e gosto, na Caixa teria que vender minha alma pra eles, passar conta pra lá e sei que o internet bank deles é porco.

enfim...

 

Todos vão no automático em fazer na Caixa, mas dêem uma olhada em outros bancos, as vezes vale a pena.

 

Agora uma dúvida...essa parada de abater o FGTS de 2 em 2 anos, eu pensei que eram de 3 em 3.

E aí?

2 anos mesmo?

Bom saber, valeu

Share this post


Link to post
Share on other sites

Yuri

 

Fui informado no meu banco que não é mais necessário aguardar 2 anos. Pode ser anual.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Realmente não ficou claro. Essas casas populares (pelo menos no caso do GDF) são voltadas para pessoas com renda familiar de até 8 mil reais* - na prática é menos, pelo que eu estou vendo de amigos que conseguiram imóveis nesse bairro que falei. O subsídio entra aí, só para pessoas com essa renda, porém atrelado ao imóvel ser do programa habitacional do governo.

 

*Lembrando que o DF tem um custo de vida consideravelmente caro, aqui 8 mil reais não é lá muuuuuita coisa não.

 

 

Se tudo der certo, eu sou um deles :lol22:

  • Upvote 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Que tópico excelente e pertinente também.

Porque acabei de comprar meu imóvel.

Depois de 3 anos morando de aluguel, consegui isso, e aqui no Rio de Janeiro, na bolha imobiliária mais descarada do País.

 

Fiz no HSBC mesmo...pra mim ficou melhor que na caixa, a taxa um peido maior que a da caixa, e muito menos burocracia e demora.

Já tenho conta anos no HSBC e gosto, na Caixa teria que vender minha alma pra eles, passar conta pra lá e sei que o internet bank deles é porco.

enfim...

 

Todos vão no automático em fazer na Caixa, mas dêem uma olhada em outros bancos, as vezes vale a pena.

 

Agora uma dúvida...essa parada de abater o FGTS de 2 em 2 anos, eu pensei que eram de 3 em 3.

E aí?

2 anos mesmo?

Bom saber, valeu

 

Cara, no Itau para usar o FGTS, até onde eu sei era de dois em dois anos (regra quando fiz meu contrato) e o processo é bem simples... preencher uns formularios online, enviar uns documentos para uma caixa postal e coisa de uma semana depois recebe a resposta...

 

https://ww3.itau.com.br/imobline/pre/pdf/DAMP_3.pdf

 

Um site com boas dicas de uso do FGTS:

 

http://creditoimobiliario.penseimoveis.com.br/especial/br/creditoimobiliario/capa-interna,1319,0,0,0,FGTS.html

Share this post


Link to post
Share on other sites

Yuri

 

Fui informado no meu banco que não é mais necessário aguardar 2 anos. Pode ser anual.

 

É anual, mas tem que alternar a modalidade de uso.. Abater nas parcelas ou no tempo..

Abater nas parcelas não tem muita vantagem não..

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

É anual, mas tem que alternar a modalidade de uso.. Abater nas parcelas ou no tempo..

Abater nas parcelas não tem muita vantagem não..

 

Disso não sabia e realmente, abater nas parcelas não tem vantagem, o melhor é no tempo mesmo.

 

:confianteup:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Obrigado galera

Tava papando mosca

Acabei de falar com o banco e já posso fazer

Realmente a que tem mais vantagem é abater o número de parcelas.

no meu caso vão cair 105 parcelas e faltará "apenas" 12 anos

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olha ai, pelo menos com a minha duvida de pequeno gafanhoto, ajudei um membro e fazer um bom negócio hahaha :batman:

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Excelente tópico!

