Jump to content
Sign in to follow this  
tiagorochanh

Como Fazer Upgrade Freios 206

Recommended Posts

galera, queria dar uma melhorada nos freios do 206, aí surgiu a dúvida:

sei que em alguns carros nacionais é muito simples, é só pegar o conjunto pinças, cavaletes e discos de outro carro com freios melhores/maiores.

porém, olhando algumas especificações dos pug, não encontrei um compatível, normalmente muda a altura total do disco, por exemplo do 307.

 

existe algum que seja plug and play?

se não, como melhoram os freios do 206? :unsure:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pneus melhores.

Share this post


Link to post
Share on other sites

o seu rallye vem com os ventilados na dianteira?

Share this post


Link to post
Share on other sites

o seu rallye vem com os ventilados na dianteira?

sim, vem com ventilados.

vi que do 307 é maior, mas a altura total do disco é maior também, não sei se o cavelete do 307 compensaria essa diferença.

Share this post


Link to post
Share on other sites

é só pesquisar as specs de freio de seu 206.

geralmente, 206 tem freios dianteiros com discos de 247mm, 266mm, 283mm .

 

O kit de 283mm é usado comumente em 307, 308, 208GT, e vc vai achar em desmanche ou mesmo o disco novo.

 

Se quiser maior, tem o de 302mm do 308thp / 3008 .

 

Aí precisa avaliar se tem q trocar a pinça e discos, pois no geral o "cavalete" de montagem não muda.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Compra o conjunto de disco/pastilhas especiais na Power Brakes ou na Peixoto Freios. Vai manter a originalidade com uma pegada melhor.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Galera, não querendo ser chato, mas assim, mudar os freios não melhora a frenagem, pq o fator limitante em 90% dos casos é o coeficiente de atrito do pneu, os outros 8% é o fluido de freio, raramente seu problema é o conjunto de freio. Então assim, vc não precisa de freios maiores. Vc pode até querer, mas não precisa, vc precisa de pneus e/ou fluido melhor. Trocar o conjunto de freio "no olho" pode fazer vc perder capacidade de frenagem pq o balanço de freio vai ficar cagado, não faça isso.

 

Digo isso como alguem que sabe dimensionamento de freio, pq ja estudei isso.

 

Mas se vc quiser trocar os freios, troque, mas esteja ciente que não é isso que vc precisa fazer pra freiar melhor.

  • Like 1
  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

é só pesquisar as specs de freio de seu 206.

geralmente, 206 tem freios dianteiros com discos de 247mm, 266mm, 283mm .

 

O kit de 283mm é usado comumente em 307, 308, 208GT, e vc vai achar em desmanche ou mesmo o disco novo.

 

Se quiser maior, tem o de 302mm do 308thp / 3008 .

 

Aí precisa avaliar se tem q trocar a pinça e discos, pois no geral o "cavalete" de montagem não muda.

cheguei a dar uma pesquisada... do meu é 247, do 307 que vi é 266, mas tem diferença na altura total do disco.

quanto ao cavalete não cheguei a verificar, só imagino que como as pinças precisam ser afastadas do centro da roda, talvez os cavaletes sejam maiores, mas pode ter diferença só na pinça mesmo

 

 

Compra o conjunto de disco/pastilhas especiais na Power Brakes ou na Peixoto Freios. Vai manter a originalidade com uma pegada melhor.

o peixoto sei que trabalha muito bem, mas não cheguei a cotar com ele

o que eles fazem geralmente é isso, usar o mecanismo de algum carro com freio mais eficiente e slotar os discos, ou em caso de carro de pista, usar outro elemento nos discos

 

 

Galera, não querendo ser chato, mas assim, mudar os freios não melhora a frenagem, pq o fator limitante em 90% dos casos é o coeficiente de atrito do pneu, os outros 8% é o fluido de freio, raramente seu problema é o conjunto de freio. Então assim, vc não precisa de freios maiores. Vc pode até querer, mas não precisa, vc precisa de pneus e/ou fluido melhor. Trocar o conjunto de freio "no olho" pode fazer vc perder capacidade de frenagem pq o balanço de freio vai ficar cagado, não faça isso.

 

Digo isso como alguem que sabe dimensionamento de freio, pq ja estudei isso.

 

Mas se vc quiser trocar os freios, troque, mas esteja ciente que não é isso que vc precisa fazer pra freiar melhor.

respeito tua opinião, mas na prática não é bem assim...

infelizmente muita coisa nos carros é subdimensionada (principalmente o que é vendido no brasil), uso como exemplo um golf que eu tinha.

o golf não é um carro popular, tem motor "potente" e é pesado, mesmo assim vinha de fábrica com discos sólidos e pequenos, porém, só colocar discos ventilados não melhora a frenagem, só retarda a perda de eficiência (mesma coisa do fluido, só aumenta a temperatura de ebulição, a eficiência é a mesma). o gti é exatamente o mesmo carro, porém em carroceria 2 portas, e vinha com discos ventilados e discos na traseira, porque é uma versão "esportiva" bem mais cara.

eu sinceramente não acho os freios do 206 muito bons mesmo estando tudo em dia.

 

de qualquer forma, obrigado!

Share this post


Link to post
Share on other sites

3 trackdays usando o conjunto original do 207 (ventilado na frente, tambor atrás) com pastilha vagabunda da ecobrake, fluido 5.1 de $30 da varga, sem fazer volta de cooldown, (em ctba devo ter feito mais de 20 voltas quentes seguidas freando depois dos 100m da reta principal, a 175km/h ) sem ter nenhum problema com freio, não desceu pedal, não faltou, tudo zero.

 

Só relatando a minha experiência que não falta freio, e nos cálculos tb, não falta, pode ser que no golf falte, mas no 206 não falta.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muito bom o debate, pois estava com a mesma dúvida...

 

Rampazzo, vc tocou em um ponto importante sobre que a troca do conjunto não trará maior eficiencia. Como estava prestes a trocar pastilhas, lonas e mais algumas peças do meu 207 1.4, cogitei em colocar os discos do 308 na frente e trocar o tambor traseiro por disco no eixo traseiro, da propria linha 206/207.

Mas foi aí que fiquei com receio, caso eu troque os discos originais por maiores do 308, será que a tendencia ao travamento seria maior, já que meu carro não tem ABS?

 

Já levei alguns sustos em descida de serra onde o transito parou repentinamente, meu carro estava com 4 pessoas + bagagem e se não tivesse a uma boa distancia do carro da frente, certamente bateria, mesmo descendo engrenado e alternando o uso do freio e reduzidas.

 

Tiagorochanh, seu carro tem o mesmo set-up de freio que o meu, acredito que a troca do disco solido, por disco ventilado e respectivas pastilhas já dão uma diferença boa e sem ficar desequilibrado, já que é este o set-up original de fabrica da maioria dos 206 e 207 1.6 16V.

Share this post


Link to post
Share on other sites

bom, acho lenta a resposta do freio, parece realmente "fraco", nunca cheguei a travar as rodas.

sendo o meu carro 99, a Peugeot manteve exatamente o mesmo sistema de freios por mais de 10 anos?

sei que normalmente existe alguma atualização em alumas marcas... seja cilindro mestre, acionamento das pinças, etc.

 

então talvez seja falta de costume com o freio do pug.

Share this post


Link to post
Share on other sites

bom, acho lenta a resposta do freio, parece realmente "fraco", nunca cheguei a travar as rodas.

sendo o meu carro 99, a Peugeot manteve exatamente o mesmo sistema de freios por mais de 10 anos?

sei que normalmente existe alguma atualização em alumas marcas... seja cilindro mestre, acionamento das pinças, etc.

 

então talvez seja falta de costume com o freio do pug.

Calma, nunca travou as rodas pq o freio mesmo com o pedal no batente não foi capaz, ou pq nunca chegou a esse ponto?