 

Apesar de eu trabalhar em uma imobiliária, não sei muito sobre isto pois trabalhava na parte de locação e agora vim para a parte de lançamentos mas no pós vendas, faço calculo, rateio de comissões mas não sei muito sobre depois do financiamento e tals, só sei que aqui em SP no ABC que é minha região os imóveis estão absurdamente caros, quando aparece apto de 250 mil vende em um fds(e é ai que me lasco pq trabalho igual um burro sem hora pra sair), mas pelo que percebi é que o pessoal desde dezembro deu uma pisada boa no freio, antes vendíamos 60 á 70% do empreendimento em um fds só, de dezembro pra cá a média caiu muuito,mas muito mesmo, quase perdi o trampo por causa disto pq sem vendas, sem demanda, sem verba pra em presa e pra que tantos funcionários, mas graças á Deus ainda estou aqui, a média de dezembro pra cá não passou de 15 á 20% de unidades vendidas nos lançamentos.

realmente este ano de 2014 só vai funcionar depois da copa pelo menos no meu ramo, investidores pisaram no freio justamente com medo da desvalorização pós copa, mas os superiores aqui disseram que não irá cair o valor pós copa não, segundo estudos eles dizem que a tendência é manter o valor "absurdo" que já está, mas reduzir ainda não.

 

Uma coisa que acontece frequentemente é o pessoal novo, casais de namorados ou noivos comprarem na emoção sem se preparar, fazer contas e tudo a lá no financiamento acabam não conseguindo renda e perdem uma boa parte do que pagaram, também sei sobre taxas que não deve ser pagas, na hora o corretor de enrola e vc acaba pagando, taxa do SATI ou Taxa contratual eles dizem, eles empurram uma coisa que não é, na verdade é um prêmio(bônus) a mais na venda que vai pro bolso deles, sempre alerto amigos que estão comprando.

 

Talvez final do ano que vem eu comece a procurar algo pra eu morar também, este ano vou aproveitar pra curtir, trocar de carro e juntar uma graninha, o bom é que se eu ainda estiver trabalhando aqui consigo zerar o comissionamento sendo assim economizo em torno de 15 mil no valor total do imóvel.

 

Mas vou acompanhar o tópico aqui que o assunto é muito bom e a galera qui já passou, está passando ou vai passar por isso e pode ajudar bastante!

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cara lendo o topico ainda bem que ja comecei desde cedo a pagar minha casa, comecei com 18 anos, e hoje esta quitada, por olha, o coisa chata pra se fazer heim pqp, muita sorte ai na compra do cafofo amigão.

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

olhando esse tópico peço a ajuda de vocês !

 

eu tenho 22 anos de idade, meus pais têm pelo menos 3 imóveis aqui...

 

em um dele estamos construindo um galpão para locação... ai que vem a duvida,

segue eles

 

1- sala no centro da cidade (empresa da minha mãe esta lá)

2- nossa casa atual

3- construção para locação...

 

Ok até ai... vem minha duvida, meu 206 eu pago pouco por mês tanto que pago 2 p/mês...

eu vendi um gol g3 que eu tinha e meu vectra para ajudar na construção... esse dinheiro eu e meu pai investimos a mais para por lage...

está tudo quitado, casa, sala e galpão...

faço a merda de entrar em um minha casa minha divida de 80 mil, e faço uma casa pro meus pais emcima deste galpão e fico com essa que moramos agora (que não é grandes coisas não... mas se investir uns 50 mil fica top... isso com piscina,churrasqueira aumento de quartos suite...bla bla bla...

 

e eu pagando 130 mil alias financiando ! consigo uma casa não com o terreno muito grande e não do jeito que eu quero....

e claro financiando esse valor de 80 mil as parcelas ficam mais suaves, e faço a casa pro meus pais pq sou um filho muito obediente :whistling:

só que tem o porém... a casa ficaria pronta em meio ano ou mais por exemplo... mas já fico com uma casa que vale mais que o financiamento...

 

tá moleque oque você ta esperando!? não sei... sinceramente... mas alguém tem base de uma taxa de juros ?

 

vale a pena esperar nem que seja 2 anos para construir ou me fuder de vez com um financiamento de +50 mil a mais?

 

afinal meus pais falaram que só querem que eu saia de casa quando formado... coisa que eu não acho bacana... to no primeiro ano de ADM ainda ...

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Zé...essa freiada brusca que você ta vendo no mercado

Nada mais é que uma crise mascarada pelo governo. Bom, é a minha visão.