 

Se não travou pq o freio não foi capaz, ai vc precisa mexer ( em geral, sangrar o freio direito ja deve resolver) mas no exemplo no cara la em cima, carro cheio, freio supostamente bem sangrado, e não travar, ai talvez ai vc realmente precise de freios maiores.

 

Eu falei bosta la em cima, tudo que eu falei se aplica a cenário de carro vazio, e discos ventilados,e bem sangrados, carro cheio, ou discos sólidos, pode ser que realmente precise de freios maiores

Edited by Rampazzo

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tive um 206 2007 1.4 e o freio era excelente.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Essa discussão sobre freios muito me interessa, pq acho os freios do meu (1.4 8v com discos sólidos na frente e tambores atrás) MUITO fracos.

 

Amigos que já dirigiram meu carro também acham os freios meio ruins. Não são progressivos, são meio borrachudos e dão fading muito facilmente.

 

A manutenção está em dia, discos e pastilhas sempre em boas condições, DOT 5.1 na linha, sem ressalvas por nenhum dos mecânicos que olham o carro. E os freios sempre foram assim, desde 0km (8 anos com o carro).

 

Colegas que possuem o 1.4 tb acham os freios fraquinhos. Quando dirigi um 206 1.6 e um C3 1.6, achei os freios MUITO melhores. De pisar no pedal e o carro ancorar. Nos C4 tb acho os freios muito mais responsivos e eficientes. Qdo dirijo algum destes, minhas duas primeiras freadas são abruptas demais, pq não estou acostumado com a sensibilidade do pedal. Qdo fiquei quase 2 meses sem meu carro, tinha a vívida impressão de que o carro não pararia quando pisava no freio. O feedback é muito ruim.

 

Acho o motor 1.4 manquinho, e ainda assim os freios me parecem subdimensionados. Seria um caso particular do meu, então? E, neste caso, só trocando de carro, não tem upgrade que valha a pena?

 

 

 

 

bom, acho lenta a resposta do freio, parece realmente "fraco", nunca cheguei a travar as rodas.
sendo o meu carro 99, a Peugeot manteve exatamente o mesmo sistema de freios por mais de 10 anos?
sei que normalmente existe alguma atualização em alumas marcas... seja cilindro mestre, acionamento das pinças, etc.

então talvez seja falta de costume com o freio do pug.

 

Isso pq o seu é 1.6 né? Eu acho os freios do meu fracos, borrachudos e pouco progressivos. Uso rodas 15'' com medidas originais nos pneus. É fácil travar as rodas em velocidades relativamente baixas, apertando o pedal todo, de uma vez. Em outras condições, não. Mas já vim para o trabalho dirigindo forte e após 2 freadas intensas, os freios perderam muita eficiência. Não vejo como poderia fazer um track day com esse conjunto de freios rs

 

Tive um 206 2007 1.4 e o freio era excelente.

 

Caramba, o meu deve ter algum problema desde 0 km e que nunca foi detectado... acho os freios bem ruinzinhos, não passam lá muita confiança.

Share this post


Link to post
Share on other sites

puts, o 206 1.4 q eu fiquei 3 ou 4 anos era terrível de freio, o up q eu mais queria depois dos bancos do feline eram os freios ventilados na dianteira!!não sentia segurança mas sei lá, não é nem de perto dos piores, mas acho inferior ao ventilado sim, dirigia uma partner com freios ventilados na dianteira e era muuuito melhor.

Share this post


Link to post
Share on other sites

puts, o 206 1.4 q eu fiquei 3 ou 4 anos era terrível de freio, o up q eu mais queria depois dos bancos do feline eram os freios ventilados na dianteira!!não sentia segurança mas sei lá, não é nem de perto dos piores, mas acho inferior ao ventilado sim, dirigia uma partner com freios ventilados na dianteira e era muuuito melhor.

 

Pois é, estou pensando em pegar os ventilados da próxima vez e ver se melhora.

Share this post


Link to post
Share on other sites

galera, queria dar uma melhorada nos freios do 206, aí surgiu a dúvida:

sei que em alguns carros nacionais é muito simples, é só pegar o conjunto pinças, cavaletes e discos de outro carro com freios melhores/maiores.

porém, olhando algumas especificações dos pug, não encontrei um compatível, normalmente muda a altura total do disco, por exemplo do 307.

 

existe algum que seja plug and play?

se não, como melhoram os freios do 206? :unsure:

 

Compra o conjunto de freio de 302mm (Pinça, Cavalete, Disco e pastilhas (All PnP)) + Fluído com ponto de ebulição alto e seja feliz. Ah, e nada de sangria meia boca.

É uma modificação comum na linha PSA com freios menores (206, 207, DS3, 208 thp...)

 

Se optar posso esse setup, só caberá rodas > aro 16.

Share this post


Link to post
Share on other sites

opa, ta bombando aqui!

obrigado a todos que tão opinando, acho que vai dar pra chegar numa idéia boa :confianteup:

 

 

por meu carro ser versão rallye (não sei se todos 1.6 ou só o rallye) já tem os discos ventilados.

porém isso não influencia na eficiência, como já falamos antes.

 

com o carro vazio até não acho ruim, mas quando tem peso, achei muito ruim, tomei um baita susto na estrada outro dia.

penso seriamente em testar os discos de 266 ou 283 quando for trocar os discos... se ficar sensível quando o carro estiver vazio, acredito que logo acostuma.

só tenho dúvida em relação as diferenças de medidas, queria conseguir mexer só no freio mesmo (discos, pastilhas, pinças e talvez cavalete)

 

 

Compra o conjunto de freio de 302mm (Pinça, Cavalete, Disco e pastilhas (All PnP)) + Fluído com ponto de ebulição alto e seja feliz. Ah, e nada de sangria meia boca.

 

esse mecanismo é de qual carro?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu senti muita diferença de frenagem dos sólidos e tambor do 1.4 para os 4 discos do 1.6. Isso no modo civil mesmo!

 

Mas a questão de ter uma boa frenagem não envolve só discos, pinças e fluidos; pneus e suspensão são tão determinantes quanto.

 

Não sei se passei batido, mas qual a finalidade do up nos freios?

Uso civil ou soviético(trackdays)?

Share this post


Link to post
Share on other sites

esse mecanismo é de qual carro?

O 283mm é usado em 307, 308, 208GT, C4

O 302mm em 308thp / 3008, C4 Pallas

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não sei se passei batido, mas qual a finalidade do up nos freios?

Uso civil ou soviético(trackdays)?

até comentei ali em cima, mas quero fazer porque acho os freios fracos... acho demorada a resposta e com o carro carregado fica bem ruim.

pneus e suspensão em dia (tenho molas esportivas)

pensei no de 266 ou 283, no máximo, pois não pretendo levar pra pista nem preparar o carro.

 

pensei até em instalar uma válvula equalizadora na traseira (pelo que vi não tem), isso ajuda bastante com o carro carregado.

Share this post


Link to post
Share on other sites

tenta arrumar o set do 307/c4 q já é uma âncora...nesse caso por conta das pinças maiores FAZ SIM diferença com o carro cheio(maior área de atrito/contato do set maior), o bom q isso tu arrumar barato em sucata legalizada, acho q já daria conta do peso do carro + ocupantes e bagagens, é uma segurança a mais sem dúvidas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

tenta arrumar o set do 307/c4 q já é uma âncora...nesse caso por conta das pinças maiores FAZ SIM diferença com o carro cheio(maior área de atrito/contato do set maior), o bom q isso tu arrumar barato em sucata legalizada, acho q já daria conta do peso do carro + ocupantes e bagagens, é uma segurança a mais sem dúvidas.