A renda cresceu e o povo acha que pode sair comprando, mas cresceu também a inflação e impostos, muito mais que a renda.

a qualquer momento a crise vai estourar ai

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ótimas dicas! Acompanhando! Tb pretendo comprar imóvel rsrs

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Zé...essa freiada brusca que você ta vendo no mercado

Nada mais é que uma crise mascarada pelo governo. Bom, é a minha visão.

A renda cresceu e o povo acha que pode sair comprando, mas cresceu também a inflação e impostos, muito mais que a renda.

a qualquer momento a crise vai estourar ai

 

Yuri pelo que percebo aqui é o medo da galera mesmo, não pelo governo não, o pessoal ta com muito medo de comprar antes da copa, mas acredito que acabou a copa volta tudo ao normal mesmo, tínhamos programado 12 lançamentos antes da copa e foi adiado tudo pra depois da copa devido o fraco movimento, as incorporadoras lançaram só 5 aqui com a gente, o resto depois da copa tem tudo pra bombar de vendas pq aí o pessoal vai ver que os preços não caíram e vão correr pra comprar antes que suba mais!

 

Pelo menos por aqui né, mas atualizo essas informações logo após a copa! rs

 

Hoje em dia está muito fácil pra comprar no lançamento, que você paga pra construtora, então vende bem pq as condições são excelentes, mas o pessoal esquece lá na frente o financiamento, é aí que a porca torce o rabo!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Trabalho numa imobiliária aqui no ABC... temos imóveis em todo ABC , maua, sbc, SP

tanto venda.. como locação... e já falo.. quem mora aqui e quer comprar uma casa... a coisa ta feia

 

Como o zé disse... lançamentos de apt em 250 k .. sai na hora.. coisa rápida mesmo

trabalho na área de locação, e já trabalhei na área de vendas da imobiliária...

 

Hoje em dia... qualquer casa com 2 dorms e 1 vaga garagem... casa boa.. nada exclusivo.. por menos de R$ 350.000,00 vc não acha

 

Conta muito também, bairro, localidade.. cidade e tals

 

Mas eu mesmo, queria comprar um imóvel pra mim... mas vejo que esta muito difícil engolir estes preços absurdos que rola hoje no mercado..

 

mas sempre á uma luz no final do túnel..... aqui no ABC ta rolando muito de apartamentos sem condomínio... direto com proprietário...

semanas atrás, visitei um de 3 dorms... 1 vaga.... imóvel com 90 m² (pra eu e muie ta ótimo) ... o proprietário pedindo R$ 180.000,00

Share this post


Link to post
Share on other sites

O problema é que eu sou servidor público, e portanto não tenho FGTS e nunca terei.

 

Servidor público não tem FGTS??? Porque?

 

JP

Share this post


Link to post
Share on other sites

Deram várias opiniões e realmente há muitas coisas que pesam na decisão de ter um imóvel próprio.

 

Eu já tenho o meu, mas neste momento do mercado nas capitais e olhando exclusivamente pelo lado financeiro não vale a pena (pra quem não tem, comprar um).

 

Pelo simples fato de que alugar um imóvel está muito barato e custa na maior parte dos casos cerca de 0,5% do valor do imóvel.

 

JP



Agora uma dúvida...essa parada de abater o FGTS de 2 em 2 anos, eu pensei que eram de 3 em 3.

E aí?

2 anos mesmo?

Bom saber, valeu

 

 

Yuri

 

Fui informado no meu banco que não é mais necessário aguardar 2 anos. Pode ser anual.

 

Da ultima vez que vi era regra do próprio FGTS o uso a cada 24 meses. Ou mudou, ou o que o seu banco está propondo é diferente.

 

JP

Edited by JP1

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Servidor público não tem FGTS??? Porque?

 

JP

Tem 2 regimes: jurídico (governo, judiciário, legislativo etc.. mais estável) e celetista (com carteira de trabalho. Petrobrás, BB, CEF, etc..).

  • Upvote 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Servidor público não tem FGTS??? Porque?

 

JP

Porque o FGTS é previsto só na CLT, e servidores públicos federais (meu caso) são regidos por outro regime jurídico - a Lei n. 8.112/90, no caso.

 

Perceba que nem todo concursado é servidor. Empregados da CEF, BB, Eletronorte, etc, são regidos pela CLT e têm FGTS.