 

Mas aí que está a minha dúvida, conjunto maior, maior atrito, maior a chance de travar com o carro vazio, certo?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas nem precisa dessa engenharia toda. A Peixoto e a Power Brakes vendem discos de cerâmica, discos frisados, pastilhas para Track Day e de materiais compostos que aumentam a eficiência. Pra que mexer na estrutura se pode manter tudo original? No máximo um kit de discos atrás. E seja feliz.


http://www.powerbrakes.com.br/produtos-index/categorias/894086/peugeot.html

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vou relatar minha experiência. Se fiz certo ou não, não sei.

 

Mas enfim. Comprei meu 207 zero km como muitos sabem, e como todo 1.4, tem discos sólidos na dianteira e tambor na traseira. Vindo de dois 206 1.6 com (excelentes) freios a disco nas quatro rodas, sempre achei os freios do 207 fracos, PRINCIPALMENTE em frenagens fortes em velocidade - na estrada, por exemplo.

 

Parênteses: uma vez, voltando do RJ pela BR-040 em Minas Gerais (pista simples) eu fui fazer uma ultrapassagem, trecho reto e boa visibilidade. Estava atrás de um caminhão, vi que dava, pisei fundo e comecei a ultrapassagem. Vi que tinha um segundo caminhão um pouco mais a frente, e decidi ultrapassar esse segundo caminhão para depois voltar à minha faixa. Quando estava chegando próximo ao segundo caminhão, vi um terceiro caminhão vindo na minha direção ao longe. Decidi não arriscar e voltar para trás do caminhão que iria ultrapassar; só que para isso tive que socar o pé no freio.

 

Foi o mesmo que pisar numa parede. Pisava tudo e o freio não vinha. Foi complicado.

 

Pois bem, voltando. Sempre achei os freios do 207 fracos e pensava em colocar os do 207 1.6 (266 mm, discos ventilados, já seria um bom up). Aí surgiu a oportunidade de pegar o kit de disco, pinça e pastilha do 408 2.0 (283 mm), que também são plug'n'play no 207 - literalmente, sem adaptação alguma. Ok, comprei, levei no mecânico e mandei instalar. O pedal do freio ficou um tanto baixo, mas quando o freio pegava (depois de um curso um tanto grande do pedal), o carro passou a simplesmente ANCORAR - e com fluido de freio DOT 4, comum, nem coloquei o 5.1. Voltei no mecânico para fazer nova sangria e a altura do pedal melhorou, embora ainda não estivesse na altura que tinha com os freios originais. Mas é questão de costume, no fim das contas.

 

Fato é que, NO MEU CASO, a frenagem melhorou absurdamente com esse kit, e não me arrependo nem um pouco (ao colocar os discos de 283 mm, as rodas originais de 14" não encaixam mais).

 

edit: meu pai tem um 307 Sedan 1.6, freio a disco nas 4 rodas, 266 mm, e o freio do carro é uma âncora. Freia muito aquele carro.

 

edit 2: já já vou ter que mexer no eixo traseiro. Já estou pensando em colocar discos traseiros do 206 1.6 (um amigo meu bateu o carro e está desmontando), talvez eu pegue os discos, a válvula equalizadora e aquela pecinha onde encaixa o cabo do freio do mão, que esqueci o nome.

Edited by Duzinfa
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vou relatar minha experiência. Se fiz certo ou não, não sei.

 

Mas enfim. Comprei meu 207 zero km como muitos sabem, e como todo 1.4, tem discos sólidos na dianteira e tambor na traseira. Vindo de dois 206 1.6 com (excelentes) freios a disco nas quatro rodas, sempre achei os freios do 207 fracos, PRINCIPALMENTE em frenagens fortes em velocidade - na estrada, por exemplo.

 

Parênteses: uma vez, voltando do RJ pela BR-040 em Minas Gerais (pista simples) eu fui fazer uma ultrapassagem, trecho reto e boa visibilidade. Estava atrás de um caminhão, vi que dava, pisei fundo e comecei a ultrapassagem. Vi que tinha um segundo caminhão um pouco mais a frente, e decidi ultrapassar esse segundo caminhão para depois voltar à minha faixa. Quando estava chegando próximo ao segundo caminhão, vi um terceiro caminhão vindo na minha direção ao longe. Decidi não arriscar e voltar para trás do caminhão que iria ultrapassar; só que para isso tive que socar o pé no freio.

 

Foi o mesmo que pisar numa parede. Pisava tudo e o freio não vinha. Foi complicado.

 

Pois bem, voltando. Sempre achei os freios do 207 fracos e pensava em colocar os do 207 1.6 (266 mm, discos ventilados, já seria um bom up). Aí surgiu a oportunidade de pegar o kit de disco, pinça e pastilha do 408 2.0 (283 mm), que também são plug'n'play no 207 - literalmente, sem adaptação alguma. Ok, comprei, levei no mecânico e mandei instalar. O pedal do freio ficou um tanto baixo, mas quando o freio pegava (depois de um curso um tanto grande do pedal), o carro passou a simplesmente ANCORAR - e com fluido de freio DOT 4, comum, nem coloquei o 5.1. Voltei no mecânico para fazer nova sangria e a altura do pedal melhorou, embora ainda não estivesse na altura que tinha com os freios originais. Mas é questão de costume, no fim das contas.

 

Fato é que, NO MEU CASO, a frenagem melhorou absurdamente com esse kit, e não me arrependo nem um pouco (ao colocar os discos de 283 mm, as rodas originais de 14" não encaixam mais).

 

edit: meu pai tem um 307 Sedan 1.6, freio a disco nas 4 rodas, 266 mm, e o freio do carro é uma âncora. Freia muito aquele carro.

 

edit 2: já já vou ter que mexer no eixo traseiro. Já estou pensando em colocar discos traseiros do 206 1.6 (um amigo meu bateu o carro e está desmontando), talvez eu pegue os discos, a válvula equalizadora e aquela pecinha onde encaixa o cabo do freio do mão, que esqueci o nome.

 

Duza, vc sentiu alguma maior tendência ao travamento das rodas, pisando forte nos freios?

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Duza, vc sentiu alguma maior tendência ao travamento das rodas, pisando forte nos freios?

Só travou duas vezes, ambas com pista molhada e em trechos com alguns pés de jamelão na beira da via. O jamelão é uma fruta bem oleosa, e quando cai do pé e fica no asfalto, os pneus esmagam a fruta e o óleo dela fica na pista. Aí, quando chove, vira sabão mesmo.

 

Em outras condições, mesmo com pista molhada, nunca travou. E peguei bastante chuva quando viajei pro Nacional no ano passado, sendo que já tinha feito esse up de freios.

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ok, comprei, levei no mecânico e mandei instalar, o carro passou a simplesmente ANCORAR

 

Duzinfa, isso acontece com o carro vazio?

Gosto de freio alto, o mecanico disse se poderia ser feito algo para aumentar ainda mais o pedal?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Isso o que? Ancorar quando piso no freio ou o pedal estar baixo?

 

Quanto a "subir" o pedal, me indicaram trocar o hidrovácuo. Só não lembro se era pra colocar um maior ou um menor. Um conhecido meu usa os discos e pinças do 2.0 com o hidrovácuo do 1.0.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Isso o que? Ancorar quando piso no freio ou o pedal estar baixo?

 

Quanto a "subir" o pedal, me indicaram trocar o hidrovácuo. Só não lembro se era pra colocar um maior ou um menor. Um conhecido meu usa os discos e pinças do 2.0 com o hidrovácuo do 1.0.

 

 

Ancorar, minha duvida se a tendencia ao travamento aumenta com o carro vazio.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

Ancorar, minha duvida se a tendencia ao travamento aumenta com o carro vazio.

Em tese aumentaria, mas comigo só ocorreu nas duas vezes que falei mais acima.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em tese aumentaria, mas comigo só ocorreu nas duas vezes que falei mais acima.

precisou trocar cavaletes ou foi só discos, pastilhas e pinças mesmo?

Share this post


Link to post
Share on other sites

precisou trocar cavaletes ou foi só discos, pastilhas e pinças mesmo?