  • Upvote 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas não reza uma lenda que AGORA não eh um bom momento pra adquirir imóveis pois depois da copa vai ter a CRISE NO BRASIL, caindo o valor principalmente dos imóveis?

 

Enviado de meu C5303 usando Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vamos lá

 

Explicando o FGTS pode sim ser usado anualmente, mas não para amortização do saldo devedor, e sim para pagamento mensal das parcelas!!!1

 

Como isso funciona.

 

Voce pega o extrato na caixa, preenche um formulário no seu banco, depois de aprovada a documentação o processo é efetivado.

 

O que acontece.

 

É efetuado o saque do valor que voce indicou, e esse valor é dividido por 12, esse valor e usado para pagar parte das próximas 12 parcelas, obedecendo um limite de 80% da parcela.

 

Porque entendo que é bom fazer isso.

Se voce deixar o valor na caixa voce recebe um juros de 3%aa, e se voce fizer isso voce continua a receber esses 3%aa(pelo menos no santander). E voce tem uma folga de até 80% da parcela no seu orçamento que voce pode e deve(não faço isso... preferi usar para antecipar planos futuros) usar para amortizar o seu financiamento, ou na pior das hipoteses você acumula esse valor na poupança recebe 0.5% am, e ao final dos 2 anos voce poderá fazer uma amortização maior do que faria se o FGTS tivesse ficado na caixa.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sem querer polemizar, mas politicando... o grande culpado dessa alta inescrupulosa nos imóveis é o governo federal... Lembro que pouco depois que financiei meu apto, a O Lulinha/Dilminha lançaram o Minha Casa Minha Vida, para campinas era 110.000,00 de limite, hoje é 190.000, é um absurdo.

 

As construtoras pressionaram e o Governo aumento ridiculamente o teto, esse aumento deveria ter sido conforme o INCC que aumentou no máximo 40% nestes ultimos 5 anos.

 

E esse aumento inconsequente gerou o que, o aumento em cascata dos imóveis melhores. Se o popular custa 190.000 vou cobrar 250.000,00/300.000,00 de quem não recebe beneficio.

 

Sabe o que vai acontecer?? Se esse governo continuar é muito provável que o seu, o meu, o nosso dinheiro seja usado para bancar o perdão da divida dos desfavorecidos....Afinal se a caixa resolver tomar todos os imóveis de que desistir de pagar um financiamento de 190.000,00 para um imóvel que vale no máximo 120.000,00.

 

O Governo federal foi muito ingenuo chamou as empreiteiras para brincar mas seguiu os preços que eles quiseram colocar, ao invés de pressionar e deixar brincar só quem quisesse vender pelo preço indicado por ele.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Show de bola o tópico!!...Parabéns a todos pelos post!!

 

Acompanhando e lendo tudo...

 

Abs

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vamos lá

 

Explicando o FGTS pode sim ser usado anualmente, mas não para amortização do saldo devedor, e sim para pagamento mensal das parcelas!!!1

 

Como isso funciona.

 

Voce pega o extrato na caixa, preenche um formulário no seu banco, depois de aprovada a documentação o processo é efetivado.

 

O que acontece.

 

É efetuado o saque do valor que voce indicou, e esse valor é dividido por 12, esse valor e usado para pagar parte das próximas 12 parcelas, obedecendo um limite de 80% da parcela.

 

Porque entendo que é bom fazer isso.

Se voce deixar o valor na caixa voce recebe um juros de 3%aa, e se voce fizer isso voce continua a receber esses 3%aa(pelo menos no santander). E voce tem uma folga de até 80% da parcela no seu orçamento que voce pode e deve(não faço isso... preferi usar para antecipar planos futuros) usar para amortizar o seu financiamento, ou na pior das hipoteses você acumula esse valor na poupança recebe 0.5% am, e ao final dos 2 anos voce poderá fazer uma amortização maior do que faria se o FGTS tivesse ficado na caixa.

 

Bem esclarecido, obrigado. Não sabia que isso era possível e realmente me referia a abater o saldo devedor a cada 24 meses.

 

JP

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

×