Se eu disser que não sei o que é cavalete vc vai ficar triste? :haha:

 

Mas não, cheguei no mecânico com o kit (discos e pastilhas novos, pinças usadas), ele levantou no elevador, tirou um e colocou o outro. Não vi ele mexendo em nada além disso, e se precisasse ele teria me avisado.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom até já comecei esse assunto no tópico de um 308 aqui do fórum, concordo sobre os pneus, grande parte da frenagem depende deles, porém já tive o 206 1.4 feline e também achava bem fraco os freios ainda mais com mais pessoas no carro.

Na pista vazio é uma coisa, na estrada, um serra principalmente em viagem com bagagem e mais pessoas carregamos vamos dizer 4 pessoas de 70kg mais bagagens uns 70kg são 350kg a mais pros discos dianteiros aguentarem, porque os tambores em 5km de serra já não servem pra mais nada.

Hoje tenho o 307 sedan 2.0 e tem freios muito bons mas também penso em fazer um up neles.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se eu disser que não sei o que é cavalete vc vai ficar triste? :haha:

 

Mas não, cheguei no mecânico com o kit (discos e pastilhas novos, pinças usadas), ele levantou no elevador, tirou um e colocou o outro. Não vi ele mexendo em nada além disso, e se precisasse ele teria me avisado.

uhasuhahusa

é a peça onde fixa as pinças (não sei se nos pug já não é integrado na pinça, na vw é separado), alguma coisa parecida com isso...

S_812121-MLB20723598421_052016-Y.jpg

 

sabe o tamanho do disco que ficou?

to na dúvida do tamanho mínimo das rodas pra 266 e 283...

Edited by tiagorochanh

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

 

uhasuhahusa

é a peça onde fixa as pinças (não sei se nos pug já não é integrado na pinça, na vw é separado), alguma coisa parecida com isso...

S_812121-MLB20723598421_052016-Y.jpg

 

sabe o tamanho do disco que ficou?

to na dúvida do tamanho mínimo das rodas pra 266 e 283...

Então. Olhei as fotos aqui no celular e não trocou o cavalete não. Olha só.

 

Com o kit original:

2f3d7a02d13dfc18489baba47d6e6a02.jpg

 

Com o disco novo e o cavalete:

586e0819736340e050bd2a8b83ed6ac7.jpg

 

dac644c98b00999db1a38184675cee2f.jpg

 

Colocando a pastilha:

1e3866aa609ac34a769c35033c943ccb.jpg

 

Diferença de tamanho das pinças (do 1.4 à esquerda):

ad13fac378ab8943256e55c7a4595a30.jpg

 

Instalado no carro:

8af960bd4b6d6f85a69b248f8702703f.jpg

 

6161437860877fc6f6eb1910e912cec8.jpg

 

Enviado de meu Moto G (4) usando Tapatalk

Ah, e o tamanho mínimo de roda pra disco 266 é 14" (bem justinho) e pro disco 283 é 15". Tanto que os 307 vinham com roda 15" e disco 283. Mas também fica no limite. Tanto é que eu uso as Izalco do 308, que são 16".

 

Enviado de meu Moto G (4) usando Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Então. Olhei as fotos aqui no celular e não trocou o cavalete não. Olha só.

 

Com o kit original:

2f3d7a02d13dfc18489baba47d6e6a02.jpg

 

Com o disco novo e o cavalete:

586e0819736340e050bd2a8b83ed6ac7.jpg

 

dac644c98b00999db1a38184675cee2f.jpg

 

Colocando a pastilha:

1e3866aa609ac34a769c35033c943ccb.jpg

 

Diferença de tamanho das pinças (do 1.4 à esquerda):

ad13fac378ab8943256e55c7a4595a30.jpg

 

Instalado no carro:

8af960bd4b6d6f85a69b248f8702703f.jpg

 

6161437860877fc6f6eb1910e912cec8.jpg

 

Enviado de meu Moto G (4) usando Tapatalk

Ah, e o tamanho mínimo de roda pra disco 266 é 14" (bem justinho) e pro disco 283 é 15". Tanto que os 307 vinham com roda 15" e disco 283. Mas também fica no limite. Tanto é que eu uso as Izalco do 308, que são 16".

 

Enviado de meu Moto G (4) usando Tapatalk

 

bah, a área de contato é muuuito maior.

realmente deve dar muita diferença na frenagem.

me admira o cavalete servir sem fazer nenhum trabalho nele pra caber os discos :scared:

 

bom, como minhas rodas são as originais 14 teria mesmo que ser de 266, a menos que mudasse de roda já também...

preciso estudar bem isso

uahsuhasuh

Share this post


Link to post
Share on other sites

O pau maior fica no estepe né. Se for trocar as rodas, tem que trocar a quinta junto...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não necessariamente. Só seguir a orientação dos carros q tem estepe fino. Coloca a roda traseira na frente e o estepe na roda traseira. Nunca o estepe fino na frente.

  • Upvote 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não necessariamente. Só seguir a orientação dos carros q tem estepe fino. Coloca a roda traseira na frente e o estepe na roda traseira. Nunca o estepe fino na frente.

Exato. Ainda não aconteceu comigo, o pneu de aro maior nunca furou, mas caso fure o da frente, só vou ter mais trabalho, porque é o caso de passar a roda traseira do mesmo lado para a frente, e o estepe para a traseira.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Então. Olhei a

 

6161437860877fc6f6eb1910e912cec8.jpg

 

Enviado de meu Moto G (4) usando Tapatalk

Ah, e o tamanho mínimo de roda pra disco 266 é 14" (bem justinho) e pro disco 283 é 15". Tanto que os 307 vinham com roda 15" e disco 283. Mas também fica no limite. Tanto é que eu uso as Izalco do 308, que são 16".

 

Enviado de meu Moto G (4) usando Tapatalk

 

Vlws Pela informação ! Tinha comprado o kit 266mm e estava com medo das minhas rodas aro 14 não servirem.

Share this post


Link to post
Share on other sites

O 206 1.6 (menos o Allure) vinha com rodas 14 e cabia.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pessoal, desculpe chegar "atrasado" aqui no tópico, mas gostaria de compartilhar minha experiência com freio no 206 1.0 16v... meu carro estava simplesmente "sem freio", não estava com pressão no pedal, depois de sangrar o freio, trocar o disco e as pastilhas dianteiras, cilindro mestre, nada resolvia... fui então pesquisar o freio traseiro, e não havia nenhum vazamento, mas a sapata estava "aparente boa" mas não tinha nenhum contato com o tambor... resumindo, depois de trocar o regulador do freio traseiro, sapata e tambor, qualquer pressãozinha no pedal de freio o carro para... agora estou até pensando se vale a pena ou não trocar o tambor por disco na traseira sem mudar a potência do motor.

 

 

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

caraca o carro do Duzinfa ficou show de bola com as 16" e o set de freio do 307, deve estar um beleza!!!

 

Pessoal, desculpe chegar "atrasado" aqui no tópico, mas gostaria de compartilhar minha experiência com freio no 206 1.0 16v... meu carro estava simplesmente "sem freio", não estava com pressão no pedal, depois de sangrar o freio, trocar o disco e as pastilhas dianteiras, cilindro mestre, nada resolvia... fui então pesquisar o freio traseiro, e não havia nenhum vazamento, mas a sapata estava "aparente boa" mas não tinha nenhum contato com o tambor... resumindo, depois de trocar o regulador do freio traseiro, sapata e tambor, qualquer pressãozinha no pedal de freio o carro para... agora estou até pensando se vale a pena ou não trocar o tambor por disco na traseira sem mudar a potência do motor.

 

 

 

o seu eu nem mexeria a traseira, deixaria pra mexer nos freios da frente assim que houvesse a necessidade de trocar discos/pastilhas...colocaria somente os discos ventilados do 1.6 16v na frente se não quiser mexer muito, já vai melhorar um cadinho kkkk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

×